conecte-se conosco



Cultura

Neste sábado, Rodeio de Caminhões premia melhores motoristas em live com shows

Publicado

em

A Raízen, licenciada da marca Shell, segue mobilizada no esforço coletivo de combate aos impactos provocados pela Covid-19 no Brasil, especialmente na prevenção dos profissionais de setores essenciais da cadeia produtiva em que atua. É o caso dos milhares de motoristas que realizam a distribuição de combustíveis e açúcar nas operações da empresa. Por isso, no cenário atual de controle da propagação da doença, o tradicional Rodeio de Caminhões se adaptou e se transformou no Rodeio On Line, um evento que será transmitido ao vivo para celebrar a atuação exemplar destes profissionais.

A final da nona edição do Rodeio será em formato de live, em um programa inédito com shows, premiação e variedades. A grande atração será o anúncio dos campeões dessa edição, profissionais que foram implacáveis nas etapas regionais, exercendo as melhores práticas de segurança viária e sem registros de acidentes ou violações durante o ano. O programa poderá ser acompanhado no dia 30 de maio, sábado, a partir das 16 horas, pelo site www.rodeioraizen.com.br.

“Nossas operações são essenciais para continuar o abastecimento de veículos indispensáveis, como ambulâncias e caminhões que transportam alimentos e medicamentos. Mais do que nunca, nos orgulha realizar um evento desta magnitude para parabenizar e celebrar a atuação dos profissionais responsáveis por transportar com segurança o combustível que abastece o País”, destaca Eduardo Lucena, Gerente de Transportes da Raízen.

Uma das prioridades da Raízen, a segurança viária é fundamental para reduzir o número de acidentes e proteger o que mais importa: vidas. A frota contratada pela companhia conta com cerca de 5 mil motoristas de empresas prestadoras de serviços percorrendo aproximadamente 250 milhões de km por ano. A performance dos profissionais é acompanhada continuamente por equipamentos de ponta nos caminhões, como telemetria, cercas eletrônicas, rotograma falado e câmeras que registram em tempo real as ações dos motoristas. Estas iniciativas servem como referência para aprimorar os padrões de segurança, elevar a capacitação dos profissionais envolvidos e, consequentemente, garantir a segurança do profissional e das pessoas que interagem com a frota.

Os cinco melhores motoristas anunciados durante o Rodeio On Line receberão grandes prêmios (1º lugar ganha um carro; 2º lugar, uma moto; 3º lugar, um home theather; 4º lugar, um notebook e 5º lugar, um tablet) e os 50 melhores classificados nas etapas regionais serão premiados com uma viagem para um resort, onde ficarão juntamente com a sua família, durante 4 dias.

9° Edição do Rodeio de Caminhões
Em formato de competição, o Rodeio de Caminhões busca a educação e a valorização dos profissionais com destacada performance em segurança durante o ano. Os 200 motoristas com as melhores marcas de segurança e zero acidentes, participam de uma das quatro etapas regionais, onde são desafiados a mostrar suas habilidades realizando uma rotina de testes teóricos e práticos, que incluem precisão de manobras em um tempo de aproximadamente 7 minutos: curva com cones, estacionamento de ré, estacionamento paralelo ao meio-fio em 90 graus e linha de parada.

Os 50 melhores pontuados participam da grande final. Para participar, o motorista – além de realizar provas teóricas sobre atividades cotidianas antes da competição – precisa pertencer a uma transportadora que tenha atingido todos os indicadores de performance de segurança no período do ano-safra, como zero acidentes controláveis e zero derrame de carga líquida. Os profissionais ainda precisam ter um histórico de zero violação, não apresentando picos de velocidade e com um rigoroso cumprimento das regras de jornada de trabalho.

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Cultura

Adultos também podem ser vítimas de ciberbullying

Publicado

em

Quando o ciberbullying é mencionado, o tópico geralmente é associado a crianças ou adolescentes. No entanto, os adultos também podem ser vítimas de ciberbullying. Esse crime pode acontecer com qualquer pessoa, a qualquer momento e em qualquer idade, buscando auxiliar os adultos que estão mais preocupados com as crianças, a E S E T, uma empresa líder em detecção proativa de ameaças, compartilha como os mais velhos podem lidar com várias formas de abuso e bullying online.

“Você pode pensar que ver adultos no lugar das vítimas do ciberbullying é um exagero, mas você só precisa olhar para os comentários nas postagens de celebridades, atletas ou até políticos nas mídias sociais. Embora seja verdade que são figuras públicas, e é por isso que estão mais expostas, é importante parar para analisar quando as críticas ultrapassam os limites e se tornam ciberbullying. O ciberbullying não se limita a figuras públicas, qualquer um de nós pode se tornar um alvo”, esclarece Camilo Gutiérrez, chefe do laboratório de pesquisa da ESET na América Latina.

O Pew Research Center, em seu estudo sobre o ciberbullying, revela que quatro em cada dez adultos nos EUA experimentou pessoalmente o bullying online e um quarto dos entrevistados considera sua experiência incômoda ou muito incômoda. Um dos usuários pesquisados, mencionou: “Os ciberbullies anônimos são implacáveis. Eles encontram uma fraqueza e a martelam repetidamente” .

Para se prevenir e tomar as medidas adequadas, é importante estar ciente dos sinais e formas do bullying online e de como lidar com isso. O ciberbullying se refere à “publicação digital de mensagens mesquinhas sobre uma pessoa, o que geralmente é feito anonimamente”. É realizado principalmente em redes sociais, bem como em serviços de mensagens, seções de comentários, fóruns ou mesmo em plataformas de jogos. Eles podem se concentrar em crenças políticas e religiosas, além de visar aparência física, caráter, gênero, etnia, orientação sexual ou qualquer coisa que possa se apresentar como um alvo fácil.

É importante saber que a maioria das plataformas de mídia social possui ferramentas para lidar com qualquer tipo de bullying online. Comentários ofensivos, postagens e perfis podem ser relatados no Facebook; o último também pode ser bloqueado. O Instagram incentiva os usuários a denunciar qualquer caso de bullying e assédio e atrai recursos para ajudar aqueles que sofreram. Enquanto isso, o Twitter também oferece dicas sobre como lidar com os abusos online em sua plataforma.

Quanto às plataformas de jogos online, a maioria inclui algum tipo de esclarecimento contra o ciberbullying. Eles normalmente incluem uma combinação de denúncias de jogadores e detecção automática de comportamento abusivo, o que pode levar a proibições temporárias ou permanentes para reincidentes.

“O ciberbullying nunca é culpa da vítima: ninguém deve ser severamente atacado, não importa quem eles sejam, de onde vêm ou quem amam; sob nenhuma circunstância. Se você é uma vítima, deve procurar ajuda, tanto de amigos ou familiares, como funcionários de recursos humanos ou mesmo profissionais de saúde. Também é importante manter evidências do ciberbullying, para que você possa mostrar evidências do que aconteceu se decidir denunciá-las. Mantenha cópias de mensagens diretas, postagens de blog, mídias sociais, e-mails, fotos ou qualquer outra plataforma que tenha sido usada.”, aconselha Gutiérrez .

Para trabalhar nessas questões com os mais novos, o Digipais, uma iniciativa promovida pela ESET que busca acompanhar pais e professores no cuidado de crianças na Internet, traz informações e conteúdo para protegê-los sem a necessidade de ser um especialista em tecnologia.

Para te ajudar a ficar em casa

A ESET aderiu à campanha #FiqueEmCasa, oferecendo proteção para dispositivos e conteúdos que ajudam os usuários a aproveitar os dias em casa e garantir a segurança dos pequenos enquanto se divertem online em meio à pandemia.

No site, os usuários podem ter acesso a: ESET INTERNET SECURITY grátis por 3 meses para proteger todos os dispositivos domésticos, Guia de Teletrabalho, com práticas para trabalhar em casa sem riscos, Academia ESET, para acessar cursos online que auxiliam a tirar mais proveito da tecnologia e o DigiPais, para ler conselhos sobre como acompanhar e proteger crianças na web.

Para conhecer a mais nova solução em segurança para dispositivos Mac, acesse: http://www.eset.com/br/antivirus-domestico/cyber-security-pro/

Para saber mais sobre segurança da informação, entre no portal de notícias da ESET: http://www.welivesecurity.com/br/

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana