conecte-se conosco



Últimas Noticias

Sine oferta mais de mil vagas de trabalho em Mato Grosso

Publicado

em

O quadro de vagas do Sistema Nacional de Emprego (Sine-MT) divulgado nesta segunda-feira (15.10) mostra a disponibilidade de 1.097 vagas de trabalho em Mato Grosso. Em Cuiabá, são 111 vagas, sendo 16 específicas para Pessoas com Deficiência (PcD). São quatro vagas para engenheiro eletricista, 20 para técnico de projetos elétricos, 15 para auxiliar de cozinha e 15 para garçom. Para PcD são duas vagas para operador de vendas e duas recepcionista atendente.

No interior do estado Lucas do Rio Verde (334 km de Cuiabá), Nova Mutum (240 km da capital) e Sinop (480 Km de Cuiabá) se destacam no número de vagas com 142, 105 e 101 postos de trabalho ofertados respectivamente. Várzea Grande, na região metropolitana de Cuiabá, possui 10 vagas em aberto.

O maior número de vagas por posto de trabalho em Lucas do Rio Verde é de 35 vagas para operador de processo de produção e três para técnico em enfermagem. Em Nova Mutum são 100 vagas para operador de processo de produção. Já em Sinop, três postos são para enfermeiro e 10 para técnico em enfermagem.

As pessoas interessadas devem procurar a unidade do Sine mais próxima de sua residência. Em Cuiabá o Sine atende na unidade do Ganha Tempo Ipiranga na Avenida Desembargador Lobo, s/n, Centro e CPA I na Rua Alenker s/n – CPA I – Morada da Serra, das 8h às 18h, de segunda a sexta-feira. Em Várzea Grande, o atendimento é das 10h às 19h, de segunda a sexta-feira, e está localizado no Várzea Grande Shopping, no bairro Jardim Aeroporto.

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Últimas Noticias

TSE diz que justificativas de ausência via e-Título passam de 503 mil

Publicado

em

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) atualizou hoje (29), dia do segundo turno das eleições municipais, que entre as 7h e as 12h05, 503.559 eleitores justificaram ausência às urnas por meio do aplicativo e-Título.

Segundo a Justiça Eleitoral, o aplicativo tem funcionado “adequadamente e sem instabilidade”, diferentemente do primeiro turno, realizado em 15 de novembro, quando o e-Título apresentou falhas, impedindo muitos eleitores de justificar ausência através da ferramenta digital.

Neste segundo turno, só consegue utilizar o e-Título quem baixou o aplicativo e se cadastrou até as 23h59 de sábado (28). A medida foi tomada para evitar a mesma sobrecarga que provocou instabilidade no sistema da Justiça Eleitoral no primeiro turno.

A justificativa pelo aplicativo no dia da eleição dispensa comprovação documental, pois o e-Título se vale do georreferenciamento presente nos celulares para certificar a ausência do eleitor.

Também é possível justificar a ausência pelo aplicativo depois da votação, num prazo de 60 dias, mas nesse caso a Justiça Eleitoral pede que seja anexado algum tipo de comprovação, como uma passagem ou uma reserva de hotel, por exemplo.

Além do aplicativo, a partir de amanhã (30), pelo mesmo prazo de 60 dias, o eleitor pode também justificar sua ausência presencialmente ou na internet, por meio do portal Justifica, do TSE.

Segundo o tribunal, cada turno de votação é contabilizado como uma eleição independente. Caso o eleitor não justifique por três eleições seguidas, pode ficar sujeito a sanções, tendo o título de eleitor cancelado e sendo impedido, por exemplo, de fazer empréstimos em bancos públicos ou emitir documento oficial, entre outras restrições.

Edição: Kleber Sampaio

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana