conecte-se conosco



Esportes

Tenistas terão maior competição da história da modalidade em MT

Publicado

em

Campeão dos rankings 2017 e 2018 (na 1ª Classe) supera as desvantagens da idade e quer tricampeonato; Inscrições abertas para o primeiro torneio de tênis de 2019

O Circuito Estadual de Tênis de Mato Grosso terá a maior competição da história da modalidade no estado, serão o total de 16 etapas (15 torneios e um Master), e o primeiro deles será neste mês, de 18 a 24 de março, chamado de 4ª Copa Monte Líbano Open de Tênis, no Clube Monte Líbano, em Cuiabá. E o período para efetuar as inscrições está aberto até dia 16 de março via site da Federação Mato-grossense de Tênis (FMTT) e ou por meio de contato telefônico.

O Circuito terá 16 etapas e será sediado por sete cidades (Cuiabá, Alto Araguaia, Sorriso, Sinop, Primavera do Leste, Lucas do Rio Verde e Rondonópolis). Tendo como novidades a primeira participação de Lucas do Rio Verde e o retorno de Alto Araguaia, que fez parte em anos passados, como em 2015, 2016 e 2017, mas ficou de fora em 2018. O que marca crescimento de 134% em quantia de cidades-sede e de 60% em torneios em comparação com 2015 (ano marco).

“Anunciamos o calendário 2019 com 15 etapas (14 torneios e um Master), mas posteriormente surgiu a oportunidade de incluirmos o município de Alto Araguaia e isso fez ampliar para 16 etapas (15 torneios e um Master). Teremos neste ano o maior Circuito Estadual de Tênis da história da modalidade no estado de Mato Grosso. Resultado que deixa a comunidade de tenistas e a diretoria da federação e clubes bastante contentes”, comenta o presidente da FMTT, Rivaldo Barbosa.

A Copa Monte Líbano Open de Tênis está com inscrições no valor de R$ 100,00 (1ª inscrição) e R$ 70,00 (2ª inscrição) para cada tenista nas categorias de Classe e R$ 70,00 para as inscrições no infanto-juvenil (mesmo valor na 1ª e 2ª inscrições). E podem ser feitas pelo sitehttps://www.tenisintegrado.com.br/ e ou pelos telefones: (65)99966-8194 (Jeremias) e (65)99271-3235 (Jeová). Há mais informações sobre a competição na página da FMTT no Facebook.

Exemplo de Superação

Na 1ª Classe, Givanildo Almeida, chamado de ‘Giva’ pelos amigos, 56 anos, um professor de tênis da academia Tennis Company, em Cuiabá, é o atual campeão estadual e detém os dois últimos títulos do ranking (2017 e 2018). Além disso, venceu os dois anos consecutivos sendo o atleta mais experiente da categoria (maior idade). Tendo enfrentado tenistas de 15 a 51 anos em 2017 e de 14 a 52 anos em 2018. Um exemplo de tenista que sobrepuja os obstáculos da idade.

“Pra mim a idade pesa. Não pelo preparo físico, pois ainda me sinto bem, mas atrapalha nos reflexos. Daí não consigo subir para a rede para executar um bom voleio. Não sinto que a idade traga vantagens, só mesmo a experiência que vem com o tempo em quadra. A estratégia para o tenista mais velho vencer o mais novo é de tentar sempre comandar o ponto. Vou treinar cada dia mais e tentar terminar o ano novamente em primeiro lugar”, diz o grande campeão, Givanildo.

Academias e Clubes

O Circuito Estadual de Tênis 2019 é organizado por Federação Mato-grossense de Tênis (FMTT), Clube Monte Líbano (Cuiabá), Cuiabá Tênis Clube, Tennis Company (CBA), Círculo Militar de Cuiabá, Cia do Tênis/Benegas (CBA), Sinop Tênis Clube, Benegas Tennis (Sorriso), Ponto do Tennis (Lucas do Rio Verde), Ace Tênis (Primavera do Leste), AABB (Alto Araguaia) e Caiçara Tênis Clube (Rondonópolis). E a 4ª Copa Monte Líbano tem apoio da Promotors Veículos, Amazon Temper, Aleixo Pré-Moldados, Louvada e Jac Borges Motors.

Calendário

1ª Etapa: Copa Monte Líbano (18 a 24.03 – Cuiabá);

2ª Etapa: 6° Open de Tênis (29 a 31.03 – Alto Araguaia);

3ª Etapa: Cia do Tênis Open (09 a 14.04 – Cuiabá);

4ª Etapa: Sinop Tênis Clube (25 a 28.04 – Sinop);

5ª Etapa: 12ª Copa Primavera (15 a 19.05 – Primavera do Leste);

6ª Etapa: Benegas Tennis (29.05 a 02.06 – Sorriso);

7ª Etapa: Copa Borges de Tênis (18 a 23.06 – Cuiabá);

8ª Etapa: Ponto do Tennis (01 a 04.08 – Lucas do Rio Verde);

9ª Etapa: Círculo Militar (12 a 18.08 – Cuiabá);

10ª Etapa: Sinop Tênis Clube (05 a 08.09 – Sinop);

11ª Etapa: 17ª Copa Sorpan (16 a 22.09 – Cuiabá);

12ª Etapa: Bruna Paes Open (02 a 06.10 – Rondonópolis);

13ª Etapa: 6° Monte Líbano Open (14 a 20.10 – Cuiabá);

14ª Etapa: Benegas Tennis (30.10 a 03.11 – Sorriso);

15ª Etapa: Casa Prado Open (11 a 17.11 – Cuiabá);

16ª Etapa: Master 2019 (02 a 08.12 – Cuiabá).

Texto e Fotojornalismo: Junior Martins

Clique para comentar
0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Esportes

Ferrari retorna à principal categoria das 24 Horas de Le Mans em 2023

Publicado

em

A Ferrari anunciou nesta quarta-feria (24) que retornará à elite das corridas de resistência com um hipercarro em 2023, oportunidade na qual buscará uma vitória nas 24 Horas de Le Mans pela primeira vez em 50 anos.

A escuderia italiana correu na principal categoria de Le Mans pela última vez em 1973, e suas rivais entre as grandes montadoras incluirão Toyota, Peugeot, Porsche e Audi.

A categoria hipercarro substitui a LMP1 nas corridas de resistência.

A Ferrari venceu em Le Mans nove vezes, mas nenhuma depois de 1965, quando disputou uma batalha lendária com a Ford no circuito de Sarthe, no oeste da França. Mais recentemente, a marca teve sucesso na modalidade GT, vencendo a categoria GTE Pro em 2019.

“Com o novo programa do hipercarro de Le Mans, a Ferrari volta a afirmar seu compromisso e determinação esportivos de ser uma protagonista nos grandes eventos globais de automobilismo”, disse o presidente da Ferrari, John Elkann, em um comunicado.

Os nomes do carro e dos pilotos da escuderia italiana ainda não foram anunciados.

A Ferrari vem buscando outras atividades para as quais redirecionar seu pessoal agora que o teto de orçamento da Fórmula 1 entra em vigor, o que fez com que a equipe mais antiga e bem-sucedida da modalidade tivesse que cortar gastos.

Parte do pessoal técnico já foi transferido para trabalhar com a equipe Haas F1, que usa motores Ferrari e tem uma parceria próxima com Maranello.

A Ferrari também tem uma academia de pilotos próspera, e as corridas de resistência são outra arena para eles adquirirem experiência.

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana