conecte-se conosco



Política MT

Presidente Misael Galvão apresenta Mesa Diretora e secretários aos servidores efetivos da Câmara

Publicado

em

O presidente do Legislativo da capital, vereador Misael Galvão, ofereceu hoje (4) um café da manhã aos servidores efetivos da Casa de Leis, oportunidade em que apresentou os novos integrantes da Mesa Diretora e secretários empossados no último dia 1º. Misael destacou a importância do trabalho executado pela totalidade do corpo funcional do Parlamento, que, na sua opinião, representa conexão direta e positiva com as iniciativas encetadas pelos parlamentares no transcurso dos respectivos mandatos. Galvão destacou, assim, a união geral de todos no Legislativo como fator preponderante nos avanços já consolidados por Cuiabá e, também, naqueles que a nova Mesa Diretora traçou no biênio 2019/2020. E voltou a conclamar apoio maciço de todos os pares no desempenho desta missão, que considera até de teor divino, em virtude de possibilitar a concepção de uma série de benefícios à sociedade, em si.
“Vamos trabalhar e trabalhar, mas queremos estar integrados 100% com as ideias de cada um de vocês, colaboração extremamente importante. Isso porque, sozinho, ninguém vai a lugar nenhum, é preciso dispor de pontes auxiliares no decorrer de todo o trajeto. Em síntese, a união em torno de projetos resolutivos, de abrangência plenamente satisfatória em todos os âmbitos sociais, só é possível quando existe corrente unificada de trabalho”.
Na ótica do presidente Misael, a Câmara Municipal de Cuiabá detém notória respeitabilidade histórica, e ele quer muito contribuir para afixar outras divisas vitoriosas nesse trajeto institucional. “A história retrata muitas glórias relacionadas ao Legislativo. E seus servidores efetivos e comissionados estão integrados de forma harmoniosa e decisiva em vários flancos, concebidos para fixar mais melhorias na qualidade de vida dos seus habitantes. O foco principal é – e sempre – será trabalhar por Cuiabá e pelos munícipes”, frisou. Ele ainda aproveitou para relembrar seus tempos de trabalho nas ruas da capital, na condição de camelô. “Este companheiro aqui {apontando para o jornalista Adão de Oliveira} chegou na minha banca e indagou alguns preços. Fiquei pensando se seria fiscal ou Polícia, antes de responder. Houve época em que os camelôs não eram respeitados, até perdiam suas mercadorias. E tudo que desejavam e desejam é trabalhar honestamente, buscar o sustento de suas famílias de maneira digna”.
Ainda no café da manhã, o presidente Misael Galvão desejou a todos um Feliz 2019, oficializando o reinício dos trabalhos administrativos a partir de então. “Sejam todos bem-vindos, pois enquanto o recesso parlamentar acontece, nós estaremos aqui de prontidão, trabalhando pra valer e com muito idealismo e prazer. Plantamos, hoje, os frutos de um amanhã sempre melhor, para que outros possam sequenciar esse pomar construtivo na sociedade”.
Para o secretário-geral do Legislativo, Jairo Rocha, o ano de 2019 realmente vislumbra potencial período de realizações no âmbito da Câmara Municipal, e ele tem convicção de que o Parlamento da capital terá um desempenho ainda mais destacado nos próximos dois anos, sob o comando do presidente Misael Galvão. “É um dos nomes de clara dinâmica empreendedora em Mato Grosso. Foi ele, Misael, quem idealizou e lutou para a edificação do Shopping Popular, polo expressivo de comércio geral dos antigos ambulantes e ponto turístico largamente prestigiado em Cuiabá. Antigamente, recordo, os camelôs penavam horrores para trabalhar nas ruas da cidade, quadro que Misael conseguiu recompor para uma situação privilegiada. O presidente Misael fez por merecer cada degrau de conquista, tem uma história belíssima de vida, exemplar em vários sentidos”.
João Carlos de Queiroz – Secretaria de Comunicação Social – Câmara Municipal de Cuiabá

Política MT

Avallone quer parceria com MPE e Judiciário para Estado executar obras em áreas particulares no Pantanal

Publicado

em

Prevendo possíveis entraves judiciais na realização de obras paliativas dentro de propriedades particulares que vão desobstruir corixos para dar vida, novamente, à Baía de Chacororé, no Pantanal mato-grossense, em Barão de Melgaço, o presidente da Comissão de Meio Ambiente e Recursos Hídricos e Recursos Minerais da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), deputado estadual Carlos Avallone (PSDB), destacou que vai buscar uma parceria com o Ministério Público Estadual (MPE) e do Poder Judiciário para firmar Termos de Ajustamento de Conduta (TAC).

Segundo Avallone, o Estado terá que realizar essas obras para garantir a desobstrução de ao menos 12 corixos (canais que ligam as águas de baías, lagoas, alagados etc com os rios próximos) mapeados pelo assessor especial da Comissão de Meio Ambiente da ALMT, Rubem Mauro Palma de Moura, que foi in loco junto com técnicos da Secretaria Estadual de Infraestrutura (Sinfra) e da Secretaria Estadual e Meio Ambiente (Sema).

O deputado lembra que outras 20 obras, entre médias ou maiores, terão que ser feitas na região. Uma delas, detectada na visita técnica, mostrou que existe ao menos cinco pontes na estrada do Estirão Cumprido, onde embaixo delas há rejeitos que formam uma barragem, impedindo o curso natural das águas. “Durante a construção da ponte, fizeram um aterro ao lado para o trânsito fluir. No entanto, a obra foi finalizada e ninguém tirou a barragem em cima dos corixos. São detalhes que não vamos mais deixar acontecer”, explicou.

Além disso, constatou-se desmatamento em áreas de proteção ambiental, outros crimes ambientais onde pescadores predatórios rompem estrutura de barramento que existe na baía para facilitar a pesca.

Para o início dessas obras emergenciais é necessário um relatório feito pela Sinfra que será entregue até a próxima sexta-feira (22). “A Sema também precisa dar as autorizações ambientais necessárias. A previsão é que comecem no máximo daqui um mês”, comentou Avallone.

Por fim, o parlamentar afirmou que o poder público ainda deve tomar as medidas cabíveis para questionar os responsáveis por essas obras que estão degradando o meio ambiente há anos.

 

Da Redação

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana