conecte-se conosco



Cuiabá

Nome e memória de fundador do Indea-MT é eternizada em rua que dá acesso ao órgão

Publicado

em

A rua que dá acesso a sede estadual do Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Indea-MT), em Cuiabá, agora tem novo nome. O homenageado é o engenheiro agrônomo Arnaldo Duarte Monteiro (in memorian), fundador e primeiro presidente do órgão na década de 70. A lei estadual que define a nova nomenclatura foi publicada no Diário Oficial que circula nesta sexta-feira (28.12).

O homenageado é pai do secretário de Estado de Infraestrutura e Logística de Mato Grosso, Marcelo Duarte, e teve trajetória marcada por relevantes serviços prestados à população e ao desenvolvimento do Estado, com atuação de destaque nas décadas de 1970 e 1980, contribuindo para o fortalecimento das bases iniciais do atual modelo de agronegócio mato-grossense.

A frente do seu tempo, Arnaldo Duarte Monteiro comandou a criação, implantação e expansão das atividades de defesa sanitária animal, vegetal e de proteção ao meio ambiente em uma época em que o número de servidores era escasso e a força de trabalho era exaustivamente demandada pela opulência do território de Mato Grosso.

“Essa homenagem é muito significativa, porque meu pai trabalhou incansavelmente por esse estado. Ajudou a construir um novo modelo de gestão, implantou novos processos, normas técnicas, inaugurou vários escritórios no interior e liderou campanhas de controle e erradicação de pragas e doenças”, lembrou o filho do homenageado, Marcelo Duarte.

O trabalho iniciado por intermédio de Arnaldo Duarte Monteiro contribuiu para tornar Mato Grosso o principal produtor agrícola do país e um dos principais do mundo, graças à eficiência e efetividades das ações realizadas pelo Indea-MT.

Biografia Arnaldo Duarte Monteiro nasceu no dia 6 de abril de 1946, em Cuiabá. Faleceu em com 46 anos, em 12 de maio de 1992. Membro de tradicional família cuiabana, ao longo da sua carreira, trabalhou em diversas atividades no âmbito do Estado de Mato Grosso, ocupando cargo de subsecretário de Indústria, Comércio e Turismo e como conselheiro titular do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Mato Grosso (CREA-MT).

Eduardo Cardoso

Cuiabá

Pinheiro suspende aumento na tarifa de água e esgoto e proíbe corte no abastecimento

Publicado

em

O prefeito Emanuel Pinheiro assinou nesta sexta-feira (22) o Decreto nº 8.313 suspendendo, pelo prazo de 90 dias, o reajuste anual das tarifas de água e esgoto em Cuiabá, referente ao exercício 2021/2022. A medida também foi adotada pelo chefe do Executivo municipal em 2020, em decorrência dos impactos financeiros ocasionados pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Além disso, pelo mesmo período, a concessionária Águas Cuiabá continua proibida de realizar o corte no abastecimento de água para consumidores inadimplentes, mesmo daqueles que já receberam o aviso prévio do procedimento.

O documento deve circular na edição da Gazeta Municipal da próxima segunda-feira (25) e entra em vigor a partir de sua publicação, com efeitos retroativos a 1º de janeiro de 2021. No decreto, o prefeito justifica que a adoção das medidas leva em consideração o cenário de pandemia do novo coronavírus (Covd-19) ainda enfrentado na Capital, no qual o fornecimento de água é considerado primordial para a higienização e combate ao contágio do vírus.

Em caso de descumprimento, a concessionária tem o prazo de 24 horas para reestabelecer o fornecimento de água ao consumidor inadimplente. Caberá a Agência Municipal de Regulação dos Serviços Públicos Delegados de Cuiabá (Arsec) realizar os estudos necessários para a recomposição do equilíbrio econômico-financeiro do contrato, caso se mostre necessário e mediante pedido fundamentado da Concessionária.

O ato tem como base legal as leis nº 9.987/95 e nº 11.445/07, que autorizam a adoção de medidas pelo Poder Concedente que repactuem condições do contrato de concessão, a bem do interesse público. “Desde março de 2020 estamos suspensão do reajuste e também a proibição do corte. A água é um bem essência nesse momento e vamos continuar adotando essas medidas enquanto for necessário”, pontua o prefeito.

Da Redação

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana