conecte-se conosco



Variedades

Reeducandos da Cadeia Pública de Colniza são capacitados para produção de embutidos

Publicado

em

Recuperandos da Cadeia Pública de Colniza (1.065 km ao noroeste da capital) foram capacitados para trabalhar na transformação caseira de produtos de origem animal em embutidos e defumados de carne suína. O curso foi ofertado pela unidade, em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-MT). Ao todo, 10 reeducandos participaram do curso.

Ministrada pelo chef de cozinha e especialista em charcutaria, André Vitaliano, a capacitação foi realizada entre os dias 16 e 20 de novembro. O profissional abordou sobre a produção de embutidos e defumados de carne suína, utilizando equipamentos, utensílios e controle de qualidade de produtos, de acordo com as normas técnicas de segurança, higiene e saúde no trabalho rural.

A atividade foi realizada nas dependências do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) de Colniza, que cedeu o espaço para o evento.

Segundo o diretor da Cadeia Pública de Colniza, Heitor Nogueira, é importante propiciar eventos profissionalizantes para os recuperandos. “Os cursos ofertados têm o objetivo de prepará-los para o mercado de trabalho, para que logo estejam aptos a retornar ao convívio social”.

Segundo o recuperando J.C, que participou do curso, todos os reeducandos participantes ficaram gratos pelo aprendizado. “A oportunidade do treinamento que tivemos no manuseio da carne suína são conhecimentos que levamos para a vida toda, inclusive no trabalho futuro se for da vontade de cada um”.

Já o reeducando V.C.L, que também participou da capacitação, destaca que “o curso de charcutaria, além do conhecimento, dá uma redução significativa na pena a ser cumprida. Agradecemos a direção da unidade, ao Senar e a todos que nos ajudaram”.

Dentre os 10 reeducandos capacitados, três se encontram em prisão domiciliar em decorrência da pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

 

Letícia Corrêa | Sesp-MT

Clique para comentar
0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Últimas Noticias

Homem que perdeu a memória espera contato de familiares em Minas Gerais

Publicado

em

Um senhor de Cuiabá que perdeu a memória está perdido na cidade de Ouro Fino (446,9 km de distância de Belo Horizonte-MG), o senhor fez uma consulta em uma unidade de saúde do município e não consegue voltar para casa.

Por mais que perdeu a memória, fazem 8 dias que ele chegou na cidade e está perdido. Os filhos são chamados pelos nomes de: Junior Peres da Cruz
Filha Ester Peres dos Santos da Cruz.

O senhor Altino Domingos da Cruz já está sob a condução da Polícia do local esperando contato de parentes que possam reconhecê-lo para retornar a sua residência.

Pessoas da cidade de Ouro Fino-MG, que acompanham o caso e estão compartilhando e ajudando na divulgação das informações, fazem apelo e ressaltam alguns dados importantes da situação do Sr. Altino.

“Já comunicamos a Polícia, e estamos aguardando uma viatura chegar… Ele disse que faz 5 ou 8 dias que ele não sabe voltar pra casa.
Atualizado: Ele mostrou uma receita que confirma que ele consultou no postinho de saúde do Ouro Fino hoje.

Espero que logo encontrem o filho dele Junior Peres da Cruz. Ele disse que mora em Cuiabá no Serra Dourada.

Se alguém souber quem é, ou conhece a família. Agradeço🙏”.

 

O telefone para contato de pessoas que souberem dos familiares do idoso perdido pode chamar no telefone: (65) 9 9800-3300.

 

A equipe do MT de Fato se dispõe na divulgação e podem entrar em contato com nossa equipe se caso alguém souber de mais informações.

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana