conecte-se conosco



Cultura

Palestra “Teatro Digital” com Rodolfo García acontece neste sábado

Publicado

em

A MT Escola de Teatro promove neste sábado (17) a Palestra “Teatro Digital”.  O tema será ministrado pelo renomado  dramaturgo e diretor Rodolfo García Várquez. O evento acontece das 15h às 16h30, pelo canal da  Escola, na plataforma online Youtube, no endereço MT Escola de Teatro.

Os conceitos de teatro ciborgue, de telepresença, de digital e os desafios do fazer teatro em tempos de pandemia são alguns dos temas a serem abordados na palestra.

Durante o evento, García Várquez, que também é coordenador pedagógico da MT Escola de Teatro, ainda explanará sobre o tema a partir da sua experiência no online, com a Companhia Os Satyros,  na produção de espetáculos como: A arte de encarar o medo, Todos os Sonhos do Mundo e Novos Normais, onde foram aplicados os conceitos abordados.

Biografia: Paulistano, Rodolfo García Vázquez é um dos fundadores de Os Satyros, um dos principais grupos brasileiros de teatro experimental. Recebeu o prêmio Shell de melhor diretor em 2005 por A Vida na Praça Roosevelt. Dentre seus principais trabalhos, destacam-se “A Filosofia na Alcova”, “De Profundis”, “Sappho de Lesbos”, “Transex”, “Os 120 Dias de Sodoma” e “Inocência”. Hoje, é um dos artistas mais atuantes no cenário cultural do país e vem se destacando como um “especialista em se reinventar”, reforçou isso neste período de pandemia.

 

Sobre a MT Escola de Teatro

A MT Escola de Teatro é uma iniciativa da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT), em parceria com a Associação Cultural Cena Onze, a Associação dos Artistas Amigos da Praça e Universidade do Estado de Mato Grosso (UNEMAT).

 

Serviço

O que: Palestra de “Teatro Digital”

Data: Sábado (17)

Horário: 15h às 16h30

Local: Canal da  Escola no Youtube, no endereço MT Escola de Teatro, https://www.youtube.com/channel/UCvIpKwib5Rh01iAclUE6RVA

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Cultura

Polícia faz busca por músicas inéditas de Renato Russo no Rio

Publicado

em

A Polícia Civil cumpre hoje (26) mandado de busca e apreensão em um estúdio do Rio de Janeiro, para procurar músicas inéditas do cantor e compositor Renato Russo. A busca foi provocada por uma denúncia do filho do artista, que acusa o estúdio de ocultar músicas que teriam sido gravadas por seu pai, em seus últimos anos de vida.

Giuliano Manfredini, filho de Renato, é o detentor dos direitos autorais da obra do pai, músico que fez sucesso nos anos 80 como vocalista da banda Legião Urbana.,a década de 90, gravou dois discos solo: The Stonewal Celebration Concert (1994) e Equilíbrio Distante (1995). Ele morreu em 1996, mas deixou algumas músicas gravadas, que foram aproveitadas pela gravadora para lançar o álbum póstumo O Último Solo, em 1997.

Em 2000, foi lançada uma coletânea com sua obra solo e mais duas músicas inéditas: as regravações de A Carta, de Erasmo Carlos, e A Cruz e a Espada, de Paulo Ricardo.

Segundo a Polícia Civil, o filho acredita, no entanto, que o pai teria gravado ainda mais músicas. A Delegacia de Repressão aos Crimes contra a Propriedade Imaterial então abriu uma investigação para descobrir se o proprietário do estúdio de gravação usado por Renato Russo estaria ocultando essas canções inéditas.

 

Por Agência Brasil

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana