conecte-se conosco



Polícia

Polícia Civil cumpre prisão de último alvo da operação Hydrus

Publicado

em

Mais um alvo da operação Hydrus, deflagrada pela Polícia Judiciária Civil de Guarantã do Norte (715 km ao Norte de Cuiabá), teve o mandado de prisão cumprido, na segunda-feira (21.01), sendo 36º preso em decorrência do trabalho investigativo.

O inquérito policial foi concluído no dia 1º de janeiro, porém ainda restavam dois foragidos, um deles, preso na semana passada, no município de Castelo do Sonho, estado do Pará. O último alvo foi localizado na segunda-feira (20), em Guarantã do Norte.

A operação foi deflagrada em novembro de 2019 com objetivo de combater um grupo criminoso, envolvida em crimes de tráfico de drogas, organização criminosa, lavagem de dinheiro e corrupção de menores.

As investigações da Hydrus se basearam em informações obtidas a partir de outra operação, a ‘Mercúrio’, realizada também em 2019. Ambas investigam organização criminosa que tentava se instalar no município.

Foram oito meses de investigações conduzidas pela Delegacia Municipal de Guarantã do Norte, com apoio do Núcleo de Inteligência da Delegacia Regional. Durante a operação, foram apreendidas cinco armas de fogo, sendo três pistolas, uma carabina e um revólver; um simulacro de arma de fogo, entorpecentes, munições e R$ 40 mil.

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Polícia

PM apreende 897 quilos de pescado ilegal; parte em área de reserva indígena

Publicado

em

Policiais do Batalhão de Polícia Militar de Proteção Ambiental prenderam uma pessoa e apreenderam 897 quilos de pescado ilegal. Foram duas ações distintas na noite de sexta-feira (14.02), nas MTs 246 e 343, nos municípios de Barra do Bugres e Porto Estrela.

Dezenas de peixes de espécies nobres, principalmente o pintado, estavam sem as cabeças, uma das características da pesca predatória. Além da apreensão do pescado e de dois veículos usados no transporte, os policiais também aplicaram R$ 18 mil em multas por pesca e transporte ilegal.

Uma das apreensões, de 685 quilos, feita em Porto Estrela, na MT-343, ocorreu no trevo de acesso à aldeia indígena Humutina, que é cortada pelo Rio Bugres, um dos mais piscosos do Estado.

O motorista de um dos veículos que transportava peixe conseguiu fugir por uma área de mata fechada no momento em que os policiais faziam a revista e checagem do carro.

Essa é a segunda grande apreensão de pescado irregular na região esta semana.

Na quinta-feira (13.02), em Barra do Bugres, policiais do Batalhão Ambiental prenderam um homem que transportava 155 quilos de peixe da espécie cachara.

Em ambos os casos os peixes apreendidos foram doados para instituições filantrópicas como as associações de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Barra do Bugres e Porto Estrela, ‘SOS’ Criança de Barra do Bugres e Faculdade Indígena da Unemat.

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana