conecte-se conosco



Política MT

TRE-MT aumenta em 56% apreensões, fianças e pagamentos no primeiro turno das Eleições 2018

Publicado

em

As apreensões dependem muito de denúncias, de pessoas que não aceitam a corrupção eleitoral e informam a Justiça para que as providências sejam adotadas

As apreensões feitas pelo Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT), somadas as fianças e pagamentos efetuados em razão da prática de crimes eleitorais, aumentaram em 56% neste ano de 2018. O comparativo diz respeito apenas ao primeiro turno das Eleições comparado aos dois turnos das Eleições de 2016. Os números foram obtidos pelo Sistema de Registro de Ocorrências Penais e Inelegibilidades do Tribunal (Siropi).

Detalhando o valor recolhido neste primeiro turno, foram apreendidos R$ 152,7 mil, outros R$ 55,9 mil foram pagos em fianças, e R$ 22,5 mil pagos em multas e outras pecúnias judiciais. Ao todo, foram recolhidos R$ 231,2 mil até o dia 7/10/2018, sendo que nas Eleições de 2016 foram recolhidos R$ 148 mil. Comparando com os anos anteriores, de 2007 até julho de 2016, o TRE-MT havia recolhido R$ 156,9 mil.
“Existe uma série de fatores que fizeram a eficiência da fiscalização eleitoral aumentar. Destacamos as novas ferramentas tecnológicas de participação cidadã das Eleições, como o aplicativo Pardal, bem como a atuação das forças de segurança e dos Juízes Eleitorais. A população, de forma geral, agora tem acesso a aparelhos celulares mais complexos, que possuem boas câmeras e conexão com a internet. Todo eleitor é um fiscal da justiça Eleitoral”, destacou o corregedor geral do TRE, Pedro Sakamoto.
Para chefe da Seção de Orientação e Apoio da Corregedoria, Kelsen de França Magalhães, é necessário um trabalho de inteligência para se fazer a apreensão de recursos. “Identificamos que o dinheiro circula antes do dia da Eleição, e temos contado com o aumento da participação das forças policiais neste processo de fiscalização. As apreensões dependem muito de denúncias, de pessoas que não aceitam a corrupção eleitoral e informam a Justiça para que as providências sejam adotadas”.
Matéria Daniel Dino
Assessoria TRE-MT

Política MT

Governo abre inscrições para contratação temporária de professores, técnicos administrativos e apoio

Publicado

em

As inscrições para a contratação temporária de professores, técnicos administrativos e apoio começam nesta quinta-feira (03.12) e se encerram no dia 10 de dezembro. Todo o processo será online, conforme o edital de seleção 007/2020 da Seduc publicado no Diário Oficial do Estado nesta segunda-feira (30.11). Acesse o site da Seduc AQUI.

De acordo com o edital, “as normas e instruções para a realização de Processo Seletivo Simplificado (PSS/2021), será destinado à seleção, formação de cadastro e contratação temporária de profissionais para exercerem os cargos de professor, técnico administrativo educacional (TAE) e apoio administrativo educacional (AAE), nas funções respectivas de cada cargo, conforme cargos e/ou funções disponíveis para cada unidade escolar”. No próprio edital estão previstos os prazos para recorrer em cada etapa.

Para o cargo de TAE, as contratações serão nas seguintes funções: TAE, intérprete de libras, instrutor surdo, auxiliar de turmas, intérprete de línguas/imigrante. Para o cargo de AAE, estão disponíveis as seguintes funções: nutrição escolar, limpeza, vigilância e manutenção de infraestrutura.

A validação das inscrições deverá ser realizada na unidade escolar para a qual o candidato se inscreveu, no período de 18 a 30 de dezembro de 2020. Cada escola deverá se organizar para atendimento por agendamento.

O cronograma de atribuição prevê no dia 28 de janeiro de 2021, a primeira etapa na escola em que o candidato se inscreveu. A segunda etapa será a partir do dia 29 de janeiro na Assessoria Pedagógica.

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana