conecte-se conosco



Política MT

Sardinha cobra plano de prevenção contra desastres naturais em VG

Publicado

em

O vereador Clayton Nassarden , o Sardinha (PTB), usou a tribuna da Câmara Municipal de Várzea Grande, durante sessão ordinária desta terça-feira (04), para cobrar da Secretaria Municipal de Serviços Públicos e Mobilidade Urbana a limpeza e desobstrução urgente de córregos e nascentes em vários pontos do município, como forma de prevenir os impactos das chuvas.

Para Sardinha, o numero de agentes da Defesa Civil é insuficiente e  Várzea Grande necessita de uma estrutura da própria prefeitura, com servidores contratados pelo município.

O parlamentar lembrou os inúmeros casos de inundações, alagamentos e desabamentos registrados no período chuvoso fez um alerta para que a prefeitura se adiante com ações que previnam novas tragédias.

“Será que eles não tem um prognóstico das chuvas anteriores, para elaborar um programa de trabalho, evitando que famílias fiquem desabrigadas e que os pontos críticos sejam novamente atingidos”, enfatizou.

 

Uma sugestão de Sardinha é reunir os membros da Comissão de Infraestrutura do legislativo, os vereadores Valdemir Bernardino, o Nana (DEM) e Edilei Roque de Cesário, o Neni do Chimarrão (PTC), para discutir com as secretarias de Obras e Serviços Públicos um planejamento preventivo, principalmente em bairros como Jardim Glória, Santa Clara, Jardim Paula I e II, Saõ Simão e São Matheus onde dezenas de casas foram atingidas pela força das águas.

Fonte: Elisângela Neponuceno-MT  de Fato

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Política MT

PF prende em Portugal suspeito de invasão hacker ao TSE

Publicado

em

Operação coordenada pela Polícia Federal (PF) em parceria com a Polícia Judiciária Portuguesa prendeu neste sábado (28), em Portugal, um suspeito de envolvimento no ataque hacker ao sistema Tribunal Superior Eleitoral do (TSE), que divulgou dados do tribunal no dia do primeiro turno das eleições municipais.

Segundo a PF, o inquérito policial aponta que um grupo de hackers brasileiros e portugueses, liderados por um cidadão português, foi responsável pelos ataques criminosos aos sistemas do TSE no primeiro turno das Eleições de 2020.

Estão sendo cumpridos, no Brasil, três mandados de busca e apreensão e três medidas cautelares de proibição de contato entre investigados nos estados de SP e MG. Além da prisão, em Portugal, é cumprido um mandado de busca e apreensão. As ações se desenvolvem com por meio da Operação Exploit.

Os mandados cumpridos no Brasil foram expedidos pelo Juízo da 1ª Zona Eleitoral do Distrito Federal, após representação efetuada pela Polícia Federal e manifestação favorável da 1ª Promotoria de Justiça Eleitoral.

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana