conecte-se conosco



Polícia

Mulher diagnosticada com covid-19 quebra quarentena e circula livremente espalhando o vírus

Publicado

em

Segundo denúncias de moradores de Nobres, uma mulher diagnosticada com covid-19, que deveria estar observando a orientação de se isolar em casa para evitar espalhar o vírus não atendeu às recomendações e está circulando livremente pela cidade.

Circula nas redes sociais que a mulher foi vista em supermercados, em departamentos diversos.

 Se a suspeita se confirmar, ela pode ser considerada suspeita em dois crimes do Código Penal, segundo a Polícia Civil.

O primeiro, do artigo 267, que é causar epidemia, mediante a propagação de germes patogênicos, tem pena entre dez e 15 anos de reclusão; além do crime de infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução de doença contagiosa.

 Para esse segundo, a pena é de detenção de um mês a um ano, conforme o artigo 268.

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Polícia

Ação integrada fecha festa com aglomeração de pessoas e bebida alcóolica

Publicado

em

Um jovem suspeito de infringir determinação do ministério público e fornecer bebida alcoólica para menor de idade foi preso em flagrante em uma ação conjunta da Polícia Civil e Polícia Militar, realizada no domingo (10.08), no município de Jauru (425 km a oeste de Cuiabá).

O suspeito, de 22 anos, foi identificado como responsável por promover uma festa em seu sítio na zona rural com aglomeração de pessoas, participantes sem máscaras e regada a bebida alcoólica, infringindo os decretos para conter a pandemia de Covid-19. Outras 14 pessoas foram conduzidas na ação.

As diligências iniciaram após denúncia anônima que relatavam a aglomeração de pessoas na propriedade. A festa era realizada no curral do sítio do suspeito, não havia casas nas proximidades, porém o alto barulho dos carros de som, chamaram a atenção das pessoas que passavam pelo local e fizeram a denúncia.

No local, além da grande quantidade de bebida alcoólica foi encontrado cachimbo de narguilé, que poderia ter ocasionado um incêndio na região, em decorrência do pasto seco ao lado do curral. Duas menores de idade, de 17 e 11 anos, participavam do evento.

Além do suspeito, foram detidos no evento mais 14 pessoas com idades entre 18 e 30 anos, e que foram conduzidas a Delegacia de Jauru. Os 15 conduzidos poderão responder a procedimento do crime de “Infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa”, previsto no artigo 268 do Código Penal.

De acordo com o delegado responsável pelo flagrante, Maurício Maciel Pereira Junior, o evento era conhecido pelos participantes  como “festa do Curral”, sendo feito propaganda do evento em grupos de WhatsApp e redes sociais, demonstrando que os organizadores não estava preocupados com as sanções das autoridades públicas, uma vez que não era a primeira edição da festa.

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana