conecte-se conosco



Cultura

Talento de brasileira é descoberto pelo ator e agente artístico português Eric Santos

Publicado

em

A luso-brasileira Yasmim Manaia é um dos destaques da novela portuguesa “Valor da Vida”, transmitida pela TVI, emissora mais assistida do país europeu. Há alguns anos Portugal tem importado nomes brasileiros e investido em novelas binacionais. Desta vez o talento da atriz de 28 anos foi descoberto pelo ator e agente artístico português Eric Santos.

“A Yasmim Manaia tem 10 anos de carreira como atriz, cantora e apresentadora. É uma artista completa e por este motivo está arrasando em terras lusitanas”, destaca Eric, que participou recentemente na novela “Jogo Duplo”, da TVI, que substituiu “A Impostora”

Yasmim Manaia ingressou nos estudos de atuação no Teatro Municipal de Santos aos 8 anos e desde então se aperfeiçoou em cursos para interpretação de TV e cinema com nomes como Beto Silveira, Fátima Toledo e o diretor argentino Claudio Tolcachir. No teatro musical teve grandes mestres como Ronnie Kneblewski e a argentina Ayelen Godoy.  

Em 2008 ela iniciou seu primeiro curso de Teatro Musical ministrado por Maysa Tempesta na escola TeenBroadway, a primeira escola de Teatro Musical de São Paulo). No período em que morou na Argentina, Yasmim dedicou-se dois anos no Teatro Musical Ballet Clássico e Jazz na conhecida escola Laura Fidalgo. 

Sua experiência profissional conta com produções da emissora Record com as simulações do programa School of Love, Disney Channel onde atuou durante 5 anos em grandes produções como Zapping Zone (TV Show), na série infantil Violetta, no filme High School Musical a Seleção, no musical Enquanto Seu Lobo Não Vem, com direção de Suzan Damasceno e Charles Dalla e a “Turma do Iê Iê Iê – Uma Homenagem a Jovem Guarda”, com direção de Beto Marden e Eduardo Capello, onde teve sua grande estreia no Theatro NET São Paulo. 

Na música sua experiência conta com dois singles gravados pela Disney Records: “Eu Sou Assim” e “A Voz” produzido pelo premiado produtor musical Silvio Richetto.

 

Credito Fotos: MF Press /Nuno Marta de Sousa

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Cultura

Leilão de arte beneficia animais do Pantanal

Publicado

em

Obras de arte doadas por renomados artistas mato-grossenses – e até internacionais, estão em leilão para arrecadar recursos em prol dos animais do Pantanal. A iniciativa é do Grupo de Voluntários SOS Animais do Pantanal e do Instituto Ação Verde, com apoio da Federação das Indústrias de Mato Grosso (Fiemt). Ao todo, são 56 obras, incluindo pintura – em diversos e técnicas –, desenho, fotografia e escultura. O leilão é online e vai até às 18h do dia 10 de dezembro.

O lance inicial varia de obra para obra. Para participar, é necessário acessar o sistema do leilão e fazer um cadastro, que vai gerar uma senha e permitirá que sejam registrados os lances online. Clique aqui para visitar a página do leilão.

De acordo com Adilson Valera, que preside o Instituto Ação Verde, o Pantanal necessita de uma estrutura para monitoramento e atendimento clínico aos animais. E, as doações das obras dos artistas demonstra sensibilidade e um sinal que a sociedade quer e precisa ter gestão da flora e fauna do Pantanal mato-grossense. Por este motivo, o instituto está atuando como um instrumento facilitador.

“O pantanal é nossa maior riqueza de biodiversidade. A missão do Instituto Ação Verde é em defesa do meio ambiente, por isso estamos mobilizados para promover a regeneração da maior planície alagada do mundo e, claro, de toda sua fauna que precisa muito da nossa ajuda”, pontua Valera.

Todas as obras foram avaliadas por curadores do segmento, que estabeleceram o valor mínimo inicial de cada lote. A arrecadação será integralmente direcionada à campanha SOS Animais do Pantanal, cujo objetivo é dar suporte operacional à equipe da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) na assistência de alimentação e hidratação dos animais silvestres afetados pelos incêndios que destruíram grande parte do Pantanal mato-grossense. Iniciativas preventivas também serão financiadas por meio da ação solidária.

“A curadoria foi feita pelos artistas Vicente Paulo e Helena Botelho Artista. São várias obras, entre elas peças que carregam em si cinzas e carvão coletados das queimadas que destruíram e ainda destrói o Pantanal, já que focos têm ressurgidos na região. E, para que esta tragédia não aconteça mais, precisamos nos mobilizar. Este leilão é um exemplo de como nossa união pode ajudar a salvar o Pantanal”, destaca a psicóloga e defensora dos animais, Márcia Venturini, que mobilizou os artistas para participar da causa.

O pagamento das obras pode ser parcelado, dependendo do valor. Todas as informações estarão no site do leiloeiro, cuja equipe está realizando o leilão de forma gratuita, sem comissão e nenhum custo.

Para baixar o catálogo das obras em PDF, acesse aqui.

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana