conecte-se conosco



Várzea Grande

Polícia prende suspeito de esfaquear vítima por não vender cerveja de sua preferência

Publicado

em

Um crime de tentativa de homicídio foi esclarecido pela Polícia Civil com a prisão do autor do atentado, em ação realizada na terça-feira (21.05). O suspeito Edu Luzi de Souza foi identificado nas investigações 1ª Delegacia de Polícia de Várzea Grande (1ª DP-VG), que iniciou os trabalhos logo após o crime.

Os mandados de prisão temporária e de busca e apreensão domiciliar contra o suspeito foram decretados pela Justiça com base na rápida apuração dos policiais da 1ªDP-VG que conseguiram identificar o suspeito como autor do crime.

O homicídio tentado ocorreu na madrugada de 05 de maio, na região central de Várzea Grande. A vítima comercializa bebidas, momento em que o suspeito se irritou pelo fato de não ter a cerveja de sua preferência, causando grande tumulto no local. Após a confusão ser apaziguada, o suspeito retornou e desferiu um golpe de arma branca (faca) contra a vítima, próximo ao coração.

Assim que foram acionados da tentativa de homicídio, a equipe de investigadores da 1ª DP-VG realizou o atendimento de local de crime, onde foram colhidas as primeiras informações do ocorrido. Em seguida, os policiais seguiram até o Hospital, onde a vítima foi realizada a oitiva da vítima, que reconheceu o suspeito através de fotografia.

Diante das evidências, o delegado Guilherme Berto Nascimento Fachinelli, o delegado representou pelas ordens de prisão temporária e busca e apreensão domiciliar contra o suspeito, as quais foram cumpridas, na terça-feira (21). Na casa do suspeito, os policiais apreenderam a faca, possivelmente utilizada no crime.

De acordo com o delegado, o rápido esclarecimento do crime, com a identificação do suspeito foi possível graças ao pronto atendimento dos policiais civis da 1ª DP-VG no local de crime. “É um trabalho diferenciado, exclusivo da 1ª DP-VG para atendimento de tentativas de homicídio, que garante agilidade das investigações e trazendo mais efetividade na elucidação dos casos”, disse o delegado.

 

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Várzea Grande

Liminar obriga prefeitura de Várzea Grande e Estado a apresentar Planos de Contingência

Publicado

em

O Ministério Público do Estado de Mato Grosso obteve liminar, nesta terça-feira (07), que obriga o Município de Várzea Grande e o Estado a apresentar, no prazo de 15 dias, seus Planos de Contingência atualizados para o cenário da Covid-19 no município. Deverão ainda apresentar o planejamento financeiro e cronograma de implantação de novos leitos de internação clínica e de UTIs, exclusivos para pacientes com a doença.

A liminar estabelece também a obrigação de apresentação de planejamento e cronograma de contratação de médicos e demais profissionais da saúde, em complementação às equipes que já atuam na linha de frente no combate à pandemia. E, ainda, de aquisições de equipamentos, a exemplo de respiradores, medicamentos e de testes de contaminação pelo Novo Coronavírus – se possível em massa – suficientes para atendimento da população.

“Não se trata aqui de criar políticas públicas a serem desempenhadas pelo Executivo, e sim saber se o Estado está cumprindo com a sua obrigação diante do direito subjetivo público, previsto na Constituição Federal, a todos os cidadãos: a saúde”, ressaltou o magistrado José Luiz Leite Lindote.

O juiz destacou ainda ineficiência do aparelho estatal. “O que não se pode é aceitar que mais vidas sejam perdidas ante o atraso e ineficiência do aparelho estatal. Os óbitos estão aumentando diariamente e a tendência é que mais pessoas venham a sucumbir diante da falta de assistência médica adequada, por exemplo, até o dia de ontem (06/07/2020) 857 pessoas já haviam falecido, ou seja, 412 óbitos a mais de pessoas do que foi registrado até a propositura desta ação – Boletim Informativo nº 108, de 24/06/2020”.

Na ação, o MPMT apontou falta de transparência nos dados oficiais e o número reduzido de UTIs no município de Várzea Grande, mesmo após a União ter realizado a destinação de R$ 93 milhões para enfrentamento à Pandemia. “Mesmo assim, até o presente momento, não há, efetivamente, aumento do número de leitos de internação clínica ou de UTI em Várzea Grande, tampouco foi informado a este Órgão quais medidas serão adotadas para incrementar o sistema de saúde no Município”, diz a ação.

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana