conecte-se conosco



Várzea Grande

Práticas Educacionais de Várzea Grande garantem a qualidade do ensino e aprendizagem, diz Ministério Público

Publicado

em

A prefeita Lucimar Sacre de Campos acompanhada do Procurador-Geral de Justiça de Mato Grosso, Mauro Curvo, Procurador de Justiça, Paulo Prado e o promotor da Vara da Infância e Juventude de Várzea Grande, José Mariano de Almeida Neto fizeram in loco visitas em projetos socioassistenciais e educacionais de inclusão social de jovens e adolescentes criados pelo município. No Caderno II as visitas se estenderam em todas as oficinas ofertadas a jovens de 12 à 17 anos, no contraturno escolar, além de participarem do almoço coletivo.

Nas unidades básicas de Educação, as visitas ocorreram também com as presenças do secretário municipal de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, Silvio Fidelis e equipes técnicas pedagógicas. As duas unidades educacionais visitadas são contempladas com o projeto Escola em Tempo Ampliado – ETA, sendo elas ‘Tenente Abílio da Silva Moraes’, localizada no bairro XV de Maio e ‘Maria Barbosa Martins’, localizada no Distrito de Bom Sucesso, onde as autoridades vivenciaram um pouco da rotina dos alunos da rede pública.

Hoje o estudo é tudo para a vida futura e promissora de jovens e crianças

O procurador-geral de Justiça, Mauro Curvo, destacou a importância de institucionalizar as boas práticas educacionais. “Oportunizar aos jovens práticas educacionais inclusivas e que sirvam para projeção de um futuro melhor e ensina opções de profissões, além de tirar esses jovens da rua, e ocupar o tempo com a aprendizagem. É isso que precisamos nas nossas escolas, criar uma relações de produtividade, de respeito, e ofertar um ensino de qualidade. É o que observo nesses projetos e programas do município de Várzea Grande, a institucionalização de uma boa prática pedagógica, que proporciona o tratamento igualitário, do respeito a dignidade da pessoa humana. Estamos visitando estes projetos para que possamos ter ideias e sugestões de projetos para colocarmos também em prática. O Papel Social do Ministério Público, com as políticas inclusivas, quer seja pelas varas da infância e adolescência, mulher, idoso, são fundamentais, na garantia dos direitos constitucionais. É muito gratificante ver in loco políticas públicas sociais que estão dando certo. Várzea Grande está de parabéns e com padrão de qualidade educacional elevado ”, disse o procurador-geral de Justiça, Mauro Curvo, destacando ainda que o Ministério Público não conseguiria ir muito longe e atingir o objetivo maior, que é levar conhecimento para esta e as futuras gerações sobre a importância da educação na vida de cada um. “Hoje o estudo é tudo para a vida futura e promissora de jovens e crianças”.

Na EMEB “Tenente Abílio da Silva Moraes” conheceram as dependências da unidade que este ano completou 30 anos de funcionamento. Após visitarem todas as salas de aulas, os convidados foram saudados pelo aluno do 9º ano, Breno Marques, que recitou em forma de prosa um histórico sobre sua escola desde a criação até os dias de hoje, com o diferencial transformador após a implantação do Programa ETA na visão dos alunos. Em seguida assistiram a peça teatral ‘ Nossa, Eles Falam’, encenado pelos alunos do CAIC “Gonçalo Domingos de Campos”, espetáculo vencedor na categoria “Infantojuvenil”, da décima quinta edição do Festival Estudantil Temático Teatro para o Trânsito – FETRAN, promovido pela 2ª Superintendência Regional da Polícia Rodoviária Federal em Mato Grosso (PRF/MT), em parceria com a Secretaria de Estado de Educação de Mato Grosso (SEDUC/MT) e Prefeituras Municipais. Na sequência, os alunos da EMEB “Tenente Abílio da Silva Moraes” apresentaram um número musical com os temas Ciclo da Vida, Natureza Viva e Resgate Cultural do Rasqueado.

No distrito de Bonsucesso, as autoridades foram visitar a EMEB “Professora Maria Barbosa Martins” escola contemplada com uma ampla reforma realizada pela Prefeitura Municipal este ano. As instalações foram visitadas pela comitiva que acompanharam um pouco dos trabalhos realizados pelos alunos em sala de aula. Verificaram a metodologia aplicada na horta e acompanharam a realização de pintura em muro da escola, além de prestigiarem a apresentação artística de dança regional com alunos do 8º e 9º ano.

Ao final da visita, o procurador-geral do Ministério Público do Estado de Mato Grosso, Mauro Curvo, elogiou os trabalhos desenvolvidos nas escolas, cumprimentou alunos, técnicos e gestores e parabenizou a prefeita Lucimar Campos pela iniciativa da implementação do Programa ETA nas escolas de Várzea Grande. Para ele, a participação no programa estimula os estudantes ao conhecimento e a valorização de mestres e ambiente escolar, promovendo a cidadania e aprimorando seu aprendizado.

O secretário Municipal de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, Silvio Fidelis explicou que a ampliação do tempo do aluno na escola tem sido entendida em nosso município como uma necessidade da atual conjuntura social e econômica em que vivemos, o que torna a escola, aos olhos da sociedade, uma instituição que precisa ampliar suas funções e tarefas, proporcionando às crianças e jovens da Educação Básica mais conhecimentos e outras atividades socioeducativas para além do ensino dos conteúdos escolares.

“Essa ampliação de funções e tarefas demanda mais tempo na escola e de escola, principalmente para as crianças e jovens das nossas escolas públicas, que muitas vezes não têm acesso a outra instituição formativa. Os pais têm encontrado dificuldades em cuidar, proteger e educar as crianças e jovens, e ocupar seu tempo. Por isso instituímos o ETA para ajudar estes jovens a ter um futuro melhor, e a escola cumprir também seu papel social”, explicou o secretário.

Por: Fred Nogueira – Secom/VG

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Várzea Grande

Lucimar e Kalil anunciam pagamento de salário com diferença para professores

Publicado

em

 

Os servidores públicos municipais de Várzea Grande recebem nesta sexta-feira, 27, os salários referentes ao mês trabalhado de novembro enquanto os professores da Educação Pública Municipal recebem amanhã, 25, a diferença da correção do piso federal. No total serão investidos cerca de R$ 37,5 milhões aproximadamente, entre salários e o retroativo nos salários dos professores da segunda maior cidade de Mato Grosso entre março até novembro.
O anúncio foi feito pela prefeita Lucimar Sacre de Campos que estava acompanhada pelo prefeito eleito, Kalil Baracat e pela futura primeira-dama, a promotora de Justiça, Januária Dorilêo, que visitaram as instituições públicas municipais da Secretaria de Promoção Social e as políticas sociais de inclusão das pessoas consideradas em vulnerabilidade social ou que estão sendo profissionalizadas.
As três folhas de pagamento que ainda restam ser quitadas em Várzea Grande somam juntamente com a diferença salarial dos professores algo em torno de R$ 105 milhões que vão circular neste final de ano na economia da cidade.
Lucimar Sacre de Campos reafirmou o compromisso com os servidores públicos municipais e garantiu o pagamento das três folhas que ainda restam neste ano de 2020, referentes aos salários de novembro e dezembro e do 13 salário para todo o funcionalismo, além de ajudar o comércio e a indústria para se planejarem neste final de ano e preverem uma atuação calcada em possível incremento de vendas.
“Lembro que no início do ano, como sempre, remetemos à apreciação dos vereadores a correção do piso nacional dos professores, e entre desentendimentos quanto ao alcance da proposta, somente em outubro foi aprovada a proposta e agora estamos pagando o retroativo de março até novembro e inserindo o valor corrigido nos salários que ainda restam sem pagos neste ano”, disse Lucimar Sacre de Campos.
Ela frisou que mesmo com queda temporária na arrecadação de impostos por causa da pandemia ao longo deste ano, a receita voltou a se recuperar e não atrapalhou o cumprimento do Calendário Salarial que está sendo cumprido rigorosamente e em alguns meses até mesmo antecipado, em uma clara demonstração do nosso compromisso com o funcionalismo público municipal.
A prefeita disse também que as obras e ações municipais serão mantidas até que o novo prefeito e seu staff assumam a gestão e adotem as medidas que considerarem necessárias, “É claro e óbvio que existem medidas a serem tomadas, pois a administração pública é dinâmica e exige uma série de inovações a cada momento, a cada dificuldade a ser vencida, mas a futura gestão sob o comando de Kalil Baracat e José Hazama terá plenas condições de fazer o enfrentamento dos problemas e buscar as soluções necessárias para vencer os obstáculos”, ponderou Lucimar Campos.
Já para o prefeito eleito, Kalil Baracat é um privilégio assumir uma administração municipal, através da vontade popular e das mãos de uma gestora pública que transformou todos os conceitos de administração pública. “Lucimar Sacre de Campos está sendo uma prefeita além do seu tempo e todos os esforços empreendidos irão permitir que nossa gestão a partir de 2021 possa avançar, melhorar ainda mais a qualidade de vida da população e continuar transformando Várzea Grande, colocando a mesma como cidade acolhedora e terra de oportunidades. Várzea Grande será daqui para melhor graças ao empenho, dedicação, transparência e eficiência da prefeita Lucimar Sacre de Campos que juntamente com o senador Jayme Campos vai continuar nos ajudando e aperfeiçoando todas as políticas públicas”, disse o prefeito eleito, Kalil Baracat.

 

Por Assessoria

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana