conecte-se conosco



Cuiabá

Pesquisa feita com a população cuiabana mostra que 56,3% das famílias tiveram sua renda reduzida por conta da COVID-19

Publicado

em

Com o objetivo de entender os impactos da Pandemia no atual cenário econômico com a população na cidade de Cuiabá-MT, a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL Cuiabá), através de seu núcleo de inteligência de mercado, realizou uma análise estruturada por Blocos de Temas relacionados ao Comportamento dos respondentes do presente estudo.

 

A primeira etapa da pesquisa foi para identificar a relação do entrevistado com a COVID-19. O perfil dessas pessoas ficou dividido, sendo 50% feminino e 50% masculino, assim como a idade de cada um deles, 25% geração dos Baby Boomers (acima de 56 anos), 22,5%, geração X (de 41 a 55 anos), 27,5% Geração Y (26 a 40 anos), 25% Geração Z (de 18 a 25 anos).

 

Com relação a profissão, 43% dos que responderam as perguntas eram funcionários de empresas privadas, 19% prestador de serviço, autônomo e profissional liberal, 12,7% funcionário público, 8,9% aposentado, 5% estudante e 11,4% se enquadravam em outras categorias.

 

Para o superintendente da CDL Cuiabá, Fábio Granja, “a intenção da entidade nesta edição da pesquisa é sentir e entender alguns aspectos do comportamento da população local neste período de Pandemia. Os receios, medo e dificuldades que têm passado, além de sugestões que possam viabilizar ações e ferramentas de aprimoramento para retomada e manutenção das atividades econômicas”.

 

MEDIDAS DE PREVENÇÃO

Em relação ao uso de equipamentos de proteção individual, 96,5 % dos entrevistados responderam estar usando máscara diariamente ao sair de casa e 95% dizem usar álcool em gel 70.

 

Já sobre o distanciamento social, 85% disse ter mantido distância dos familiares/amigos que moram em outras residências. Desse resultado, a maioria dos entrevistados são da geração – baby boomers (acima de 56 anos) e da geração X (de 55 anos a 41 anos) 83,3%.

 

Outra medida de prevenção abordada na pesquisa, foi se os entrevistados tem usado diariamente o transporte público para sair de casa (trabalho ou outro motivo). 63,7% disseram que estão evitando utilizar.

 

VISÃO X CONHECIMENTO

No total, 91,2 % discordam ter parentes, conhecidos e ou amigos que contrariam a COVID (último mês), 60,3% discordam com a afirmativa do medo ter aumentado ao sair de casa e 50,8% dos entrevistados disseram conhecer pessoas (próximas) que perderam o emprego.

 

“É importante monitorarmos esses dados de forma constante, pois trata-se de um momento de incertezas e insegurança que pode alterar o comportamento da população de acordo com a evolução positiva ou negativa do período. Evolução da cura ou propagação da doença, além da estabilidade ou instabilidade econômica do país. Estamos trabalhando e torcendo muito para que esses aspectos evoluam positivamente e que à normalidade possa ser logo restabelecida”, declarou o superintendente.

 

TRABALHO X RENDA

Sobre se concorda que esteja frequentando normalmente seu local de trabalho, 56,2% dos entrevistados responderam que sim. Enquanto que 56,3% dos entrevistados concordaram com a afirmativa que a renda familiar reduziu.

 

Dentre os colaboradores da iniciativa privada, 44,2% relataram que a família perdeu renda, já entre os prestadores de serviço, autônomos e profissionais liberais o percentual atingido ficou em 60%, já entre os aposentados o percentual atingiu 71,5%.

 

“A crise é nítida e já sentida pela população, a perda de renda atinge a todas as classes. É uma luta diária pela manutenção e geração de renda. Sem renda a economia não gira, por isso existe um papel importante de conscientização junto a população quanto as medidas de biossegurança para que não seja aumentado os casos de Covid-19 e de outro lado o papel de entes públicos e privados que possam de fato gerar ações e mecanismos que cheguem a quem precisa, dentre estes destaco o crédito facilitado”, avalia Granja

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Cuiabá

Traficantes fogem da PM em Cuiabá ; Um se escondeu em galeria de esgoto

Publicado

em

Quatro pessoas não identificadas, sendo três homens e uma mulher, foram presos no final da tarde deste sábado (23), após serem denunciados por tráficos de drogas.

Um deles tentou fugir da abordagem policial escondendo em uma galeria de esgoto.

Segundo a ocorrência policial, três dos quatro presos têm passagem por tráfico de drogas. Um tem registro por direção perigosa.

Ao perceber os militares, três suspeitos correram.

O suspeito T.N. fugiu pelo córrego jogando produtos. Porém, ele foi pego e, em abordagem pessoal, foram encontradas 4 porções de substância análoga a maconha.

 

Em varredura pelo local, os policiais conseguiram recuperar mais 71 porções de substância análoga a maconha, que tinha sido arremessada por T.N.

Em seguida, eles foram até a casa do suspeito, onde a esposa A.G. foi localizada e presa.

 

A PM também localizou um celular e, quando indagou T.N., ele pegou o aparelho e começou a quebrá-lo.

A esposa também fez o mesmo com seu telefone.

Em seguida, o casal e os outros dois suspeitos foram levados para Central de Flagrantes.

 

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana