conecte-se conosco



Eventos

Verde Novo se consolida como grande ação de sustentabilidade

Publicado

em

Mais um importante passo dado dentro do planejamento de construção de uma cidade sustentável. Esse foi o principal ponto de consenso entre aqueles que participaram da primeira ação do projeto Verde Novo, em 2019. Na última semana, a ação foi levada para o Parque das Águas, no Centro Político Administrativo, onde pelo menos 50 mudas foram plantadas e outras 700 distribuídas para a população. No total, desde a implantação, em 2017, mais de 25 mil mudas já foram disponibilizadas.

Executada pela Prefeitura de Cuiabá, Poder Judiciário, representado pelo Juizado Volante Ambiental (Juvam), e Instituto Ação Verde, a edição contou com a participação dos embaixadores da cultura mato-grossense Pescuma, Henrique e Claudinho. Alinhado com o evento, o tradicional “Show das Águas”, realizado na Lagoa Paiaguás, também ocorreu em horário especial. Na ocasião, músicas como Água Viva (Pescuma), Cuiabá, Cuiabá (Henrique e Claudinho) e Cabeça de boi (Henrique, Claudinho e Pescuma) fizeram parte da apresentação.

“Estamos honrados em poder, mais uma vez, colar em prática essa parceria com o Juvam e o Instituto Ação Verde. O projeto Verde Novo já se consolidou como uma das principais atividades de arborização da cidade. A prova disso é que, além do plantio, a cada ação temos filas de pessoas para receber uma muda e isso é um fator fundamental para o sucesso. Vamos continuar fortalecendo esse trabalho tornar a Cuiabá dos 300 anos cada vez mais verde”, destacou o prefeito Emanuel Pinheiro.

Na edição, o público pôde levar para casa mudas de 12 diferentes espécies de árvores nativas, dentre elas romã, tamarindo, jaboticaba, caju e ipês de todas as cores. Para o assessor de gabinete do Juvam, Sérgio Savioli Resende, O projeto Verde Novo atua como uma importante ferramenta para, na prática, fazer valer o título de “Cidade Verde”. Ele destacou ainda que o processo de arborização é fundamental para a melhoria na temperatura, umidade do ar e, consequentemente, na qualidade de vida do cidadão.

“O projeto Verde Novo tem a intenção de rearborizar Cuiabá. Não queremos apenas resgatar o título de Cidade Verde, mas fazer essa característica ser concretizada na prática. O mais importante nisso tudo são os benefícios que a arborização pode nos trazer. A arborização de Cuiabá é um serviço de saúde, pelo qual todos se beneficiam. Por isso, pedimos para o público que se engaje nessa causa. O poder público está mobilizado, mas precisamos da população fazendo parte disso”, afirmou Sérgio.

 

Por Bruno Vicente

Eventos

Itamar Canossa é eleito presidente do Fórum Agro MT

Publicado

em

“Vamos trabalhar para dar mais força ao Fórum Agro, ampliar a nossa área de atuação e aumentar ainda mais a representatividade da entidade no cenário estadual e nacional”, destacou Itamar Canossa ao assumir a presidência do Fórum Agro MT no 2021/2023. A cerimônia de posse ocorreu na manhã desta segunda-feira (25.01) na sede da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato), em Cuiabá, e teve a presença de lideranças da Famato, da Ampa, da Acrimat, da Acrismat e da Aprosmat.

Para Canossa, que também é presidente em exercício da Acrismat, a melhor forma de aumentar e dar mais força à representatividade do Fórum é abrir as portas para a entrada de novas associações. “Existem inúmeras outras associações que representam setores do agronegócio e que podem se juntar a nós e unir forças para termos ainda mais poder de negociação em assuntos relevantes para nós. São ideias e projetos que estão no começo e vamos avaliar a viabilidade, colocar em prática, sempre com muita clareza e transparência”, pontuou.

O agora ex-presidente do Fórum Agro, Normando Corral, que ocupou o cargo por dois mandatos seguidos, reforçou o papel da entidade e suas conquistas nos últimos anos. “O Fórum Agro MT é o melhor espaço para que nós do agronegócio possamos discutir sobre as demandas que afetam nosso setor. Aqui unificamos nosso discurso e tiramos todas as nossas dúvidas. Sempre acreditei que como nossos problemas são comuns, as soluções também serão. Acredito que a unificação do discurso em defesa do setor seja a maior conquista do Fórum recentemente”, declarou.

Corral destacou ainda o grande papel do Fórum nas negociações políticas e a relação da entidade junto ao poder público. “Uma das principais funções do Fórum é essa, de representar e defender os interesses do agronegócio junto ao poder público e conversar com autoridades estaduais e nacionais, além de nos reunir com a Frente Parlamentar do Agronegócio no Estado”.

Fórum Agro MT

Foi criado em 2014 com o objetivo de fomentar o desenvolvimento do agronegócio de Mato Grosso, buscando soluções para o fortalecimento e crescimento do setor. Tem como objetivo harmonizar as atividades das entidades participantes com as principais demandas do momento; fortalecer o poder de representação do setor; e estimular políticas públicas para o desenvolvimento da agropecuária.

É formado pela Acrimat (Associação dos Criadores de Mato Grosso), Acrismat (Associação dos Criadores de Suínos de Mato Grosso), Ampa (Associação Mato-Grossense dos Produtores de Algodão), Aprosmat (Associação dos Produtores de Sementes de Mato Grosso) e Famato (Federação de Agricultura do Estado de Mato Grosso).

 

 

Da Redação

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana