conecte-se conosco



Várzea Grande

Novo decreto mantém aulas suspensas e amplia funcionamento de conveniências

Publicado

em

 

Novidades surgiram no combate a COVID 19 em Várzea Grande. Uma é o sistema com os dados atualizados da doença de hora a hora, uma das menores taxas de contaminação entre as o 5º Informativo Epidemiológico de Várzea Grande realizado pela Secretaria Municipal de Saúde e a Universidade Federal de Mato Grosso – UFMT.
“Nossa intenção é que as pessoas saibam os principais números da pandemia e o que Várzea Grande está fazendo para debelar a doença e ampliar de forma considerável o número de curados que chegaram a 80%”, disse a prefeita Lucimar Sacre de Campos, para quem um dos maiores aliados contra a doença é o papel da imprensa ao prestar informações corretas que evitem que a pandemia se torne de informações truncadas e sem necessidade.
Ela lembrou que estudo da Secretaria Municipal de Saúde e da UFMT, aponta que as medidas adotadas pela administração municipal estão surtindo os efeitos esperados e sinaliza que no mês de julho passado deve ter acontecido o pico da propagação da COVID 19.
“Essas informações que são técnicas e estão disponibilizadas a população, através do site www.varzeagrande.mt.gov.br/boletim-corona-virus nos permite saber que estamos no caminho certo, mas não são motivo para se relaxar no isolamento social e nas medidas constantes e severas de distanciamento de 1,5 metros, uso de máscaras e de meios de higienização”, disse a Lucimar Sacre de Campos.
Os dados apresentados, no estudo, segundo o secretário de Saúde de Várzea Grande, Diógenes Marcondes, demonstram que na última semana, houve queda no número de casos novos da COVID 19 e crescimento expressivo no número de recuperados chegando 80%.
“Os números bons estão crescendo e os ruins caindo e isto estimula a todos a trabalharem mais e a efetivamente buscar a cura da COVID 19. Na semana de 26 de julho a 1 de agosto, houve uma redução dos novos casos e de óbitos quando comparados com a semana anterior. Isto é muito significativo porque estamos falando do período em que adotamos medidas mais firmes no combate”, disse Diógenes Marcondes.
Segundo ele, desde o último domingo, 02 de agosto, por ordem da prefeita Lucimar Sacre de Campos, as Secretarias Municipais de Saúde e de Comunicação Social, colocaram em prática o Boletim de Monitoramento da COVID 19 em Várzea Grande atualizado de hora em hora e que pode ser consultado no site oficial da Prefeitura Municipal pelo endereço www.varzeagrande.mt.gov.br bem como todas as demais informações inerentes a COVID 19 na página especial.
Segundo o secretário de Saúde de Várzea Grande, provavelmente, a cidade é pioneira no atual modelo em ofertar informações precisas quanto ao número de casos confirmados, os recuperados, os óbitos, internados e em isolamento domiciliar.
Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), para se chegar aos casos ativos, subtraia do total de casos confirmados, os recuperados e os que foram a óbito.
O resultado da subtração será dividido pelo número total de confirmados para se obter o percentual de recuperados e de óbitos. Já com os Casos Ativos definidos, se divide eles com os internados e em isolamento domiciliar para então se obter os devidos percentuais.
“É fundamental se saber os casos ativos porque eles são os que podem propagar a doença para outras pessoas, já que os curados e os em óbitos supostamente não contaminam mais novas pessoas, enquanto os ativos, internados ou em isolamento domiciliar, se não se cuidarem podem piorar seu quadro e contaminar pessoas sadias”, acrescentou.
Diógenes Marcondes sinalizou ainda que no Boletim do Governo do Estado divulgado na noite de segunda-feira passada, quando Várzea Grande em comparação com as outras 140 cidades de Mato Grosso que apareceram classificadas como moderada ou baixa, o município ficou com o 18º menor índice com 4,17%, o que demonstra os efeitos das medidas adotadas ao longo dos últimos dois meses.
NOVO DECRETO
A prefeita Lucimar Sacre de Campos, baixou novo decreto prevento a retomada de alguns programas sociais executados pela municipalidade, vinculou o retorno das atividades escolares a uma decisão conjunta com o Governo do Estado, portanto, ainda sem previsão de retomada das aulas nas escolas públicas municipais particulares de Várzea Grande, autorizou ainda o funcionamento de cursos de idiomaas particulares com limitações no atendimento as pessoas, além de flexibilizar o horário de funcionamento das conveniências em postos de combustíveis desde que mantidos os serviços delivery e drive thru sem a venda para consumo no local.
“Estamos de forma paulatina adotando novas medidas para que haja o funcionamento de setores sem riscos de novas contaminações e que a vida volte ao normal para todos”, disse o presidente do Comitê de Enfrentamento ao Novo Coronavírus (COVID 19), Silvio Fidélis.

Clique para comentar
0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Várzea Grande

Governo do Estado e Prefeitura de VG se unem na construção de mais casas e apartamentos

Publicado

em

 

O Governo de Mato Grosso através da MT Participações e Projetos S.A (MT PAR) e a Prefeitura de Várzea Grande irão formalizar parceria para edificações de novos residenciais na segunda maior cidade do Estado através de parcerias.
O prefeito Kalil Baracat recebeu em audiência o presidente do MT PAR, Werner Santos, que reforçou o pedido do governador Mauro Mendes de formalizar parceria com os municípios para a empreitada de novos conjuntos habitacionais, tanto de casas como de apartamentos, dependendo da área e das obras complementares.
A audiência foi acompanhada pelo vereador Denival Rodrigues Galibert, ou Sargento Galibert, que defende a política habitacional para fomentar o desenvolvimento e a qualidade de vida, além do ex-deputado estadual e atual diretor administrativo da entidade, Wagner Ramos e assessores.
O prefeito sinalizou que tem interesse e se possível pretende ampliar a participação da cidade para contemplar os moradores com a dignidade de uma moradia.
“Parcerias para beneficiar Várzea Grande e sua população sempre serão bem vindas e nossa cidade está aberta para vencer as demandas existentes no campo habitacional”, disse Kalil Baracat.
O presidente do MT PAR, Werner Santos, frisou, que o interesse do governador Mauro Mendes é atender ao máximo possível os municípios que desejarem formalizar a parceria que envolve o Governo Federal com o Programa Casa Verde e Amarela que substituiu o Minha Casa, Minha Vida e pode contemplar famílias para três rendas estabelecidas, o Governo do Estado com obras de infraestrutura como asfalto, calçadas, meio-fio, sarjetas e os municípios com a área para construir as unidades e as obras complementares como água e energia elétrica. Os equipamentos sociais como Escolas, CMEIs serão executadas em parceria do Estado e do Município.
“Temos interesse urgente em fomentar a geração de emprego e renda e também de garantir a dignidade de um lar para a maioria das famílias com renda de um salário-mínimo até R$ 7 mil mensais, sem descuidar principalmente daqueles com renda mínima e para isto estamos unindo esforços com o Governo do presidente Jair Bolsonaro, Governo Mauro Mendes e com prefeitos interessados em atender as demandas habitacionais de sua população”, disse o presidente MT PAR.
A previsão do Governo Federal é oferecer para o programa um média de R$ 25 bilhões de investimentos anuais do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) e R$ 500 milhões do Fundo de Desenvolvimento Social (FDS, fundo privado, mantido por bancos) e gerar 2,3 milhões de postos de trabalho até 2024, entre diretos, indiretos e induzidos.

 

 

Da Redação

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana