conecte-se conosco



Várzea Grande

MP requer implantação de redutores de velocidade e sinalização

Publicado

em

A 4ª Promotoria de Justiça Cível da comarca de Várzea Grande, especializada na Defesa do Meio Ambiente e da Ordem Urbanística, propôs, nesta segunda-feira (06), Ação Civil Pública (ACP) contra o Município de Várzea Grande pleiteando a regularização da situação de insegurança viária em que se encontra a Avenida 31 de Março. O Ministério Público requer que o Município seja condenado a elaborar estudos técnicos demonstrando quais as melhores alternativas para a avenida, incluindo a implantação de redutores de velocidade, novas vias de acesso e de retorno para inibir os “acessos clandestinos”, sinalização vertical e horizontal adequada e instrumentos que garantam a segurança dos pedestres e ciclistas que transitam na ciclovia já existente.

A promotora de Justiça Maria Fernanda Corrêa da Costa solicita ainda a adequação da curva acentuada existente na lateral da “Via 31 Esportiva” às providências indicadas pelo Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Mato Grosso (Crea-MT). Conforme relatório técnico do Conselho, os ajustes referem-se à construção de um muro de arrimo com extensão de aproximadamente 15 metros e altura de 4 metros, instalação de nova mureta metálica de proteção com cerca de 30 metros de extensão, construção de um redutor de velocidade de ondulação transversal, instalação de placas indicativas de curva acentuada à esquerda e a reimplantação de um poste de iluminação na rede secundária.

Segundo a promotora de Justiça, a Av. 31 de Março é uma via altamente movimentada que percorre toda a lateral direita do Aeroporto Internacional Marechal Rondon, contando com mais de 6 km de extensão. “Em razão da falta de redutores de velocidade e da ausência de sinalização adequada, frequentemente os motoristas ultrapassam a velocidade permitida ao transitar pela referida via, causando acidentes. Entretanto, há um trecho da Av. 31 de Março que é particularmente perigoso, vez que se trata de uma curva acentuada na qual houve a maior frequência de acidentes fatais”, destacou.

A Ação Civil Pública relata ainda que a indignação quanto à falta de segurança na Av. 31 de Março foi por diversas vezes expressada pela população várzea-grandense, inclusive através de representações formuladas ao MPMT. Na tentativa de solucionar a demanda, a Promotoria de Justiça requisitou vistoria in loco ao Crea-MT e depois notificou o Município a implantar as medidas apontadas no relatório técnico. Algumas ações para melhoria da segurança e trafegabilidade foram colocadas em prática, mas não se mostraram suficientes.

“Durante o trâmite das investigações houve a inauguração do espaço ‘Via 31 Esportiva’, que atrai um grande número de munícipes diariamente, razão pela qual a segurança do trânsito na região deve ser intensificada”, reforçou a Promotora de Justiça, destacando que o Município de Várzea Grande tem sido omisso em seu dever de garantir as condições mínimas de segurança e trafegabilidade em suas vias públicas, especialmente na Avenida 31 de Março, local que já foi cenário de muitos acidentes, inclusive com vítimas fatais.

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Várzea Grande

Dois são presos em flagrante por tráfico de drogas no Parque do Lago

Publicado

em

Policiais da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Várzea Grande (Derf-VG) prenderam dois homens na manhã desta terça-feira (04) por tráfico de drogas. Os dois já vinham sendo investigados pela delegacia especializada.

As prisões foram registradas no bairro Parque do Lago durante diligências que a equipe da Derf-VR realizava no bairro para investigar a receptação de produtos roubados e tráfico de drogas.

Os dois suspeitos estavam em uma motocicleta Honda CG  e ao avistarem as equipes policiais se deslocando para abordá-los, fugiram em alta velocidade pelo bairro, colocando a vida de pessoas em  perigo.

Após a perseguição, a dupla perdeu o controle da moto e caiu, mas, ainda tentou fugir novamente entrando em uma casa, quando os policiais conseguiram capturar os dois suspeitos.

Durante a revista pessoal foi encontrada uma porção média de substância análoga à maconha com um deles.

Os dois foram conduzidos à Derf-VG, onde foram autuados em flagrante pelo delegado Henrique Trevizan por tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas.

 

Da Redação

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana