conecte-se conosco



Cultura

Municípios poderão captar investimentos internacionais para o Turismo

Publicado

em

A Confederação Nacional de Municípios (CNM), por meio da área técnica de Turismo, compõe o Conselho Nacional de Turismo e participa ativamente da formulação de políticas e programas para o fomento e oportunidades de investimento destinadas aos Municípios turísticos.

Nesse sentido, o Ministério do Turismo (MTur) convidou a CNM a participar da missão internacional para o evento China International Import Expo (CIIE,) que acontecerá em Xangai/China, no período de 05 a 10 de novembro de 2018. Essa exposição chinesa é uma das maiores plataformas de negócios e o local ideal para o encontro de investidores internacionais, além de promover a imagem brasileira. O convite do Mtur foi estendido aos Municípios contribuintes da Confederação.

O Brasil participará do evento, a convite do governo chinês, na qualidade de Convidado de Honra, e terá um espaço de destaque: o Pavilhão do Brasil. Nele, haverá a presença de diversos parceiros institucionais.

De caráter multissetorial, a CIIE contará com expositores de mais de 120 países, em uma área de exibição de 240 mil m². São esperados mais de 150 mil visitantes durante o evento, que exibirá exclusivamente empresas internacionais, demonstrando o poder de compra chinês.

O Governo da China tem convidado, desde o final de 2017, agentes de governo e empresas privadas de vários países para participar desta grande ação. A cerimônia de abertura contará com a participação do presidente Xi Jinping, evidenciando o alto teor político-institucional, econômico e mercadológico da Feira.

Programação Paralela
O Ministério do Turismo promoverá uma agenda paralela de rodadas de negócios. O objetivo é apresentar projetos de infraestrutura turística a potenciais investidores, de diversas nacionalidades, sobretudo chineses.

Trata-se de um evento fundamental de atração de investimentos para o desenvolvimento econômico e social das regiões do Brasil, em especial no setor de turismo, que se destaca como forte indutor de geração de emprego, renda e na melhoria da qualidade de vida.

Cabe destacar, também, que o Ministério do Turismo oferecerá aos participantes o suporte institucional e a infraestrutura para participação na Feira. Os custos de deslocamento, alimentação e hospedagem, bem como outras necessidades, ficam a cargo dos interessados em participar da missão.

A integração de agentes de governo e empresários brasileiros do setor de turismo nessa grande missão internacional é muito importante. Entretanto, em face do curto espaço de tempo para a execução dos trabalhos precedentes à realização da Feira, o Ministério do Turismo determinou o prazo para a manifestação de interesse e informações sobre projetos de investimentos até o dia 10 de outubro de 2018, impreterivelmente.

A manifestação de interesse deve ser encaminhada formalmente ao Ministério do Turismo, por meio da Secretaria Nacional de Estruturação do Turismo – SNETur, no e-mail [email protected] e pelo telefone (61) 2023-7667.

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Cultura

Leilão de arte beneficia animais do Pantanal

Publicado

em

Obras de arte doadas por renomados artistas mato-grossenses – e até internacionais, estão em leilão para arrecadar recursos em prol dos animais do Pantanal. A iniciativa é do Grupo de Voluntários SOS Animais do Pantanal e do Instituto Ação Verde, com apoio da Federação das Indústrias de Mato Grosso (Fiemt). Ao todo, são 56 obras, incluindo pintura – em diversos e técnicas –, desenho, fotografia e escultura. O leilão é online e vai até às 18h do dia 10 de dezembro.

O lance inicial varia de obra para obra. Para participar, é necessário acessar o sistema do leilão e fazer um cadastro, que vai gerar uma senha e permitirá que sejam registrados os lances online. Clique aqui para visitar a página do leilão.

De acordo com Adilson Valera, que preside o Instituto Ação Verde, o Pantanal necessita de uma estrutura para monitoramento e atendimento clínico aos animais. E, as doações das obras dos artistas demonstra sensibilidade e um sinal que a sociedade quer e precisa ter gestão da flora e fauna do Pantanal mato-grossense. Por este motivo, o instituto está atuando como um instrumento facilitador.

“O pantanal é nossa maior riqueza de biodiversidade. A missão do Instituto Ação Verde é em defesa do meio ambiente, por isso estamos mobilizados para promover a regeneração da maior planície alagada do mundo e, claro, de toda sua fauna que precisa muito da nossa ajuda”, pontua Valera.

Todas as obras foram avaliadas por curadores do segmento, que estabeleceram o valor mínimo inicial de cada lote. A arrecadação será integralmente direcionada à campanha SOS Animais do Pantanal, cujo objetivo é dar suporte operacional à equipe da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) na assistência de alimentação e hidratação dos animais silvestres afetados pelos incêndios que destruíram grande parte do Pantanal mato-grossense. Iniciativas preventivas também serão financiadas por meio da ação solidária.

“A curadoria foi feita pelos artistas Vicente Paulo e Helena Botelho Artista. São várias obras, entre elas peças que carregam em si cinzas e carvão coletados das queimadas que destruíram e ainda destrói o Pantanal, já que focos têm ressurgidos na região. E, para que esta tragédia não aconteça mais, precisamos nos mobilizar. Este leilão é um exemplo de como nossa união pode ajudar a salvar o Pantanal”, destaca a psicóloga e defensora dos animais, Márcia Venturini, que mobilizou os artistas para participar da causa.

O pagamento das obras pode ser parcelado, dependendo do valor. Todas as informações estarão no site do leiloeiro, cuja equipe está realizando o leilão de forma gratuita, sem comissão e nenhum custo.

Para baixar o catálogo das obras em PDF, acesse aqui.

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana