conecte-se conosco



Política MT

Provas vêm à tona, imagens e declaração comprovam que Elizabete não esteve em condomínio

Publicado

em

O vereador Juca do Guaraná Filho (Avante) protocolou na manhã desta segunda-feira (02), na Câmara Municipal de Cuiabá, uma declaração, que será encaminhada à Comissão de Ética do parlamento, onde Claudia Almeida Costa, afirma que não esteve no condomínio onde o vereador reside.  O Parlamentar também protocolou o registro de imagens entre as datas de 21/11 a 22/11, onde não consta à entrada de Elizabete Maria de Almeida (denunciante).

Na declaração ela também ressalta que não ofereceu, nem custeou modalidade de transporte à Elizabete Maria. Cláudia também afirma que se recolheu em sua residência, no dia 21 /11, por volta das 20h15, tendo deixado sua casa somente no dia 22/11, por volta das 19h09.

Elizabete, servidora do Hospital São Benedito, denunciou ter recebido ordens de Cláudia, para estar no condomínio do vereador Juca, onde segundo a denunciante estava sendo armadas ações contra o vereador Abílio Junior (PSC), que passa por um processo de cassação de mandato na Comissão de Ética e Decoro Parlamentar.

“Estou muito tranquilo, moro em um condomínio, com grande aparato de segurança, minha casa sempre está de portas abertas para familiares e amigos, tudo com extrema segurança. Uma coisa eu tenho absoluta certeza nunca vi esta pessoa, que levantou tal acusação. Esta declaração só reafirma o que está nas imagens’, disse o parlamentar.

Juca acredita que a acusação é uma ação desesperada do Vereador Abílio em produzir uma cortina de fumaça para cessar os efeitos da comissão processante.

Da Assessoria

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Política MT

PL institui a política de prevenção e enfrentamento da violência doméstica e familiar contra a mulher

Publicado

em

O projeto de lei institui a política de prevenção e o enfrentamento da violência doméstica e familiar contra a mulher no estado por meio da atuação das equipes de saúde da família, foi apresentado pelo deputado Dr. Eugênio (PSB), na sessão desta quarta-feira (2), durante sessão parlamentar.

De acordo com o PL serão realizadas as seguintes atividades, fomento à divulgação de informações sobre o funcionamento da rede de atendimento à mulher, capacitação permanente dos profissionais da equipe de saúde, promoção da orientação e do acolhimento humanizado,  fomento à produção, à sistematização e à divulgação de dados e informações sobre a violência com a cooperação da polícia judiciária civil visando o aperfeiçoamento das políticas públicas de prevenção e enfrentamento desse tipo de violência, orientação das famílias, nas visitas domiciliares realizadas pelas equipes de saúde da família, proteção integral de crianças e adolescentes que residem junto a mulher em situação de violência doméstica e familiar.

Em justificativa o deputado fala as taxas de feminicídio no Brasil, “Sabemos ainda que a violência contra a mulher é um mal que assola praticamente todos os estados de nosso país e infelizmente na maioria das vezes o agressor é o próprio convivente da vítima. Aliás, Mato Grosso é um dos estados com maior taxa de feminicídio no Brasil. Em 2019, foram 39 mulheres mortas apenas por serem mulheres. Isso significa a taxa de 2,3 para cada 100 mil”.

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana