conecte-se conosco



Várzea Grande

Várzea Grande e Caixa Econômica anunciam abertura de inscrições para 1 mil casas

Publicado

em

No próximo dia 05 de novembro a Caixa Econômica Federal e a Prefeitura de Várzea Grande abrem as inscrições para 1 mil casas nos Residenciais Colinas Douradas 1 e 2 que tiveram suas obras retomadas no final do ano passado a um custo da ordem de R$ 18 milhões.

As inscrições serão feitas através do site oficial de Várzea Grande, no endereço www.varzeagrande.mt.gov.br na aba VGHABITA sob a responsabilidade da Secretaria de Desenvolvimento Urbano, Econômico e Turismo.

O conjunto habitacional que possui mil unidades faz parte do Programa do Governo Federal ‘Minha Casa Minha Vida’ e vai beneficiar famílias com renda total de até R$ 1.800,00.

Acompanhada pelo superintendente da Caixa Econômica Federal, Moacir do Espírito Santo, a prefeita Lucimar Sacre de Campos, o senador eleito, Jayme Campos, além do secretário José Roberto Amaral de Castro Pinto (Desenvolvimento Econômico), do presidente do Departamento de Água e Esgoto de Várzea Grande – DAE/VG, visitaram o canteiro de obras e definiram uma série de medidas a serem adotadas e ajustes para a conclusão de 100% das obras, previsto para o primeiro semestre de 2019.

“A obra foi retomada e não vai parar até que a mesma esteja pronta para atender a demanda e reduza o déficit habitacional. As famílias de Várzea Grande precisam de um lar e nós em conjunto estamos proporcionando isto. Os trabalhos já estão bem adiantados e estamos junto com a Caixa Econômica Federal cobrando a qualidade das obras e o respeito aos prazos de entrega. Vamos entregar as chaves das casas no primeiro semestre de 2019”, anunciou a prefeita.

O superintendente da Caixa Econômica Federal, Moacir do Espírito Santo disse que todas as etapas de construção do residencial estão sendo executadas e que a partir de agora a Prefeitura Municipal estará fazendo as inscrições e seleções das famílias juntamente com a Caixa Econômica e com órgãos de controle como o Ministério Público Federal e a Controladoria Geral da União.

“Além do Residencial Colinas Douradas, também está sendo construído em Várzea Grande o Residencial Santa Barbara que também faz parte do programa federal ‘Minha Casa, Minha Vida’.  Todos os empreendimentos edificados no município serão entregues a médio prazo”, informou Moacir do Espírito Santo.

O secretário de Desenvolvimento Urbano, José Roberto Castro disse que as inscrições para o residencial Colinas Douradas serão feitas online, num link que estará aberto no Portal da Prefeitura Municipal (www.varzeagrande.mt.gov.br).  “O interessado deve morar em Várzea Grande, ter renda familiar até R$ 1.800,00 e o NIS – Número de Identidade Social, entre outros critérios”, destacou.

O secretário disse ainda que apesar das inscrições serem realizadas de forma online, através da internet, a Secretaria de Desenvolvimento Urbano, Econômico e Turismo em sua sede localizada na Avenida Alzira Santana próximo a Prefeitura Municipal, no setor de habitação, terá uma equipe auxiliando e esclarecendo para se efetiva as inscrições. “A nossa estimativa é que o processo que compreende o período de cadastramento e sorteio seja concluído em um prazo de 90 até 120 dias, a partir do inicio da inscrição, do preenchimento das exigências legais, de documentos necessários para que a Secretaria de Desenvolvimento Urbano faça a primeira avaliação e depois a Caixa Econômica Federal também promova sua avaliação técnica até a conclusão final e a contemplação dos sorteados que serão feitos através da Loteria Federal da própria Caixa Econômica Federal”, pontuou.

 

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Várzea Grande

PM prende mulheres com 40 tabletes de droga suspeitas de usar crianças para despistar abordagem

Publicado

em

Em Várzea Grande, policiais da 15ª Companhia de Força Tática da Polícia Militar prenderam no início da tarde desta quinta-feira (26.11) duas mulheres e apreenderam uma adolescente de 14 anos por tráfico de droga.

As prisões ocorreram no bairro Santa Maria e levaram à apreensão de 40 tabletes de maconha. A primeira mulher, de 27 anos, estava na porta da uma residência com um objeto na mão e o descartou assim que percebeu a aproximação da equipe FT01.

Ela até tentou fugir, mas os policiais não só a detiveram como constataram que o pacote descartado era um tablete de maconha. Em seguida, dentro da residência, encontraram mais 39 tabletes, e efetuaram a segunda prisão e a apreensão da adolescente.

De acordo com a narrativa dos policiais, no interior da casa também havia duas crianças, de 5 anos e de 1 ano e 8 meses. Elas brincavam ao lado da caixa de papelão onde estavam armazenados 39 tabletes de maconha.

A Força Tática chegou até esse ponto de droga a partir de uma denúncia anônima. A informação era que uma criança de colo estaria sendo usada no tráfico para despistar a polícia. As duas mulheres não só admitiram a prática de tráfico de droga como entregaram aos policiais um caderno com anotações das vendas.

As três mulheres foram conduzidas à central de Flagrantes do Cisc Parque do Lago juntamente com a droga. Para o mesmo local, permanecendo em ambiente diferente e com vestes e alimentos, as duas crianças ficaram sob a responsabilidade de uma equipe do Conselho Tutelar, enquanto as medidas legais estavam sendo adotadas.

Da Redação

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana