conecte-se conosco



Polícia

Policial presencia assalto mas suspeitos reagem e vêm a óbito

Publicado

em

Policiais militares de Peixoto de Azevedo (a 691 km de Cuiabá) –  Núcleo de União do Norte – identificaram nesta quinta-feira (02.07), os dois suspeitos de roubo que revidaram a abordagem e vieram a óbito.

Conforme o boletim de ocorrência, a informação descrevia que três homens encapuzados estariam assaltando uma lanchonete com extrema violência. Durante a ação criminosa, um policial militar de folga viu a situação e se identificou “Polícia – mãos na cabeça – abaixem as armas”. Ordem não obedecida. Um dos suspeitos com um revólver calibre 38 mirou na direção do policial, que reagiu e acertou o criminoso.

Um segundo suspeito imobilizou um dos clientes colocando um facão em seu pescoço. O policial revidou acertando o ladrão com dois disparos. Nesse momento, o terceiro criminoso correu e não foi localizado. Os dois suspeitos morreram no local.

As vítimas contaram aos policiais que os assaltantes chegaram repentinamente e anunciaram o roubo, sendo um deles mais agressivo.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Polícia

Ação integrada fecha festa com aglomeração de pessoas e bebida alcóolica

Publicado

em

Um jovem suspeito de infringir determinação do ministério público e fornecer bebida alcoólica para menor de idade foi preso em flagrante em uma ação conjunta da Polícia Civil e Polícia Militar, realizada no domingo (10.08), no município de Jauru (425 km a oeste de Cuiabá).

O suspeito, de 22 anos, foi identificado como responsável por promover uma festa em seu sítio na zona rural com aglomeração de pessoas, participantes sem máscaras e regada a bebida alcoólica, infringindo os decretos para conter a pandemia de Covid-19. Outras 14 pessoas foram conduzidas na ação.

As diligências iniciaram após denúncia anônima que relatavam a aglomeração de pessoas na propriedade. A festa era realizada no curral do sítio do suspeito, não havia casas nas proximidades, porém o alto barulho dos carros de som, chamaram a atenção das pessoas que passavam pelo local e fizeram a denúncia.

No local, além da grande quantidade de bebida alcoólica foi encontrado cachimbo de narguilé, que poderia ter ocasionado um incêndio na região, em decorrência do pasto seco ao lado do curral. Duas menores de idade, de 17 e 11 anos, participavam do evento.

Além do suspeito, foram detidos no evento mais 14 pessoas com idades entre 18 e 30 anos, e que foram conduzidas a Delegacia de Jauru. Os 15 conduzidos poderão responder a procedimento do crime de “Infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa”, previsto no artigo 268 do Código Penal.

De acordo com o delegado responsável pelo flagrante, Maurício Maciel Pereira Junior, o evento era conhecido pelos participantes  como “festa do Curral”, sendo feito propaganda do evento em grupos de WhatsApp e redes sociais, demonstrando que os organizadores não estava preocupados com as sanções das autoridades públicas, uma vez que não era a primeira edição da festa.

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana