conecte-se conosco



Cuiabá

Prefeitura celebra o Dia do Folclore com semana recheada de atividades lúdicas e interativas

Publicado

em

 

 

Para comemorar o dia nacional do folclore (22 de agosto), a Prefeitura de Cuiabá, por meio da Secretaria Municipal de Educação (SME) e a rede de bibliotecas comunitárias “Saber com Sabor” estão preparando uma programação especial. Nos dias 22, 23 e 24, das 08h às 17h, a Praça Alencastro, vai receber alunos da rede municipal de ensino e a população para muita leitura, brincadeira e dança. O objetivo é levar conhecimento, entretenimento, cultura e lazer para crianças, jovens e adultos da Capital, além de divulgar os espaços de leitura para a comunidade em geral.

“Esse é um belo momento para contarmos e ouvirmos as histórias que povoam a nossa cultura popular e, ao mesmo tempo, incentivarmos o hábito da leitura”, destacou a coordenadora do Programa Bibliotecas Saber com Sabor, Edvair Pereira Alves.
Além de histórias do Saci-Pererê, Mula-sem-cabeça, Curupira, Boto e Boitatá, a praça vai oferecer muitas outras diversões como adivinhas, parlendas, trava-línguas, provérbios, quadrinhas, culinária, brincadeiras, cantigas de roda e ainda uma exposição de brinquedos antigos.

Personagens
Entre as principais figuras do Folclore Brasileiro estão o Boitatá, uma gigantesca cobra de fogo que protege os campos, e o Caipora, um pequeno índio de pele escura, muito ágil, que fuma um cachimbo, gosta de cachaça e é o guardião dos animais.
Temos também a Cuca que, segundo a lenda, é uma velha em forma de jacaré que rouba crianças desobedientes,  o Curupira, um anão de cabelos vermelhos e pés voltados para trás que protege as florestas, além do Saci-Pererê, um menino negro e travesso que fuma um cachimbo e carrega uma carapuça vermelha, que lhe concede poderes mágicos.
As marcas folclóricas também podem ser vistas na música (cantigas de roda, serenatas, cantos de velório e de cemitério); danças e festas (quadrilha, xaxado, samba, baião, catira, Carnaval, Festa Junina, Congado); na linguagem (adivinhações, provérbios, quadrinhas e piadas); nos usos e costumes (culinária, vestimentas e comportamento); em brinquedos (pipa, boneca de pano, bolinha de gude, esconde-esconde) e ainda na arte e artesanato, com a utilização de matéria-prima natural como madeira, couro, pedras, sementes e métodos rudimentares de produção.

Você Sabia?
Em 1965, o Congresso Nacional Brasileiro oficializou o 22 de agosto como o dia destinado à comemoração do folclore brasileiro, uma  forma encontrada de valorizar e preservar a cultura popular. “Esse dia é muito importante também para que as escolas, centros culturais, institutos, bibliotecas e outros espaços realizem atividades diversas com o objetivo de transmitir a riqueza artística desta manifestação tradicionalista, de geração em geração”, explica a coordenadora.
Edvair Pereira lembra que muitas histórias e personagens nasceram da imaginação das pessoas, principalmente dos moradores das regiões do interior do Brasil. “Algumas delas foram criadas para passar mensagens importantes ou apenas para assustar, assim dando origem às grandes manifestações populares, que ocorrem pelos quatro cantos do país”.

Fonte: MARIA BARBANT

 

Clique para comentar
0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Cuiabá

Internauta reclama de transtorno causada por obra em viaduto

Publicado

em

Um cidadão registrou em vídeo nesta sexta-feira (16), a situação do viaduto Murilo Domingos, que ainda está em fase de construção, a obra causa um congestionamento diário de quilômetros na região e o cinegrafista amador mostra que tudo isso poderia ter sido evitado, com a liberação de vias nas laterais da Avenida Manoel José de Arruda (Av. Beira Rio).

O município investe total de R$ 13.992.929,79 para sanar uma demanda grande de trânsito, a desobstrução do trecho é feita em consenso entre as secretarias de Mobilidade Urbana (Semob) e Obras Públicas, que constataram que o fluxo nesse local específico não impacta, neste momento, no andamento da obra e tampouco gera riscos aos trabalhadores e condutores. Mas quem precisa passar no local vê que há uma grande necessidade de liberação das ruas.

No dia 15 de dezembro do ano passado, o prefeito Emanuel Pinheiro informou para a população que a entrega do viaduto Murilo Domingos foi transferida para o início de 2021. Conforme explicado por ele, a extensão no prazo foi solicitada pela empresa responsável pela execução da obra, que terá que trabalhar na substituição de solo em uma das cabeceiras que faz a ligação entre a pista e a estrutura de concreto.

 

 

O cidadão que gravou o vídeo ainda ressalta “Nós pagamos impostos, para quê?! Isso é um abuso com a gente.”

 

A empresa pediu um prazo maior para a entrega da obra justamente por identificar nas cabeceiras um solo barrento que prejudicaria a segurança do viaduto, os trabalhadores estão focados em terminar essa parte para poder entregar. Mas a rotatória que poderia desafogar o trânsito de quem precisa transitar em ambas cidades.

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana