conecte-se conosco



Sem categoria

Segundo Centro Odontológico começa a ser construído ainda em 2018

Publicado

em

Outra boa novidade na área da Saúde é a segunda unidade do Centro Odontológico – CEO/VG que será anexa a Unidade de Saúde Tipo III que será construída para atender a região do Residencial José Carlos Guimarães, com uma população estimada da ordem de 35 mil pessoas.

“Temos pesquisas internas de satisfação nos atendimentos que nos estimulam a avançar neste programa desenvolvido pela prefeita Lucimar Sacre de Campos e prevê a unidade central que funciona desde o dia 04 de abril e outras cinco unidades”, disseram, o secretário de Saúde de Várzea Grande, Diógenes Marcondes e o Coordenador de Saúde Bucal, Narciso Santana.

Nos três primeiros meses de funcionamento o Centro Odontológico já realizou mais de 4 mil procedimentos médicos, lembrando que são em média 20 dentistas entre concursados e alunos acadêmicos do Centro Universitário Várzea Grande – Univag e que diferente do tratamento médico o odontológico demanda uma média de até 10 sessões diferenciadas para que o paciente tenha todos seus tratamentos realizados, seja, na arca dentária total ou parcial.

“Minha satisfação na pesquisa coletada entre os pacientes que acionaram o Centro Odontológico que responderam questionários com notas variadas é que quase 80% de tudo que fizemos consideram que o tratamento foi correto e além do esperado”, disse Narciso Santana, coordenador do CEO/VG.

Já para o secretário Diógenes Marcondes, outros números da mesma pesquisa demonstram que a unidade é eficiente, apesar de reconhecer que existe uma demanda reprimida que somente será sanada com novas unidades e um tratamento efetivo de longa duração.

“Estamos nos aliando a Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Esporte e Lazer – SMECEL para começar ainda neste ano a Educação Bucal para os 27 mil alunos da rede pública que também vão contar com atendimento especial por parte dos profissionais do Centro Odontológico, aproveitando as idades iniciais para se fortalecer a arcada dentária e ter mais qualidade de vida”, informou.

“Com essa nova unidade queremos ampliar para uma parte considerável da cidade o atendimento odontológico que será reforçado em outras unidades como as Policlínicas que disponibilizam de atendimento de urgência e emergência, ou seja, não realizavam tratamento. Nossa missão será mudar ainda mais o sorriso dos várzea-grandenses”, disse a prefeita Lucimar Sacre de Campos que lembrou estar no planejamento de sua gestão, se possível e havendo recursos, todas as cinco unidades do Centro Odontológico anexos as Policlínicas e funcionando sob o comando da sede central.

Fonte: Secom-VG

Clique para comentar
0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Sem categoria

Mesmo com mais de 40 lixeiras instaladas, Parque das Águas ainda é alvo de descarte lixo no chão

Publicado

em

Um frequentador do Parque das Águas divulgou nesta semana um vídeo pelo qual registra uma quantidade de lixo espalhado em diferentes pontos do local. As imagens chamam a atenção, principalmente pelo fato de existirem mais de 40 lixeiras distribuídas ao longo do espaço de lazer. Diante da situação, a Prefeitura de Cuiabá reforça o pedido de colaboração da população com a preservação de um dos cartões postais da cidade.

O espaço é administrado pela Empresa Cuiabana de Zeladoria e Serviços Urbanos (Limpurb), que destaca que todas as lixeiras são formadas por dois compartimentos, sendo um para resíduos recicláveis e outro para não recicláveis. Além disso, uma equipe com 12 operadores de limpeza pública executa diariamente, no período das 7h às 17h, todas as devidas atividades de zeladoria.

Somado a isso, o Parque das Águas é um dos locais que conta com compartimento para descarte exclusivo de vidro e ainda com uma máquina do Cuiabá Recicla. Por meio desse último, o cidadão consegue trocar materiais recicláveis por benefícios como recarga no cartão transporte, créditos para celular, desconto em compras na livraria Saraiva e crédito em contas PagBank.

No vídeo do frequentador é possível observar, jogados no chão, resíduos como garrafa pet, copo descartável, sacolas, entre outros que deveriam estar nos equipamentos preparados para o recebimento desses materiais. O diretor-geral da Limpurb, Vanderlúcio Rodrigues, argumenta que, ainda que a manutenção do espaço seja uma incumbência do poder público, é necessário haja uma responsabilidade compartilhada com a população que usufrui da área.

“Essa parceria entre Prefeitura e o cidadão deve sempre existir, afinal é um patrimônio da população. O parque foi construído para ela e precisamos dessa ajuda na preservação. Às vezes a pessoa pensa que um copo ou uma garrafa não faz diferença, mas faz. Isso, além de tirar a beleza do parque, ainda pode prejudicar os animais que vivem no local”, explica Vanderlúcio.

 

  • Da Assessoria

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana