conecte-se conosco



Cuiabá

Profissionais da rede estadual de Educação deflagram greve por tempo indeterminado

Publicado

em

As escolas da rede estadual de Mato Grosso paralisam as atividades a partir de 27 de maio. Essa foi a decisão retirada em Assembleia Geral dos profissionais da educação, organizada pelo Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep/MT), nesta segunda-feira (20), na Escola Estadual Presidente Médici, em Cuiabá. A deflagração demanda 72 horas para ser cumprida, conforme estabelece legislação, tempo suficiente que também o governo avance nas propostas de negociação.

Após a deliberação do movimento paredista, os profissionais saíram em passeata pelas ruas da capital, em sentido ao centro – Praça Alencastro – manifestando publicamente a indignação com o desrespeito do governo ao direitos dos trabalhadores e, contra o ataque a Educação Pública, que está sendo desmontada na gestão Mauro Mendes que intensifica as medidas do governo federal.

A greve foi deflagrada por tempo indeterminado e aprovada por unanimidade. A categoria se mantém em Assembleia permanente, dando a possibilidade de se reunir a qualquer momento, caso algum documento do governo aponte para avanços nas pautas apresentadas: Concurso Público; cumprimento da Lei 510/2013; melhoria da infraestrutura das unidades escolares; escolas do campo; e, um calendário de agenda permanente com o governo. “Desde o documento encaminhado na última Assembleia, em março, não avançou em nenhuma dessas pautas”, afirmou o presidente do Sintep/MT, Valdeir Pereira.

Representantes dos 105 municípios que estiveram no Conselho de Representantes sábado e domingo (18 e 19), somaram com os profissionais da Baixada Cuiabana que compareceram na Assembleia. O ginásio lotado com cerca de 3 mil profissionais exigiam do governo respeito à categoria e aos direitos conquistados.

O movimento grevista apresentou o calendário de mobilizações, programando novo Conselho para o dia 8 e 9 de junho, e nova Assembleia Geral dia 10. Contudo, a agenda de mobilização é extensa.

 

Assessoria/Sintep-MT

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Cuiabá

Abordagens nas barreiras sanitárias terão funções orientativa e preventiva

Publicado

em

Nas barreiras sanitárias que estarão instaladas em quatro pontos estratégicos de entrada e saída de Cuiabá, a partir desta quarta-feira (8), cerca de 30 servidores da Secretaria Municipal de Saúde irão aferir a temperatura corporal dos condutores e passageiros de veículos e aplicar um questionário, no qual constarão as seguintes questões: a procedência das pessoas (será solicitado comprovante de endereço ou passagem, por exemplo), motivo do deslocamento (se a trabalho, passeio, visita familiar), a temperatura corporal, se apresentou febre nos últimos três dias, se apresenta sintomas como tosse, dor de garganta, dor no corpo, dor de cabeça, desconforto ao respirar, alteração ou perda de olfato ou paladar, entre outros.

Caso a pessoa apresente sintomas da Covid-19, será orientada a procurar assistência médica em uma unidade e saúde mais próxima ou na rede privada, caso tenha convênio ou particular.

Também será dada a orientação para que a pessoa não permaneça na cidade, caso esteja apenas de passagem. Se for visitante, terá que cumprir quarentena domiciliar por 7 dias e tomar todas as medidas preventivas, como uso de máscara, lavagem constante das mãos com água e sabão ou usar álcool em gel e outras formas de diminuição do risco de contágio.

Procedimento nos ônibus rodoviários

A barreira sanitária também irá verificar a situação dos motoristas e passageiros de transporte rodoviário coletivo. Nesse caso, o fiscal sanitário irá:

– Observar o uso de máscara pelo condutor e demais passageiros

– Oferecer máscara aos condutores que não estiverem com a mesma

– Aferir a temperatura

– Aplicar o questionário em pessoas com temperatura acima de 37,5°C

– Ler as orientações para o condutor

– Encaminhar o condutor a uma unidade de saúde caso esteja com febre.

Funcionamento

Entre os dias 08 e 14 de julho, das 8h às 12h e das 13h às 17h, as barreiras sanitárias estarão instaladas em quatro pontos estratégicos de entrada e saída da capital: na rodovia federal BR-163/363/070 (saída para Rondonópolis), na MT-040 (estrada para Santo Antônio do Leverger), na Rodovia Emanuel Pinheiro (MT-251, estrada para Chapada dos Guimarães) e na Rodovia Helder Cândia (MT-010, que liga Cuiabá ao Norte do estado).

Conforme a Diretoria de Vigilância em Saúde, a barreira sanitária entre Cuiabá e Várzea Grande não se faz necessária porque a cidade vizinha também deverá realizar a mesma medida nas suas demais entradas e saídas. A implantação das estruturas é uma estratégia adotada como forma de inibir o contágio pelo novo coronavírus (Covid-19).

Cerca de 30 servidores da Secretaria Municipal de Saúde, além de agentes de trânsito da Secretaria de Mobilidade Urbana, policiais rodoviários federais e policiais militares que atuarão nas blitzes e segurança dos servidores.

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana