conecte-se conosco



Interior

Três prefeitos discutem implantação de Unidade Básica de Saúde Fluvial no Pantanal

Publicado

em

 

A Saúde em Poconé ganhou um reforço que deverá ser compartilhado com mais dois municípios, Santo Antônio de Leverger e Barão de Melgaço, uma Unidade Básica de Saúde Fluvial no Pantanal que atenderá a região pantaneira

Para debater a metodologia e os caminhos para implantação, o prefeito de Poconé, Tatá do Amaral (PR), esteve reunido, na manhã desta segunda-feira (13),  com  Valdir Castilho Filho, o “Valdirzinho” (PSD), prefeito de Santo Antônio de Leverger e o prefeito de Barão de Melgaço, Elvio de Souza Queiroz, para apresentar o projeto e ouvir dos gestores a opinião, já que a gestão pode ser compartilhada pelas três cidades que juntas atendem cerca de 3 mil famílias ribeirinhas que necessitam de humanização e agilidade nos atendimentos médicos que devem ser ofertados, através de uma embarcação.

O navio equipado servirá para complementar e avançar na construção de um modelo de atenção básica resoluto e adaptado para o interior.

Segundo Tatá,  estes moradores passarão a ter acesso regular aos serviços básicos de saúde, com visitas a cada 40 dias, percorrendo longas distâncias e chegando em locais praticamente excluídos da rede pública.
“Ele vai funcionar como um Programa Saúde da Família Itinerante, para levar até a porta das casas ribeirinhas serviços de:  saúde da família;  saúde da criança e imunizações; atendimentos médicos e exames de rotina, entre outros”, detalhou.

Para Valdirzinho os três gestores devem se organizar financeiramente para que não haja entraves, uma vez que todos os municípios padecem com atrasos de repasses estaduais para a Saúde.

Uma das propostas apresentadas por Amaral é a busca de recursos do governo federal com emendas parlamentares.

“Podemos fazer uma articulação junto a bancada federal para que os recursos sejam destinados para efetivação da UBS móvel no Pantanal”, explicou.

 

Já o prefeito de Barão de Melgaço, Élvio Queiroz aprovou a ideia e afirmou que o município deve aderir a proposta, uma vez que vem de encontro a uma das maiores necessidades da comunidade.

Fonte:

 

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Interior

Homem é espancado e morre após ameaçar pessoas em festa com espingarda

Publicado

em

Um homem armado com uma espingarda calibre 20, ameaçou os integrantes de uma festa realizada na Vila Matão, zona rural de Pontes e Lacerda, após as ameaças, ele foi desarmado e espancado por populares. O suspeito foi socorrido e encaminhado ao Hospital Vale do Guaporé mas não resistiu aos ferimentos. O fato foi registrado na madrugada deste domingo (22/11).

Durante a Operação Hórus Vigia, em continuidade à força tarefa do GEFRON no combate aos crimes transfronteiriços, na Fronteira do Brasil com Bolívia no Estado de Mato Grosso, uma equipe policial foi informada que havia um indivíduo portando arma de fogo e ameaçando populares em uma festa realizada na Vila Matão, ao chegar no local foi encontrada uma espingarda calibre 20, com uma munição intacta.

Segundo relatos de populares, o suspeito diante das ameaças foi desarmado e espancado por pessoas que frequentavam o local.

O suspeito foi socorrido pela esposa e o irmão, quando estavam a caminho do município de Pontes e Lacerda o veículo que fazia o transporte ficou sem combustível, posteriormente foi socorrido pela equipe do Gefron até as proximidades de Pontes e Lacerda, quando o Corpo de Bombeiros assumiu o socorro até o hospital Vale do Guaporé.

Na unidade hospitalar,  os policiais foram informados pela equipe médica sobre o óbito do suspeito.

Diante dos fatos a arma foi entregue na Delegacia do município, para as providências cabíveis ao caso.

 

Da Redação

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana