conecte-se conosco



Polícia

Polícia Civil apreende 700 quilos de maconha e skunk que seriam comercializados em Cuiabá

Publicado

em

Assessoria | PJC-MT

Cerca de 700 quilos de entorpecentes, entre maconha e skunk (forma potencializada da droga, conhecida como supermaconha), foram apreendidos pela Delegacia de Repressão a Entorpecente (DRE), da Polícia Judiciária Civil, com apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF), no início da tarde desta terça-feira (24.07). 

O carregamento de 552 tabletes de maconha e 55 pacotes de skunk, avaliado em aproximadamente R$ 1 milhão, vinha do Estado de Mato Grosso do Sul, transportado em um veículo Fiat Linea.

veículo carregado com entorpecente foi interceptado pelas equipes policiais, na Rodovia BR 163, entrada da cidade de Cuiabá, próximo ao Pedágio Rota do Oeste. Durante a ação, o motorista abandonou o veículo e entrou na mata, em uma região de chácaras, conseguindo escapar do cerco policial.

A apreensão é considerada a maior da droga conhecida como “skunk” realizada pela Polícia Civil em Mato Grosso, e tinha como destino o abastecimento das “bocas de fumo”, na região metropolitana. O skunk é uma erva, tipo maconha, porém mais potente e destrutiva.

De acordo com o delegado Marcelo Miranda Muniz, a ação é resultado do fortalecimento das investigações, na região metropolitana. “O trabalho da DRE tem sido realizado especialmente em duas frentes, no combate ao tráfico doméstico (com a desarticulação das bocas de fumo) e também na identificação de grandes fornecedores”, destacou Marcelo Miranda Muniz.

O delegado titular da DRE, Vitor Hugo Bruzulato Teixeira, destaca a repercussão social da repressão ao tráfico de drogas. O tráfico de drogas é um crime que alimenta os demais, com destaque para os delitos patrimoniais e os contra a pessoa, como homicídios.

Em razão dessa potencialidade lesiva à sociedade é tão necessário e urgente realizar um combate técnico, firme e comprometido contra essa ação criminosa. Para este segundo semestre, serão intensificadas as ações de repressão ao tráfico de drogas, bem como a identificação e prisão dos responsáveis por abastecer pontos de drogas, especialmente com maconha, skunk e pasta base de cocaína”, complementou Vitor Hugo Bruzulato Teixeira.

As diligências continuam com objetivo de identificar e prender os responsáveis pelo carregamento apreendido.

Denúncia – A Polícia Civil disponibiliza um canal direto para denúncias referentes a tráfico de drogas. Pelo telefone (65) 999989-0071 e e-mail [email protected]gov.br é possível repassar informações à DRE que possam auxiliar os trabalhos de investigação. O sigilo é absoluto.

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Cidades

Força Tática apreende arma e prende suspeito de participar de homicídio

Publicado

em

Imagem ilustrativa

Em Sorriso, policiais da Força Tática prenderam um homem de 22 anos por participação no homicídio do adolescente de 16 anos identificado por Gean Alves da Rocha, assassinado a tiros, na noite de terça- feira (01.12), no bairro Mário Raiter. A arma de fogo foi apreendida com o suspeito. O suposto autor do disparo contra a vítima já foi identificado e segue  foragido.

 

Por volta das 18h30, a Polícia Militar foi acionada via 190 para checar uma ocorrência em que uma pessoa estaria ferida e  caída no chão ensanguentada na Rua 16 de outubro. Os policiais foram até o local e identificaram o corpo do jovem  já sem vida.

Populares informaram à polícia o nome do autor do disparo contra a vítima, eles relataram que os dois suspeitos se aproximaram da vítima e atiraram umas cinco vezes contra o jovem e em seguida fugiram em uma motocicleta barulhenta.

 

A PM localizou o endereço do suspeito apontado pelas testemunhas no bairro Nova Aliança II. De imediato, a equipe de Força Tática deu sequência à  diligência e foi informada pela mãe do suspeito que ele poderia estar na casa da avó no bairro Novo Horizonte.

 

Os militares foram até a casa da avó  do suspeito e ao se aproximar se deparou com o homem que ao perceber a polícia correu para dentro da casa e se escondeu em um quarto. A PM conseguiu entrar na residência e localizou no quarto, a arma de fogo desmuniciada.

 

A familiar tanto do suspeito que fugiu quanto do homem apontado como autor do homicídio disse que o neto esteve em sua residência, lavou o rosto e saiu sem dizer o que teria acontecido e para onde iria.

 

O homem que tentou fugir da PM foi preso e conduzido à delegacia. A ocorrência foi entregue à Polícia Judiciária Civil.

Serviço

 

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque – denúncia 0800.65.39.39. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes.

 

Greyce Lima | Secom-MT

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana