conecte-se conosco



Política MT

Nova Mesa Diretora do Legislativo é empossada com honras

Publicado

em

Foram empossados hoje (1º) cedo os novos integrantes da Mesa Diretora do Legislativo da capital, cerimônia realizada no Plenário da Casa de Leis, prestigiada maciçamente por autoridades parlamentares e representantes de instituições evangélicas da capital. O vereador Misael Galvão, que assumiu a presidência da Casa de Leis no biênio 2019/2020, reafirmou seu compromisso de trabalhar de forma ainda mais determinada para a fiscalização, cobranças e consequente redução de demandas sociais e estruturais que acarretam transtornos aos habitantes de Cuiabá. Galvão frisou que, para isto, precisa contar com o apoio de todos os integrante s da Mesa e demais colegas de Parlamento. “Sozinho, ninguém consegue fazer nada. União é fundamental para alicerçarmos qualquer base sólida”.

Também presente à cerimônia, o prefeito Emanuel Pinheiro teceu elogios à trajetória trabalhadora do hoje dirigente do Parlamento Municipal. “Misael é exemplo de empreendedorismo, de esforço concentrado no trabalho. Chegou a esta Casa em decorrência do brilhante desempenho de anos à frente de movimentos comunitários sociais. É homem do povo e para o povo, e tenho absoluta convicção de que desempenhará um excelente mandato à frente da Mesa Diretora ora empossada. Teço, aqui, também meu reconhecimento ao desempenho do ex-presidente do Legislativo, Justino Malheiros”.

O prefeito salientou que o Parlamento local registra hoje exatos 292 anos de existência, e se tornou a caixa de ressonância da sociedade cuiabana “Pode-se dizer, seguramente, que a Câmara teve e tem importante papel de evolução da capital, em todos os segmentos. É onde são rediscutidas questões complexas que envolvem nossa cidade, sempre pensando no seu bem-estar e dos habitantes. Reitero, aqui, hoje, a disponibilidade do Executivo em continuar sendo parceiro nas iniciativas emanadas desta instituição, sempre focadas em contemplar o todo da sociedade local e a cidade, em si. Infelizmente, ainda registramos situações sociais em regiões diferenciada s do município, e a miséria é uma delas. Somente com união ferrenha poderemos avançar rumo às soluções ansiadas por todos, principalmente pela população cuiabana, que convive com tais desníveis sociais”.

O ex-senador e ex-governador Júlio José de Campos também enalteceu o papel de representação popular prestado pela Câmara e os bons reflexos disso no contexto histórico do município. Especificamente acerca do novo presidente da Mesa Diretora, Misael Galvão, Júlio Campos disse que ele é um líder comunitário nato, “cidadão de elogiável estirpe trabalhadora incansável, e político detentor de vocação explícita para o bem coletivo”. Júlio ainda acrescentou que o Legislativo, via direção de Misael Galvão, vai dispor de excelente comando, a exemplo do trabalho desempenhado pelo seu antecessor no cargo, Justino Malheiros, que precedeu seu avô e pai no mesmo cargo. “O vereador Misael está sendo privilegiado, porque assume o posto de dirigente de uma instituição histórica, cujo município se prepara para completar 300 anos. Estará à frente da capital centenária neste Parlamento, responsabilidade de grandeza indescritível. Mas tem capacidade, determinação e, principalmente, dispositivos que facultam realizar muitas coisas em prol da cidade e dos seus habitantes. Juntamente com os outros parlamentares que compõem a Mesa, ele fará muito por nossa cidade, tenho abso luta convicção”.

Nova Mesa da Câmara Municipal de Cuiabá-  Presidente Misael Galvão (PSB) Primeiro vice-presidente Vinícius Hugueney (PP)  Segundo vice-presidente Delegado Veloso (PV) Primeiro Secretário Adevair Cabral (PSDB) Segundo Secretário Orivaldo da Farmácia (PRP).

João Carlos de Queiroz – Secretaria de Comunicação Social

Política MT

Avallone quer parceria com MPE e Judiciário para Estado executar obras em áreas particulares no Pantanal

Publicado

em

Prevendo possíveis entraves judiciais na realização de obras paliativas dentro de propriedades particulares que vão desobstruir corixos para dar vida, novamente, à Baía de Chacororé, no Pantanal mato-grossense, em Barão de Melgaço, o presidente da Comissão de Meio Ambiente e Recursos Hídricos e Recursos Minerais da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), deputado estadual Carlos Avallone (PSDB), destacou que vai buscar uma parceria com o Ministério Público Estadual (MPE) e do Poder Judiciário para firmar Termos de Ajustamento de Conduta (TAC).

Segundo Avallone, o Estado terá que realizar essas obras para garantir a desobstrução de ao menos 12 corixos (canais que ligam as águas de baías, lagoas, alagados etc com os rios próximos) mapeados pelo assessor especial da Comissão de Meio Ambiente da ALMT, Rubem Mauro Palma de Moura, que foi in loco junto com técnicos da Secretaria Estadual de Infraestrutura (Sinfra) e da Secretaria Estadual e Meio Ambiente (Sema).

O deputado lembra que outras 20 obras, entre médias ou maiores, terão que ser feitas na região. Uma delas, detectada na visita técnica, mostrou que existe ao menos cinco pontes na estrada do Estirão Cumprido, onde embaixo delas há rejeitos que formam uma barragem, impedindo o curso natural das águas. “Durante a construção da ponte, fizeram um aterro ao lado para o trânsito fluir. No entanto, a obra foi finalizada e ninguém tirou a barragem em cima dos corixos. São detalhes que não vamos mais deixar acontecer”, explicou.

Além disso, constatou-se desmatamento em áreas de proteção ambiental, outros crimes ambientais onde pescadores predatórios rompem estrutura de barramento que existe na baía para facilitar a pesca.

Para o início dessas obras emergenciais é necessário um relatório feito pela Sinfra que será entregue até a próxima sexta-feira (22). “A Sema também precisa dar as autorizações ambientais necessárias. A previsão é que comecem no máximo daqui um mês”, comentou Avallone.

Por fim, o parlamentar afirmou que o poder público ainda deve tomar as medidas cabíveis para questionar os responsáveis por essas obras que estão degradando o meio ambiente há anos.

 

Da Redação

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana