conecte-se conosco



Cuiabá

Ordem Pública realiza ação de fiscalização no primeiro dia de funcionamento de shoppings da capital

Publicado

em

Agentes da Secretaria de Ordem Pública estiveram na manhã desta quarta-feira (03), acompanhando a abertura do Shopping Estação e Popular no primeiro dia de retomada gradativa de suas atividades.

“Nossa equipe está sempre vigilante com objetivo de garantir que as medidas do decreto assinado pelo prefeito Emanuel Pinheiro sejam cumpridas. É importante que a população e os empresários colaborem, para que tenhamos uma retomada gradativa das atividades comerciais segura e saudável”, comentou o secretário de Ordem Pública, Leovaldo Sales.

A equipe esteve presente no momento de abertura das duas unidades, afim de verificar as medidas de segurança tomadas pelas administrações dos estabelecimentos. A adequação dos locais para o recebimento do público é indispensável para a retomada gradativa das atividades e foi assegurada em Termo de Compromisso, assinado entre a Prefeitura de Cuiabá e a categoria, como parte do planejamento iniciado no dia 27 de abril de 2020.

De acordo com o superintendente do Shopping Estação Cuiabá, Anderson Rondon, o espaço passou por desinfecção, como consta no decreto, para que os clientes se sintam seguros e confortáveis ao frequentar o shopping e para que possam aproveitar a experiência. “Implantamos novas rotinas de cuidado, seguindo rigorosamente as normas do decreto municipal nº 7.929/2020 e contamos com a compreensão da população para esse momento de adaptação. Tudo foi preparado com muito carinho e cuidado”.

Nesta primeira vistoria ainda foram encontradas inadequações nas duas unidades, como falta de demarcação de espaçamento em filas, assentos em corredores, excesso de mesas em praça de alimentação e falta de mural informativo em elevadores. Foram feitas notificações pra que as administrações providenciassem a adequação em até 24h.

A Secretaria de Ordem Pública informa que vai acompanhar o funcionamento dos shoppings centers e Popular em Cuiabá, realizando ações de fiscalização de rotina para garantir a segurança e saúde da população e que, caso constatado descumprimento de medidas estipuladas em decreto, tomara as medidas punitivas cabíveis.

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Cuiabá

Pinheiro suspende rodízio de veículos, atendimento por CPF, e apresenta na segunda-feira (6) projeto de barreiras sanitárias

Publicado

em

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, decidiu nesta sexta-feira (3) que suspenderá, neste primeiro momento, as medidas de rodízio no tráfego de veículos e limitação, por CPF, nos atendimentos presenciais realizados por bancos, lotéricas, supermercados e distribuidoras de bebidas. As normas constam no decreto nº 7.975, que foi assinado pelo chefe do Executivo nesta quinta-feira (2), e passariam a valer a partir de segunda-feira (6).

Além disso, Pinheiro definiu que, na próxima segunda-feira, irá apresentar o projeto para a instalação de barreiras sanitárias na Capital. A medida cumpre com a decisão judicial imposta pelo juiz José Luiz Leite Lindote, da Vara da Fazenda Pública de Várzea Grande, em atendimento ao requerimento do Ministério Público do Estado (MPE).

As duas medidas suspensas serão discutidas com os segmentos da sociedade civil organizada e avaliada nas deliberações do Comitê de Enfrentamento ao Novo Coronavírus. O prefeito reconhece que, por ser ações que resultam em grandes impactos na rotina da população, é necessário que elas sejam melhores debatidas para que, se necessário a implantação, isso aconteça da forma mais tranquila possível.

“Entendo a reação e sei que não é fácil mudar os nosso hábitos, mas está na hora de cada um de nós refletir sobre nosso papel nessa luta. Só vamos vencer essa guerra, se cada um fizer sua parte, caso contrário não adianta só exigir do poder público e não agir com responsabilidade, querer viver como se estivesse tudo normal. Não há decreto no mundo que dê jeito, se não tiver o apoio da população. Cada um fazer a sua parte, exige sacrifícios temporários, como nestes casos que eram apenas de 15 a 17 dias”, comenta o prefeito.

Seguem valendo, até o dia 20 de julho, a ampliação do toque de recolher, das 20h às 5h; regime de trabalho no sistema home office para servidores municipais; proibição da utilização de refeitórios e restaurantes nos hotéis e hospedarias; suspensão do funcionamento de motéis; suspensão das as atividades presenciais nas unidades de ensino públicas e privadas; transporte coletivo com funcionamento total da frota.

Além disso, seguindo a decisão judicial, continua vedada a abertura ao público dos shoppings centers e congêneres, permitida tão somente o funcionamento das atividades essenciais mediante sistema delivery. Também está permitida a comercialização de produtos oriundos das atividades essenciais pelo sistema de entrega e retirada de produtos (delivery e passe e pegue), desde seguida todas as medidas de biossegurança.

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana