conecte-se conosco



Eventos

MPF garante distribuição de duas mil cestas básicas aos Xavantes em Mato Grosso

Publicado

em

O Ministério Público Federal (MPF), por meio da Procuradoria da República em Barra do Garças (MT), garantiu a distribuição de duas mil cestas básicas mensais, enquanto perdurar as medidas de prevenção ao coronavírus, ao povo indígena A’uwe Uptábi (Xavante), em Mato Grosso. O pedido de liminar, em tutela de urgência, foi deferido pela Justiça Federal na manhã desta sexta-feira (27). A ação civil pública foi movida contra a União e Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

O povo indígena A’uwe Uptábi (Xavante) tem mais de 22 mil indivíduos, sendo 778 indígenas com mais de sessenta anos, 1195 hipertensos, 910 diabéticos, 20 tuberculosos, além de 310 gestantes e 195 deficientes, distribuídos em 329 aldeias.

No requerimento, além de pedir a distribuição das cestas básicas até o dia 5 de cada mês, o MPF também solicitou que a distribuição seja acompanhada pelas forças armadas, com o objetivo de conscientizar as comunidades da gravidade da pandemia, em razão da afinidade simbólica e a confiança que a instituição transmite à população indígena. As ações deverão ser acompanhadas por representantes da Coordenação Regional da Fundação Nacional do Índio (Funai), responsável pelo povo A’uwe Uptábi.

De acordo com o procurador da República Everton Pereira Aguiar Araújo, a preocupação com a situação dos povos indígenas em relação ao coronavírus tomou maior dimensão após o recebimento de um memorando enviado pela Coordenação Regional Xavante do Serviço de Promoção dos Direitos Sociais e Cidadania (Sedisc), no qual a Funai apresentou preocupante cenário em relação ao povo. “Há uma grande preocupação com a iminente crise humanitária que deve se deflagrar sobre esse segmento da população brasileira nos próximos meses, a qual pode ser apenas minimizada se medidas emergenciais forem adotadas, não apenas no sentido de conscientizar a necessidade de higiene e isolamento social dos indígenas, mas de apoio positivo no sentido de dar condições de permanência dos indígenas nas aldeias”.

Outro motivo de preocupação do MPF em relação aos indígenas frente a pandemia do coronavírus é que os membros da etnia Xavante não tem plena convicção da situação em que se encontram. Com isso, a Funai Xavante em Barra do Garças gravou um vídeo com orientações para os membros do povo.

O procurador da República Everton Araújo também gravou um vídeo, que foi encaminhado para as Coordenações Regionais da Funai, dos Dseis e lideranças indígenas da região, no qual solicita o apoio e a colaboração dos povos indígenas no enfrentamento ao coronavírus.

 

Redação

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Eventos

Assistência Social entrega 2 mil cobertores em Várzea Grande

Publicado

em

O inverno chegou e as temperaturas caíram. Com isso, a Prefeitura de Várzea Grande, por meio da Secretaria de Assistência Social fez a entrega de 2 mil cobertores às famílias carentes cadastradas em programas e projetos sociais. A ação tem a finalidade de aliviar e diminuir o impacto causado pela incidência da baixa temperatura, própria da estação, no município de Várzea Grande.

A iniciativa faz parte das Políticas de Assistência Social e visa minimizar o sofrimento das pessoas que se encontram em situação de vulnerabilidade e enfrentam as baixas temperaturas nesta época do ano.

A Secretária de Assistência Social, Flávia Omar, disse que estas ações são inerentes a Pasta que contempla interesses sociais da população em situação de risco, como combate à pobreza, ofertando programas, projetos e benefícios de amparo às famílias, as mulheres, idosos, crianças e adolescentes garantindo a proteção integral e  social em toda fase da existência humana.

“Em função das previsões climáticas de queda da temperatura, a Secretaria Municipal de Assistência Social elaborou um plano de contingência no sentido de empreender esforços com a entrega de cobertores aos moradores residentes nos bairros periféricos. Esta ação foi realizada de forma estratégica com equipes de profissionais e atenderam os quatro polos da cidade. Vale destacar que foram implementadas as medidas de segurança para os profissionais do Sistema Único de Assistência Social  e aos usuários com a distribuição de equipamento de proteção individual, recomendados pelo Ministério da Saúde, em relação a prevenção e ao enfretamento do novo coronavírus (Covid-19)”, explica Flávia Omar.

Segundo a secretária esses cobertores estão beneficiando somente pessoas carentes do município. “Os cobertores foram entregues para as famílias que sabemos que precisam muito. Afinal, esse é o objetivo do nosso trabalho, principalmente nesse período frio.  Essa ação vem ao encontro a tudo àquilo que buscamos oportunizar aos nossos munícipes pela Assistência Social. A entrega de cobertores pode parecer simples, mas muitas vezes o resgate das famílias em situação de vulnerabilidade precisa começar pelas estruturas mais básicas”, destaca.

A secretária Flávia Omar conclui que o resultado desta campanha foi muito satisfatório. “O primeiro passo desta campanha foi doar estes 2 mil  cobertores. Esta iniciativa tornará o inverno de muitas pessoas melhor, pois sabemos que no auge desta estação, o frio é intenso”.

Antônio Teixeira, de 58 anos, atualmente desempregado, foi beneficiado com a entrega de cobertor. “Somos três pessoas em casa e este ano não pude comprar cobertor, que vem em ótima hora. Agradeço ao gesto e agora minha família vai ter mais conforto no inverno”, afirma.

Na entrega foram obedecidos critérios de seleção das famílias contempladas com o benefício de:  baixa renda; Cadastro Único;  beneficiário do Programa Bolsa Família e participantes dos projetos programas e serviços da Secretaria Municipal de Assistência Social.  Os bairros contemplado foram: Manga; Engordador; Vila Vitória; Unipark; Comunidade Mangueiral;  Construmat; Lagoa do Jacaré ; Vila Operária; Valo Verde; Santa Maria II; Portal da Amazônia; Pai André; Capela do Piçarrão; Gonçalo Botelho; 07 de Maio; Pirinéu; Figueirinha; Jardim Alá; Sol Nascente; José Carlos Guimarães; Jardim Guanabara;  Jardim Manaíra; Cidade de Deus; São Simão;  Parque Sabiá; Nova Fronteira; Colinas Verdejantes; Vila São João; São Mateus; Itororó e Formigueiro.

 

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana