conecte-se conosco



Interior

Prefeitura de Poconé culpa governo do Estado por problemas com transporte escolar

Publicado

em

 Poconé não é um município diferente dos demais de Mato Grosso que enfrenta problemas no atendimento ao Transporte Escolar.

Devido ao descaso do Governo Estadual com o Transporte Escolar todos os municípios enfrentam os mesmos problemas e tentam sobreviver com seus poucos repasses e baixa arrecadação.

O município de Poconé paga para trabalhar para o estado, arcando com a maior parte das despesas das mais de 50 rotas do Transporte Escolar mesmo a maioria dos alunos sendo da Rede Estadual de Ensino e não da Rede Municipal.

O governo do estado repassa ao município o valor de 168.513,04 mês, hoje parcelado em 2x de 84.256,52. Porém a despesa mensal desse transporte é de 400 a 500 mil.

Até o fechamento do expediente da prefeitura do dia de hoje (18/10/18) o setor financeiro da prefeitura nos informou que o estado não havia depositado na conta da prefeitura a 6°parcela/2018 que deve ser no valor de 84.256,52. Portanto, o estado mente que ao afirmar que o repasse está em dia, sempre esteve e está em atraso com o município Poconé.

A secretaria Municipal de Educação sempre buscou resolver os problemas do Transporte Escolar tendo inclusive realizado inúmeras reuniões entre as empresas e prefeitura, até porque a administração pública de Poconé, vem tentando, dentro das suas condições financeiras, cumprir com esse compromisso até a conclusão do ano letivo 2018.

Após a divulgação acima, no dia de hoje, 19 (dezenove) de outubro, o financeiro da Prefeitura Municipal de Poconé nos informou que o estado realizou, hoje, o repasse da metade da 6ª (sexta) parcela, porém independente do atraso  referente ao mês de agosto a gestão já pagou cerca de 60% do valor do transporte referente a setembro.

Concluímos que o Transporte Escolar em Poconé atende aproximadamente 500 (quinhentos) alunos da Rede Municipal e aproximadamente 1.200 (mil e duzentos) da Rede Estadual.

 

Fonte: Assessoria de Comunicação

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Interior

Homem é espancado e morre após ameaçar pessoas em festa com espingarda

Publicado

em

Um homem armado com uma espingarda calibre 20, ameaçou os integrantes de uma festa realizada na Vila Matão, zona rural de Pontes e Lacerda, após as ameaças, ele foi desarmado e espancado por populares. O suspeito foi socorrido e encaminhado ao Hospital Vale do Guaporé mas não resistiu aos ferimentos. O fato foi registrado na madrugada deste domingo (22/11).

Durante a Operação Hórus Vigia, em continuidade à força tarefa do GEFRON no combate aos crimes transfronteiriços, na Fronteira do Brasil com Bolívia no Estado de Mato Grosso, uma equipe policial foi informada que havia um indivíduo portando arma de fogo e ameaçando populares em uma festa realizada na Vila Matão, ao chegar no local foi encontrada uma espingarda calibre 20, com uma munição intacta.

Segundo relatos de populares, o suspeito diante das ameaças foi desarmado e espancado por pessoas que frequentavam o local.

O suspeito foi socorrido pela esposa e o irmão, quando estavam a caminho do município de Pontes e Lacerda o veículo que fazia o transporte ficou sem combustível, posteriormente foi socorrido pela equipe do Gefron até as proximidades de Pontes e Lacerda, quando o Corpo de Bombeiros assumiu o socorro até o hospital Vale do Guaporé.

Na unidade hospitalar,  os policiais foram informados pela equipe médica sobre o óbito do suspeito.

Diante dos fatos a arma foi entregue na Delegacia do município, para as providências cabíveis ao caso.

 

Da Redação

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana