conecte-se conosco



Variedades

Obras do Centro Obstétrico do HBSH estão em fase de conclusão; Inauguração está prevista para a próxima semana

Publicado

em

Assessoria de Imprensa

ComunicArte/HBSH

As obras que estão transformando o “Centro Obstétrico Dr. Hilton Corrêa da Costa” do Hospital Beneficente Santa Helena (HBSH) em um novo ambiente, totalmente reformulado e renovado, estão em fase de conclusão.

De acordo com o presidente do HBSH, dr Marcelo Sandrin, as obras estão seguindo todos os procedimentos preconizados pelas diretrizes do Ministério da Saúde, que estabelece padrões para o funcionamento dos Serviços de Atenção Obstétrica e Neonatal fundamentados na qualificação, na humanização da atenção e gestão, e na redução e controle de riscos aos usuários e meio ambiente.

“A paciente terá toda assistência no mesmo ambiente, com total privacidade e conforto necessários para este momento tão importante de sua vida”, garante Sandrin.

O local contará ainda com salas especiais e estrutura para atendimento ao recém-nascido. “Nossa intenção é garantir total segurança para mamães e bebês, tudo isso dentro de modernas e otimizadas práticas de assistência ao nascimento”, afirmou o presidente.

A reinauguração do local está prevista para o dia 13 de agosto, às 10 horas da manhã. “Nós gostaríamos de fazer desde já, um agradecimento especial à direção do Pró Vida, nosso grande parceiro, que muito contribuiu para a realização desta obra. A todos o nosso muito obrigado em nome de toda a equipe do Santa Helena e das pacientes que serão atendidas nesse local”, finalizou Sandrin.

Fonte: Assessoria

Clique para comentar
0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Variedades

Projeto proíbe venda de veículo leve movido a gasolina e diesel a partir de 2030

Publicado

em

O Projeto de Lei 5332/20, do deputado Paulo Teixeira (PT-SP), proíbe a venda em todo o território nacional de veículos leves novos movidos a gasolina e óleo diesel a partir de 1º de janeiro de 2030.

Segundo resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), são considerados veículos leves: ciclomotor, motoneta, motocicleta, triciclo, quadriciclo, automóvel, utilitário e caminhonete, com peso bruto total inferior ou igual a 3,5 toneladas.

O parlamentar argumenta que a necessidade de combater as mudanças climáticas vem ganhando cada vez mais importância na definição de políticas públicas em todo o mundo e ressalta que o Brasil não pode se abster da discussão.

“O mais recente exemplo é o Reino Unido, que resolveu proibir a venda de carros e vans equipados com motores a gasolina e diesel a partir de 2030, que anteriormente estava prevista para 2040.” Teixeira afirma ainda que iniciativas semelhantes já foram adotadas em outros países, como Noruega e França.

A proibição, segundo o deputado, sinaliza para a indústria automobilística as restrições ambientais futuras e permite o direcionamento de investimentos para tecnologias que propiciem a redução da emissão de gases de efeito estufa.

“O Brasil, que possui uma indústria automobilística entre as maiores do mundo, não pode ficar parado sem fazer nada”, afirma Teixeira.

Fonte: Agência Câmara de Notícias

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana