conecte-se conosco



Polícia

PM prende três suspeitos por manter duas pessoas em cárcere privado, roubo de quatro caminhonetes e uma moto

Publicado

em

Uma operação que reuniu policiais da Agência Regional de Inteligência, 6º Batalhão e Companhia de Força Tática da Polícia Militar de Cáceres e teve apoio do Gefron levou à captura de três suspeitos do roubo de quatro caminhonetes, uma motocicleta, e de fazer duas pessoas reféns.

A captura ocorreu nesta quarta-feira (25.03), na região de Cáceres. A primeira prisão, de um homem de 26 anos, ocorreu por volta das 11h, no distrito de Vila Aparecida. No início da tarde, após confronto com policiais mais dois foram presos, um deles depois de ser ferido a bala. Esses dois últimos estavam no mesmo distrito, tentando se esconder em uma área alagada de um sítio.

Essa é a área do sítio, um dos locais de esconderijo dos suspeitos do roubo de carros presos pela PM(Foto: PMMT)

Com os suspeitos foram apreendidos um revólver e uma pistola, dinheiro e celulares. Conforme levantamento feito pela PM de Cáceres, os três têm passagens criminais, um por tráfico e dois por porte ilegal de arma de fogo. O homem ferido a bala tem 31 e está internado no hospital de Cáceres.

Desde a tarde de terça-feira (24), após libertar o primeiro refém, o motociclista, e recuperar as primeiras três caminhonetes que estavam sendo levadas para a Bolívia (Fiat Strada, Hilux, S10 ), os policiais estavam em ação contínua.

Os suspeitos haviam entrado em confronto duas vezes ontem e conseguido fugir. Durante a fuga os criminosos ainda fizeram uma sitiante refém e roubaram outra caminhonete, uma F200. A mulher foi libertada pela PM e a caminhonete recuperada. O primeiro refém libertado eram o motociclista que estava sendo obrigando a ajudar levar os carros até fronteira. Ele estava amarado dentro da caminhonete Fiat Strada.

PMMT

As quadtro caminhonetes roubadas recuperadas, três delas estariam sendo levadas para a Bolívia(Foto: PMMT) 

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Polícia

Polícia Civil prende dois empresários por suspeita de uso de documento falso

Publicado

em

Duas pessoas foram presas pela equipe da Polícia Civil de Água Boa (730 km ao Leste) na tarde de quinta-feira (03.04) por suspeita de uso de documento falso. Os suspeitos são proprietários de uma empresa de consórcio na cidade e eram investigados pela Polícia Civil há algum tempo pela prática de crimes de estelionato e falsificação de documentos.

Segundo o delegado, Gutemberg de Lucena Almeida, no decorrer do inquérito foram apuradas diversas fraudes cometidas pelos suspeitos, sendo identificadas e ouvidas aproximadamente 20 vítimas que tiveram prejuízos financeiros pela atuação da empresa.

A situação de flagrante aconteceu quando os responsáveis pela empresa, através do contador, apresentaram a uma cliente um decore falsificado declarando renda superior à realmente auferida pela cliente. “Como essa pessoa já havia sido lesada pela empresa com prejuízo de aproximadamente R$ 14 mil, procurou a Polícia Civil e apresentou o documento falsificado”, disse o delegado.

Uma adolescente que trabalha como vendedora de consórcio na empresa também foi conduzida e liberada após ser ouvida. As investigações seguem para apurar outras fraudes e condutas relacionadas aos suspeitos.

O flagrante foi comunicado ao juízo da Comarca de Água Boa e os presos encaminhados à Penitenciária local onde aguardam decisão judicial.

 

Redação

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana