conecte-se conosco



Eventos

Pescuma e Henrique animam plantio de mudas no Parque das Águas

Publicado

em

Os cuiabanos estão tão engajados com a rearborização da Cidade Verde que fizeram fila no Parque das Águas para receber mudas de diversas espécies nativas, durante a ação do projeto Verde Novo que distribuiu 700 mudas na tarde desta sexta-feira (18 de janeiro).

Os músicos Pescuma e Henrique animaram a ação e colocaram a mão na terra, plantando suas próprias árvores no Parque das Águas. “Cuiabá precisa não só ter o título, precisa ser a Cidade Verde que já foi. Falta plantar árvores mesmo, a árvore dá sombra, fruto, vida, purifica o ar e Cuiabá merece. O Verde Novo é um projeto espetacular que está de parabéns”, afirmou Pescuma.

“Vemos muita participação popular. Fila de gente para pegar árvore para plantar é gratificante para Cuiabá, porque Cuiabá tem o título e vai continuar sendo a cidade verde brasileira”, complementou Henrique.

A agricultora Maria dos Santos chegou cedo e ficou esperando na fila para pegar seus pés de ipê branco e goiaba, que serão plantados no quintal da casa dela, no Residencial Jamil Boutos Nadaf.

“Acho muito bom porque ultimamente o pessoal só pensa em tirar as árvores e com essa iniciativa, os demais podem ver que a gente tem que plantar. O título de Cuiabá Cidade Verde foi acabado com tantas árvores que tiraram, então nós temos que reflorestar”, defendeu.

O casal Maria Eunice e Marivaldo Barbosa fizeram questão de comparecer no Parque das Águas para pegar mudas de romã e arborizar ainda mais o quintal da família. “Sempre pegamos mudas e plantamos em casa para usar futuramente, com fins medicinais. É muito importante para termos produtos sem agrotóxicos e mais naturais em casa. Também traz frescor para casa e alivia o calor”, elencam como benefícios.

O grupo “Desbravadores de Mato Grosso”, que possui mais de 10 mil membros no Estado, será um dos parceiros do projeto e o coordenador-geral, Paulo de Tarso, também plantou uma muda no Parque das Águas nesta tarde. “O projeto é muito lindo, estou achando fantástico. Contribui muito para a sociedade na parte de reflorestamento, revitalização e preservação. O Poder Judiciário tem o papel de contribuir para a sociedade e esse é um papel fundamental de preservar a natureza, que é tudo, precisamos a todo instante”, pontua.

Juvam – O Juizado Volante Ambiental (Juvam) é o principal ator no cenário de rearborização de Cuiabá pelo projeto Verde Novo. O assessor do juizado, Sérgio Savioli Resende, disse que “é uma ação importante que traz benefício para toda a população. O Poder Judiciário mostra que tem sido proativo. Nossa meta é distribuir mais mudas em novas ações”.

Acompanhe as redes sociais do TJMT para ficar sabendo das próximas ações de distribuição de mudas do projeto Verde Novo.

Mylena Petrucelli

Coordenadoria de Comunicação do TJMT

Eventos

População aprova instalação de Escola Militar Tiradentes em Várzea Grande

Publicado

em

Em audiência pública realizada na noite desta quinta-feira (21.01) pais, alunos, comunitárias e moradores aprovaram a transformação da Escola Estadual Nadir de Oliveira, localizada no Bairro Jardim Glória, em Várzea Grande, em Escola Estadual Militar Tiradentes.

Reunidos na quadra esportiva da unidade escolar por mais de três horas, a comunidade conheceu e debateu sobre o modelo de ensino, regulamento, resultados, entre outros detalhamentos do ensino militar, um modelo que já é aplicado em outras sete cidades mato-grossenses. Também foi apresentado e detalhado o ensino e as atividades atuais desenvolvidas na Escola Nadir de Oliveira.

A população compareceu, se cadastrou para votar e teve direito a voz. Dois representantes de cada segmento, professores, pais, alunos, comunidade, lideranças, entre outros tiveram espaço para se posicionarem contra e a favor. Ao final ocorreu votação que aprovou a mudança.

Essa será a primeira escola militar de Várzea Grande e a segunda da região metropolitana. Em Cuiabá está instalada a mais antiga unidade de ensino público militar. A Escola Tiradentes cuiabana existe há 35 anos e atualmente tem cerca de 1.200 alunos matriculados.

O coordenador de ensino na Diretoria de Ensino, Instrução e Pesquisa (Deip) da Polícia Militar, tenente-coronel André William Dorileo, que fez a apresentação da escola militar, explicou que na nova escola será ofertado ensino a partir do 5º ano do ensino fundamental até o 3º ano do ensino médio.

Dorileo também disse que, assim como as demais unidades militares, essa será uma escola pública da rede estadual de acesso gratuito e administração em parceria com a Secretaria Estadual de Educação. O tenente-coronel Dorileo também assegurou que os alunos que estão matriculados na escola terão garantia de vaga, exceto os que recusarem o ensino militar.

Também presente na audiência pública, o diretor da Deip-PMMT, coronel André Avelino Neto, avaliou a aprovação como uma grande vitória e oportunidade para comunidade várzea-grandense.

A partir de agora, informou Cel Neto, a Polícia Militar, por meio de sua Diretoria de Ensino e em parceria com a Seduc, dará início ao processo de transição para o ensino militar.

Atualmente, o Estado conta com sete unidades de Escolas Tiradentes que atendem cerca de 3.500 estudantes. Estão sediadas nas cidades de Cuiabá, Confresa, Rondonópolis, Juara, Lucas do Rio Verde, Nova Mutum e Sorriso.

As escolas militares mato-grossenses são destaque nos exames do Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica). As notas referentes a 2019, apresentadas em 2020, superam a média da rede estadual.

Os alunos da Escola Tiradentes Cabo PM Israel Wesley Prado de Almeida, da cidade de Juara e a Escola Tiradentes Soldado PM Adriano Moraes Ramos, em Lucas do Rio Verde conquistaram as notas mais altas (7,1) das séries finais do ensino fundamental na avaliação do Ideb. Em Cuiabá, a Escola Tiradentes obteve o índice do Ideb de 6,4, o maior das escolas estaduais da baixada cuiabana.

 

 

Da Redação

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana