conecte-se conosco



Sem categoria

Polícia Civil de Mato Grosso cumpre 157 mandados de prisão em operação nacional

Publicado

em

A Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso integrou a operação nacional, denominada “Cronos”, que visa o combate aos homicídios e feminicídios (tentados e consumados) em todo o Brasil. A operação é coordenada pelo Ministério  da Segurança Pública (MSP) juntamente com o Conselho Nacional dos Chefes de Polícia Civil (CNCPC), composto pelos 26 estados da federação, mais o Distrito Federal.

Em Mato Grosso, a Polícia Judiciária Civil determinou que unidades que investigam crimes de homicídios (tentados e consumados) priorizem o cumprimento de mandados relativos à morte de mulheres assim como executem prisões de agressores por descumprimento de medidas protetivas da Lei Maria da Penha, com foco  na prevenção do feminicídio.

As delegacias cumpriram 22 mandados de prisão contra autores de crime de homicídio, mas não houve prisão por feminicídio, e prendeu 36 homens que descumpriram medidas protetivas da Lei Maria da Penha. Ainda foram cumpridos 99 mandados de prisão de crimes diversos, totalizando 157 presos em Mato Grosso, na ação das policiais civis do Brasil.

As unidades policiais também informaram a elaboração de 33 medidas protetivas, internação de 12 menores infratores com ordem judicial, além da apreensão de armas de fogo, munições e drogas.

O efetivo empregado foi de 446 policiais, entre delegados, escrivães e investigadores.

Cronos – O nome vem da supressão do “tempo de vida da vítima”, reduzido pela mão algoz do autor do homicídio/feminicídio. É a retirada da possibilidade de transcurso natural da vida das pessoas, ceifadas de seu tempo e da sua vida. Ao mesmo tempo, com a prisão do autor de homicídio e feminicídio é retirado dele o “tempo” da prática de novos delitos.

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Cidades

Famílias terão geladeiras trocadas gratuitamente em Cuiabá e Várzea Grande

Publicado

em

Moradores de seis bairros de Cuiabá e Várzea Grande terão suas geladeiras substituídas gratuitamente por outras novas a partir de hoje. A iniciativa faz parte do projeto Nossa Energia, da Energisa Mato Grosso, em uma ação em parceria com a Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (SETASC).  Serão 450 famílias beneficiadas até janeiro de 2021 dividido em seis etapas. Nesta primeira semana, 75 aparelhos serão entregues no bairro Jardim Glória II, em Várzea Grande. Também receberão o projeto os bairros Jardim Alá e Mapim, em Várzea Grande, e Altos da Serra II, Altos da Glória e Jardim Florianópolis, em Cuiabá.

O projeto tem por objetivo trazer economia de fato no consumo de energia elétrica de clientes da Energisa e consiste em três etapas: visita de equipes das equipes do projeto Nossa Energia às casas de moradores para avaliar as condições das geladeiras em uso. Com base nessa análise, vem a segunda etapa, que é a de ranquear os equipamentos conforme requisitos técnicos pré-estabelecidos e informado aos participantes. A terceira etapa é a da troca. Em cada bairro, as 75 geladeiras que foram indicadas pela análise como as que mais precisam ser tiradas de uso serão substituídas por outras novas gratuitamente.

“ Essa ação trata-se de mais uma etapa do Programa de substituição de geladeiras desenvolvido pela Energisa Mato Grosso com recursos de Eficiência Energética, que visa atender famílias em situação de maior vulnerabilidade para que tenham o valor de suas contas de energia elétrica reduzidas aliviando o orçamento doméstico, ao substituirmos geladeiras antigas por novas mais eficientes. Com o programa, desenvolvido em parceria com o Governo do Estado, beneficiamos essas pessoas e contribuímos para uma melhor condição social das mesmas”, conta o diretor-presidente da Energia Mato Grosso, Riberto José Barbanera.

Todos os bairros e famílias que participam desta ação foram indicadas pela SETASC.  “Essa parceria com a Energisa foi um pedido que fiz ao governador e ao Riberto, pois  sei o quanto representa na vida das famílias mais carentes, que muitas vezes não têm condições financeiras para adquirir ou trocar sua geladeira por um eletrodoméstico mais econômico e essa troca vai ajudar inclusive na conta de energia. Agradeço a parceria e que possamos atuar cada vez mais juntos em prol dos que precisam das ações sociais do nosso Governo”, comenta a primeira-dama do Estado de Mato Grosso, Virginia Mendes.

A ação integra o projeto Nossa Energia, da Energisa Mato Grosso, que é realizado por meio do programa de Eficiência Energética, em parceria com a ANEEL.

Visitas seguras
Todos as equipes do projeto receberam orientações para tomarem todas as medidas de segurança ao entrar no imóvel para avaliar a geladeira. Os colaboradores que visitarão as famílias estarão com o crachá da empresa Avante Energia e Serviços Eireli, que é parceira da Energisa no projeto e estará com o uniforme do Nossa Energia.

Lâmpadas mais econômicas
Além de poderem participar da avaliação para a troca de geladeiras, todos as famílias que receberem a visita das equipes do projeto que tiverem interesse também poderão trocar lâmpadas fluorescentes e incandescentes por outras mais econômicas. Para isso, as lâmpadas antigas não podem estar danificadas e precisam já ter sido retirada dos receptáculos (conhecido mais popularmente por bocal). Há o limite de seis lâmpadas por família.

Descarte ecologicamente correto
Todos os equipamentos que a Energisa retirará das casas, assim como as lâmpadas, serão levados para um local de armazenamento para depois ter o descarte feito de forma ecologicamente correta, conforme as leis ambientais.
Veja o cronograma:

 

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana