conecte-se conosco



Política MT

Taques garante construção da Unemat, Rodovia Verde e novas escolas em Rondonópolis

Publicado

em

Em um salão lotado por lideranças comunitárias de Rondonópolis e muitos assistindo até mesmo pelas janelas, no lado de fora, o governador Pedro Taques (PSDB) ouviu pedidos de construção de novas escolas estaduais, além do prédio da Universidade Estadual de Mato Grosso (Unemat) no bairro Parque Universitário. O terreno já está doado para o Estado. Em extensa agenda no município nesta terça-feira (04.09), o candidato à reeleição garantiu que continuará atendendo as reivindicações da população no segundo mandato.

“Tenho muito orgulho de fazer um mandato próximo do cidadão. Nos últimos três anos e oito meses, recebemos centenas de vereadores, prefeitos, líderes comunitários. A cidade de Rondonópolis recebeu investimentos expressivos. Num segundo mandato, vamos seguir avançando”, afirmou Taques.

Também foi apresentado para Taques, que na próxima gestão, ele possa continuar ajudando o município no asfaltamento de bairros, construção de escolas estaduais na região do bairro Matias Neves, e na região do Alfredo de Castro, onde vivem cerca de 20 mil famílias. A escola estadual mais próxima fica cerca de 2 km do bairro.

O governador recebeu todas as propostas para o novo mandato e disse que deseja continuar trabalhando em prol dos mais humildes. “Nós pegamos um estado arrasado, roubado. E trabalhamos muito para consertar todo o estrago. Quero fazer muito mais não só para Rondonópolis, mas para todo Mato Grosso continuar seguindo em frente”, destacou.

Acompanhado do prefeito do município, Zé Carlos do Pátio (Solidariedade), ele conversou com os funcionários do Frigorífico Agra, explicou todas as ações de governo realizadas em Rondonópolis.

Nas rádios 104 FM e Shalon, Taques falou dos investimentos em saúde, por exemplo, em Unidades de Terapia Intensiva (UTI), que passou de 31 em 2014 para 71 leitos. “Nossa administração abriu 204 leitos de UTI em Mato Grosso, hoje são 529 leitos. O Fundo de Estabilização Fiscal vai arrecadar R$ 180 milhões por ano e a Santa Casa de Rondonópolis vai receber R$ 700 mil. O Hospital Regional foi implantado há 30 anos e somente na nossa gestão iniciamos a reforma da unidade. Além disso, temos o programa Papa Filas para reduzir a fila do SUS”, disse.

Em seguida, ele visitou o Ganha Tempo e conversou com jornalistas na porta da unidade. “Antes da nossa gestão, Mato Grosso tinha uma única unidade, construída pelo governador Rogério Salles, na praça Ipiranga em Cuiabá. Nós reconstruímos o Ganha Tempo e inauguramos um no CPA, uma em Rondonópolis, Sinop, Barra do Garças e em Várzea Grande. A unidade daqui de Rondonópolis atende cerca de 1.300 pessoas por mês, em no máximo 18 minutos”.

Taques também vistoriou obras na ponte da avenida W-11, esperada pelos moradores da região da Sagrada Família, cuja construção já teve início. A obra vai ligar a região até o Anel Viário, ao distrito industrial.

O governador também concedeu entrevistas em TVs locais e falou dos compromissos para o segundo mandato. “Fizemos a canalização do córrego canivete, trouxemos a Unemat com 3 cursos, estamos reformando 25 das 34 escolas estaduais na cidade, reconstruímos a Rodovia dos Peixes, estamos fazendo a Rodovia Verde, ligando Rondonópolis a Cuiabá por Barão de Melgaço e Santo Antônio de Leverger”, destacou.

Ele esteve reunido também com empresários e produtores na Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Rondonópolis onde foi o primeiro candidato a receber o Manifesto da Classe Empresarial, elaborado pelo CDL, Associação Comercial de Industrial de Rondonópolis (ACIR), Sindicato do Comércio local e Sindicato Rural do município.

Por último, se reuniu com líderes de bairro e nos braços do povo, lançou o comitê 45 na Região Sul.

Fonte: Assessoria

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Política MT

Deputados votam 34 vetos, derrubam cinco e mantém 29

Publicado

em

Reunidos em sessão ordinária na quarta-feira (2), os deputados fizeram um mutirão e limparam a pauta de vetos em tramitação no Parlamento. Os deputados estaduais votaram 34 vetos do governador Mauro Mendes (DEM) a projetos e mensagens. Destes, apenas cinco vetos foram derrubados.

A pauta estava sobrestada por conta dos vetos que estavam em tramitação na Casa de Leis. Foram três sessões ordinárias para limpar a pauta de vetos e votar os projetos que estavam represados no Parlamento.

Os vetos derrubados foram o veto 86/20, veto 92/2020, veto 75/2020, veto 72/2020 e veto 90/2020.  O veto 86/2020, de autoria do deputado Dr. Gimenez, é veto total aposto ao Projeto de Lei nº 491/2020, que obriga as escolas da rede pública ou privada do Estado de Mato Grosso a adotarem medidas de prevenção a disseminação do coronavírus (Covid-19) em suas instalações, quando do retorno as aulas presenciais.  Outro veto derrubado, o veto 72/2020, de autoria do deputado Faissal, dispõe sobre a constituição do direito de uso de cadeiras cativas na Arena Pantanal. O Veto 75/2020, do deputado Thiago Silva, também derrubado, institui o Programa Cidadão da Paz, no âmbito do Estado de Mato Grosso.

Os vetos mantidos foram: Veto 47/2020, 56/20, 58/2020, Veto 60/2020, Veto 61/2020, Veto 63/20200, Veto 64/2020, Veto 65/2020, Veto 66/2020, Veto 67/220, Veto 68/2020, Veto 71/2020, Veto 74/2020,Veto 76/2020, Veto 77/2020, Veto 78/2020, Veto 79/2020, Veto 80/2020, Veto 81/2020, Veto 82/2020, Veto 83/2020,Veto 84/2020, Veto 85/2020, Veto 87/2020, Veto 88/2020, Veto 89/2020, Veto 91/2020, Veto 93/2020, Veto 73/2020 e Veto 62/2020.

 

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana