conecte-se conosco



Cuiabá

Nova linha de ônibus é implantada para atendimento da demanda do HMC

Publicado

em

A prefeitura de Cuiabá criou a linha de ônibus 251 para atender a demanda de transporte coletivo do Hospital Municipal de Cuiabá – Dr. Leony Palma de Carvalho, que teve sua sexta e última etapa inaugurada nesta segunda-feira (18).

A medida, adotada pela Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob), possibilitará uma maior agilidade no percurso que sai da Estação Alencastro, no centro de Cuiabá, direto para o hospital.

De acordo com a Semob a previsão é de que a nova linha atenda, a partir desta quarta-feira (20), cerca de 2 mil passageiros por dia. “Para a localidade já existia a linha 380, recentemente inaugurada, que liga a região do CPA, Jardim Vitória, Rodovia Emanuel Pinheiro sem passar pelo centro, ao HMC. Outra que já fazia a rota é a 250, que também saí da Estação Alencastro, passa pela unidade hospitalar e finaliza a viagem no Terminal da Antártica”, comenta o secretário de Mobilidade Urbana, Antenor Figueiredo.

Segundo o diretor da Pasta, Nicolau Budib, ainda continua em análise o incremento de novas linhas para atendimento da demanda da região. Caso haja maior necessidade, o aumento na circulação ou a colocação de mais ônibus será adotado pelo Município.

“Agora, com o HMC funcionando em sua totalidade, sabemos que o fluxo será bem maior. Por isso, de imediato já colocamos essas linhas à disposição da população. É claro que este é um primeiro passo dentro de nosso planejamento de mobilidade e continuamos observando o desempenho. Nossa intensão é sempre garantir ao usuário a maior celeridade e conforto possível durante a viagem e, nesse sentido, também instalamos um ponto de embarque e desembarque dentro do hospital”, explica o diretor.

 

Clique para comentar
0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Cuiabá

Estado notifica órgãos de controle sobre bloqueio de UTIs no Pronto Socorro de Cuiabá

Publicado

em

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) notificou a Secretaria Municipal de Saúde de Cuiabá, o Tribunal de Contas do Estado e o Ministério Público Estadual e Federal sobre o bloqueio de 38 leitos de Terapia Intensiva para o tratamento da Covid-19 no Hospital e Pronto Socorro Municipal da capital.

O Hospital e Pronto Socorro de Cuiabá conta com 95 leitos de UTI pactuados, mas apenas 57 vagas estão disponíveis para a regulação – sendo que 56 já estão ocupadas nesta quarta-feira (24.02). O fato leva ao descumprimento do Plano de Contingência Municipal e Estadual e do Termo de Compromisso Emergencial, firmado junto ao Tribunal de Contas.

Dos 38 leitos indisponíveis, 23 estão na ala adulto e 15 na ala pediátrica. Conforme o relatório da supervisão, o bloqueio se dá por falta de medicamentos e falta de médico cirurgião pediátrico.

O bloqueio do alto número de leitos de Terapia Intensiva impacta diretamente na taxa de ocupação hospitalar das UTIs pactuadas pela rede do Sistema Único de Saúde (SUS) em Mato Grosso. Nesta quarta-feira (24.02), foi registrada a ocupação de 81,44% dos leitos para adultos, mas no dia anterior era de 72,85%.

Também é importante ressaltar que os leitos de enfermaria do Hospital e Pronto Socorro de Cuiabá registram 26% de ocupação, enquanto as enfermarias dos Hospitais Metropolitano e Santa Casa, também da Baixada Cuiabana, registram 81% e 58% respectivamente.

DOWNLOAD 

  • Notificação Órgãos de Controle

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana