conecte-se conosco



Polícia

PM prende homem que manteve adolescente de 16 anos em cárcere privado durante 3 meses

Publicado

em

Policiais militares de Juscimeira (157 km de Cuiabá) prenderam J.P.L. (55 anos) na madrugada desta segunda-feira (02.12), suspeito de sequestrar e manter em cárcere privado uma adolescente de 16 anos. A jovem estava desaparecida desde o mês de agosto.

A Polícia Militar foi acionada por uma testemunha, que relatou ter visto a jovem em uma casa, no Distrito de São Lourenço. Os policiais foram ao local indicado e encontraram o suspeito, que confessou ter sequestrado a jovem no dia 30 de agosto, porém, a garota tinha fugido pouco antes da chegada dos militares.

Ainda de acordo com o relato do homem, a jovem foi forçada por ele a ingerir bebidas alcoólicas, durante o período em que esteve em cárcere. Ele ainda contou que sabia que a família da adolescente a procurava.

Ao fazer a vistoria na casa do homem, os policiais encontraram roupas da adolescente, tinta de cabelo, três cartas escritas pela jovem, dinheiro, folhas de cheque e quatro aparelhos celulares, além de uma fita crepe larga e uma espingarda de calibre 22, sem numeração.

A menina foi acolhida pela tia e conselheiros tutelares e o suspeito foi levado para a delegacia para as devidas providências.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Polícia

Monitorado enterra dispositivo e apresenta nome do irmão durante abordagem

Publicado

em

Policiais militares do Grupo de Apoio do 4º Batalhão encaminharam à delegacia na madrugada desta quinta-feira (28.05), um homem por dano e falsidade ideológica, no bairro Ouro Verde, em Várzea Grande.

De acordo com o boletim de ocorrência, os agentes estavam em ronda quando o suspeito correu ao ver a viatura. Devido à atitude ele foi abordado e apresentou o nome do irmão, porém, acabou desmentido pr ele, que chegou no local e contou que o suspeito era monitorado por tornozeleira eletrônica, desligada há dois dias.

Questionado sobre o dispositivo, o suspeito disse que tinha enterrado junto com a bateria e apontou o local.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana