conecte-se conosco



Variedades

Nilton Macedo é reeleito presidente da Fetagri-MT para os próximos quatro anos

Publicado

em

Fonte: Patricia Xacier- Assessoria

O presidente da Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado de Mato Grosso (Fetagri-MT), Nilton José de Macedo, foi reeleito nesta sexta-feira (20) para novo mandato da entidade, gestão 2018 a 2022. Em votação realizada no Centro de Treinamento e Estudos Sindical Rural, em Várzea Grande, delegados dos sindicatos rurais elegeram a nova diretoria da Fetagri-MT.

Chapa única, Nilton Macedo obteve 114 votos favoráveis a sua reeleição e dez contrários. Ao todo, 124 delegados de base participaram da eleição. A posse dos eleitos será no dia 01 de setembro.

Para o presidente, sua reeleição é resultado dos trabalhos desenvolvidos em sua gestão, que fortaleceu a categoria. “Estou muito feliz em receber este reconhecimento. Nesses quase quatro anos tivemos muitos desafios, mas nós conseguimos superar e unir a categoria. E os quatro anos que vem ai nós recebemos com muita gratidão, porque cada vez mais nosso sindicato, nossa categoria e delegados de base, vem reconhecendo a importância da Federação, uma instituição que os representa em nível nacional e estadual. Peço a Deus muita saúde para dar continuidade ao meu trabalho e poder contribuir”, ressaltou.

Nilton acrescentou ainda que o principal trabalho a ser desenvolvido é a implantação da Política Pública direta no meio rural, para juventude, mulher e idoso, além de fortalecer cada dia mais a categoria, buscando recursos para ajudar na sustentabilidade e renda.

O vice-presidente, Reginaldo Gonçalves Campos, também reeleito, agradeceu o apoio de todos os trabalhadores rurais do estado e afirmou que o principal objetivo é o fortalecimento da categoria. “Nosso trabalho não é fácil, enfrentamos lutas como falta de recursos e dificuldade política. Hoje, com este resultado, percebemos que o nosso trabalho vem fluindo e frutificando”, disse.

A votação para diretoria, conselho fiscal e suplentes da Fetagri-MT ocorreu durante o 10º Congresso Estadual dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Mato Grosso (CETTR-MT), entre os dias 17 e 20 de julho. No evento, aproximadamente 300 trabalhadores rurais reavaliaram as atividades e diretrizes que fazem parte do projeto de desenvolvimento sindical sustentável de Mato Grosso.

Entre os principais objetivos da Fetagri-MT estão o fortalecimento da agricultura familiar, a luta pelos direitos trabalhistas e por melhores condições de vida para os assalariados rurais, assistência técnica, crédito, comercialização, cooperativismo e políticas públicas voltadas para o campo.

Clique para comentar
0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Variedades

Caixa paga abono salarial para nascidos em janeiro e fevereiro

Publicado

em

Cerca de 3,4 milhões de trabalhadores nascidos em janeiro e fevereiro começam a receber, nesta terça-feira (19), R$ 2,75 bilhões referentes ao abono salarial do calendário 2020/2021 – ano-base 2019. A Caixa Econômica Federal depositará o dinheiro na conta corrente informada ou na conta poupança digital, usada para pagar o auxílio emergencial, para quem não é cliente do banco.

As poupanças digitais podem ser movimentadas pelo aplicativo Caixa Tem. Disponível para telefones celulares, o aplicativo permite o pagamento de contas domésticas (água, luz, telefone e gás), boletos bancários, compras com cartão de débito virtual pela internet e compras com código QR (versão avançada do código de barras) em estabelecimentos parceiros.

Para os funcionários públicos ou trabalhadores de empresas estatais, vale o dígito final do número de inscrição do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep). A partir de amanhã, fica disponível o crédito para inscritos com final 5. O Pasep é pago pelo Banco do Brasil.

Os trabalhadores que nasceram entre julho e dezembro receberam o abono salarial do PIS em 2020. Os nascidos entre janeiro e junho terão o recurso disponível para saque em 2021.

Os servidores públicos com final de inscrição do Pasep entre 0 e 4 também receberam em 2020. Já as inscrições com final entre 5 e 9 ficaram para 2021. O fechamento do calendário de pagamento do exercício 2020/2021 ocorre em 30 de junho.

Quem tem direito

Tem direito ao abono salarial 2020/2021 o trabalhador inscrito no Programa de Integração Social (PIS) há pelo menos cinco anos e que tenha trabalhado formalmente por pelo menos 30 dias em 2019, com remuneração mensal média de até dois salários mínimos. Também é necessário que os dados tenham sido informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) ou e-Social, conforme categoria da empresa.

Recebem o benefício na Caixa os trabalhadores vinculados a entidades e empresas privadas. Em todo o calendário 2020/2021, a Caixa deve disponibilizar R$ 15,8 bilhões para 20,5 milhões trabalhadores.

As pessoas que trabalham no setor público têm inscrição no Pasep e recebem o benefício no Banco do Brasil (BB). Nesse caso, o beneficiário pode optar por realizar transferência (TED) para conta de mesma titularidade em outras instituições financeiras, nos terminais de autoatendimento do BB ou no portal www.bb.com.br/pasep, ou ainda efetuar o saque nos caixas das agências.

Para o exercício atual, o BB identificou abono salarial para 2,7 milhões trabalhadores vinculados ao Pasep, totalizando R$ 2,57 bilhões. Desse montante, aproximadamente 1,2 milhão são correntistas ou poupadores do BB, e aqueles com final de inscrição de 0 a 4 receberam seus créditos em conta antecipadamente no dia 30 de junho, no total de R$ 580 milhões, segundo a instituição financeira.

 

 

Da Redação

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana