conecte-se conosco



Polícia

Polícia Civil e Procon vistoriam preços em farmácias

Publicado

em

Mais uma farmácia da Capital foi alvo de fiscalização da Polícia Civil e Procon, na manhã desta quarta-feira (03.06), na operação de combate a preços abusivos durante a pandemia do coronavírus.

A operação realizada por policiais da Equipe Especial e da Delegacia Especializada de Defesa do Consumidor (Decon) e fiscais do Procon Estdual tinha o intuito de verificar os preços de produtos mais comercializados no período de pandemia como álcool em gel e máscara facial.

No estabelecimento comercial, localizado na Avenida Historiador Rubens de Mendonça, foi solicitado a relação de compra dos produtos e notas fiscais dos materiais, nos últimos 30 dias, e analisados os preços das gôndolas para comparação.

Durante os trabalhos também foram  passadas orientações de que o aumento abusivo de preços pode configurar crime, além de outras condutas considerados criminosas durante esse período.

A ação integrada realizada semanalmente visa fiscalizar e orientar estabelecimentos comerciais sobre o Código de Defesa do Consumidor, além de coibir práticas criminosas, como aumento ou elevação de preço, sem justificativa, de produtos e serviços oferecidos ao cidadão.

Redação

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Polícia

Suspeitos de latrocínio de empresária morrem em confronto com a PM no interior

Publicado

em

No distrito de Brianorte (470 km de Cuiabá), durante operação de buscas em uma área de mata, dois suspeitos, de 18 e 21 anos, um deles apontado como autor do latrocínio da empresária Maria Deusalina Freire Carvalho, ocorrido em São José do Rio Claro (a 313 km de Cuiabá), foram a óbito em confronto com policiais militares.

Antes desse desfecho, os dois suspeitos já haviam entrado em confronto com equipes da PM. Na manhã dessa quinta-feira (02.07), também em Brianorte, reagiram a uma tentativa de abordagem atirando na direção dos policiais do núcleo local da PM e conseguiram fugir, se refugiando em uma área de mata.

No final da tarde do mesmo dia, já com reforço de policiais da Cavalaria e Força Tática de Nova Mutum, Ciopaer e equipe da Rotam, a operação de buscas aos suspeitos prosseguiu e na tarde de hoje culminou com o outro confronto  em uma nova tentativa de abordagem e prisão, dessa vez com policiais da Cavalaria.

Um dos suspeitos, o de 18 anos, é apontado como autor da morte da empresária Maria Deusalina Freire Carvalho (34), crime ocorrido na noite do dia 23 de junho deste ano, na cidade de São José do Rio Claro, na mesma região. Os suspeitos chegam ao local em uma motocicleta e um deles foi até o balcão do comércio, uma casa de espetinho, e atirou em Deusalina enquanto ela o atendia.

De acordo com o comandante da Companhia de Polícia Militar de São José do Rio Claro, tenente-coronel Cristyano Vasconcelos, desde a morte da comerciante a PM vinha fazendo buscas na região com o objetivo de prender os suspeitos.

No sábado (27.06), diz TC Cristyano, o suspeito apontado como autor chegou a ser visto em Brianorte, porém a PM só tomou conhecimento na segunda-feira(29.06), quando montou uma operação de buscas com o objetivo de captura-los. Ele já estava com prisão preventiva decretada pelo latrocínio. A PM ainda não dispõe de informações sobre se há participação ou não do segundo suspeito no latrocínio da empresaria. Com eles foram apreendidas duas armas de fogo, um 38 e um 32.

Por se tratar de morte por intervenção de agentes de segurança, a Corregedoria da PM está sendo informada dessa ocorrência para a atuação policial possa ser apurada, como exige a legislação.

 

Redação

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana