conecte-se conosco



Últimas Noticias

TSE diz que justificativas de ausência via e-Título passam de 503 mil

Publicado

em

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) atualizou hoje (29), dia do segundo turno das eleições municipais, que entre as 7h e as 12h05, 503.559 eleitores justificaram ausência às urnas por meio do aplicativo e-Título.

Segundo a Justiça Eleitoral, o aplicativo tem funcionado “adequadamente e sem instabilidade”, diferentemente do primeiro turno, realizado em 15 de novembro, quando o e-Título apresentou falhas, impedindo muitos eleitores de justificar ausência através da ferramenta digital.

Neste segundo turno, só consegue utilizar o e-Título quem baixou o aplicativo e se cadastrou até as 23h59 de sábado (28). A medida foi tomada para evitar a mesma sobrecarga que provocou instabilidade no sistema da Justiça Eleitoral no primeiro turno.

A justificativa pelo aplicativo no dia da eleição dispensa comprovação documental, pois o e-Título se vale do georreferenciamento presente nos celulares para certificar a ausência do eleitor.

Também é possível justificar a ausência pelo aplicativo depois da votação, num prazo de 60 dias, mas nesse caso a Justiça Eleitoral pede que seja anexado algum tipo de comprovação, como uma passagem ou uma reserva de hotel, por exemplo.

Além do aplicativo, a partir de amanhã (30), pelo mesmo prazo de 60 dias, o eleitor pode também justificar sua ausência presencialmente ou na internet, por meio do portal Justifica, do TSE.

Segundo o tribunal, cada turno de votação é contabilizado como uma eleição independente. Caso o eleitor não justifique por três eleições seguidas, pode ficar sujeito a sanções, tendo o título de eleitor cancelado e sendo impedido, por exemplo, de fazer empréstimos em bancos públicos ou emitir documento oficial, entre outras restrições.

Edição: Kleber Sampaio

Clique para comentar
0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Últimas Noticias

Homem que perdeu a memória espera contato de familiares em Minas Gerais

Publicado

em

Um senhor de Cuiabá que perdeu a memória está perdido na cidade de Ouro Fino (446,9 km de distância de Belo Horizonte-MG), o senhor fez uma consulta em uma unidade de saúde do município e não consegue voltar para casa.

Por mais que perdeu a memória, fazem 8 dias que ele chegou na cidade e está perdido. Os filhos são chamados pelos nomes de: Junior Peres da Cruz
Filha Ester Peres dos Santos da Cruz.

O senhor Altino Domingos da Cruz já está sob a condução da Polícia do local esperando contato de parentes que possam reconhecê-lo para retornar a sua residência.

Pessoas da cidade de Ouro Fino-MG, que acompanham o caso e estão compartilhando e ajudando na divulgação das informações, fazem apelo e ressaltam alguns dados importantes da situação do Sr. Altino.

“Já comunicamos a Polícia, e estamos aguardando uma viatura chegar… Ele disse que faz 5 ou 8 dias que ele não sabe voltar pra casa.
Atualizado: Ele mostrou uma receita que confirma que ele consultou no postinho de saúde do Ouro Fino hoje.

Espero que logo encontrem o filho dele Junior Peres da Cruz. Ele disse que mora em Cuiabá no Serra Dourada.

Se alguém souber quem é, ou conhece a família. Agradeço🙏”.

 

O telefone para contato de pessoas que souberem dos familiares do idoso perdido pode chamar no telefone: (65) 9 9800-3300.

 

A equipe do MT de Fato se dispõe na divulgação e podem entrar em contato com nossa equipe se caso alguém souber de mais informações.

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana