conecte-se conosco



Polícia

Polícia Civil prende autor de violência doméstica em Poconé

Publicado

em

Um homem acusado de violência doméstica foi preso pela Polícia Judiciária Civil, na tarde desta segunda-feira (15.10), no município de Poconé (104 km ao Sul). C.C.F., 32, conhecido como “Chaves”, estava com mandado de prisão em aberto por descumprimento de medidas protetivas.

O acusado teve a ordem de prisão preventiva decretada pela Comarca de Poconé, por não cumprir as exigências impostas pela Lei Maria da Penha. A vítima, ex-esposa do suspeito, procurou a Polícia Civil para denunciar o ex companheiro, registrando cinco boletins de ocorrência contra o acusado.

A vítima relatou que decidiu romper o relacionamento por ser constantemente agredida pelo companheiro, que também passou ameaçar de morte, ela e o filho do casal. Com o mandado de prisão preventiva decretado, os policiais civis localizaram o procurado no seu local de trabalho, uma casa comercial no bairro João Godofredo, Poconé.

Conduzido à Delegacia de Polícia, o preso foi ouvido e posteriormente encaminhado para audiência de custódia, ficando à disposição da Justiça.

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Polícia

Policiais fecham comércio de salgados utilizado para o jogo do bicho

Publicado

em

Nesta quinta- feira(26) policiais militares do 1º Batalhão prenderam um homem de 55 anos por exploração e prática ilegal de jogos de azar, em Cuiabá. O suspeito que é comerciante  de salgados utilizava o estabelecimento para  o jogo do bicho. Máquinas de cartão, notas promissórias e mais de R$ 2,6 mil foram apreendidos na ação da PM.

 

Por volta das 11 horas, a equipe de policiais foi acionada via 190 para checar uma denúncia de que um vendedor de salgado estaria utilizando o local para a exploração de jogos de azar(jogo do bicho) no bairro Areão.

 

A PM foi até o local denunciado e na checagem encontrou folhetos com a tabela de jogos, máquina de cartão, caderno de anotações com os jogos  e R$ 2,6 mil em dinheiro. Em depoimento aos policiais, o suspeito confessou o crime e disse que a máquina de cartão apreendida seria da empresa controla o jogo do bicho, por isso o aparelho não possui o nome da marca.

 

O suspeito recebeu voz de prisão e todo o material encontrado foi apreendido pela PM. Os policiais identificaram que no caderno localizado estava estampada a palavra jogo e havia anotações de apostas recentes como uma realizada no último dia 19 no valor R$ 4 e na data de ontem(25.11) no valor de R$ 12.

 

O homem foi conduzido à delegacia. A ocorrência foi entregue à Polícia Judiciária Civil.

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana