conecte-se conosco



Cultura

Moto Clube reconhecido pela ONU por suas ações sociais inaugura subsede em Sinop

Publicado

em

Dieny Vieira/Assessoria

O Abutre’s Moto Clube, inaugura sua subsede em Sinop, no próximo dia 13 de outubro, a partir das 22h. Para os amantes do bom rock’n’roll, o evento vai contar com show de três bandas Volt, King Tiger e Allane Carvalho. O moto clube é conhecido por seus reconhecimentos, prêmios, parcerias com entidades filantrópicas, ações e projetos sociais. Em Sinop, a organização já realiza algumas ações sociais, em parceria com as Madrinhas por Amor de Sinop, que é formado por mulheres sem envolvimento político.

O projeto social é voltado para ajudar famílias em situação de vulnerabilidade. Como os Abutre’s já vem realizando ações sociais em Sinop, nada melhor que unir o útil ao agradável, a entrada do evento de inauguração de sua subsede terá um valor simbólico e a arrecadação de alimentos não perecíveis, que posteriormente serão entregues para mais de 80 famílias carentes da cidade.

Para o subdiretor Capim VII SS Sinop, como é chamado dentro do Moto Clube, a expectativa para o evento é das melhores. “Estamos esperando mais de 250 pessoas para a inauguração da nossa subsede. Vamos contar com a presença de componentes de outros Moto Clubes da região, que já confirmaram a presença. Cada pessoa fara a doação de um quilo de alimento não perecível, com essa ação pretendemos ajudar muitas famílias carentes de Sinop. Para nós do Moto Clube Abutre’s, é uma grande honra levantar esta bandeira em Sinop”, ressaltou.

O Abutre’s Moto Clube é um grupo sem fins lucrativos, que reúne amantes do motociclismo com a finalidade de desfrutar do lazer, entretenimento e promover ações filantrópicas por meio de uma motocicleta e boa vontade. O grupo realiza ações beneficentes em prol da ACC (Ação de Combate ao Câncer) e da APAE (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais).

Este é um dos mais notórios, moto clubes do país e do mundo. Ele é brasileiro, foi fundado em 1989 na cidade de São Paulo. E recebeu em 2012, o título de Honra ao Mérito de Responsabilidade Social, entregue pelo Presidente da Associação Brasileira das Forças Internacionais de Paz na Organização das Nações Unidas (ONU), Walter Mello de Vargas. Sendo o único moto clube a receber este reconhecimento.

Entre as ações sociais que o Moto Clube participa está a campanha do agasalho, realizada em parceria com o Governo do Estado de São Paulo, com intuito de arrecadar o maior número possível de roupas para o inverno. Atualmente o grupo conta com 178 subsedes, dividido em 27 estados e mais de 12 mil componentes, espalhados a nível mundial em 19 países.

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Cultura

Coral UFMT lança segundo vídeo com música que canta a natureza e a necessidade da preservação ambiental

Publicado

em

O Coral UFMT lança a canção “Pra Terra” neste sábado (28.11) em seu canal no YouTube, às 17h, dando continuidade às celebrações dos seus 40 anos de atividade cultural no cenário mato-grossense.

 

Dorit Kolling, maestrina do Coral UFMT, lembra que foram aproximadamente 50 vozes gravadas individualmente e posteriormente juntadas para que a música fosse estruturada na forma de canto coral.

 

“É um trabalho totalmente diferente do que acontece quando ensaiamos em nossa sala de ensaios. Com auxílio da tecnologia, hoje reunimos cada grupo de vozes (naipes) nas salas virtuais, com cada coralista em sua casa, quando aprendemos a canção em todos seus detalhes para a posterior gravação, que é feita individualmente pelos participantes. Recebemos então os áudios e os vídeos que são mixados e editados para reunir e transformar todo o material em uma única música”, explica Dorit.

 

A música escolhida para este segundo vídeo virtual do Coral UFMT é “Pra Terra” e veio ao encontro de todas tragédias ambientais que o mundo viveu nos últimos meses.

 

“Tivemos o pantanal e a nossa Chapada sendo queimados por meses, somado a outras tragédias ambientais também acontecendo ao redor do mundo. Essa música vem chamar a atenção e enaltecer as nossas belezas naturais que, aos poucos, estão deixando de fazer parte da nossa vida”, ressalta a maestrina.

 

Para o compositor da música, Maurício Detoni, cuiabano radicado na cidade de São Paulo, a canção “Pra Terra” hoje se veste de um sentido triste, doloroso, trazido pelo fogo que assolou os biomas citados no refrão da música.

 

“Ainda que a sensação de terra arrasada seja oposta ao lirismo e beleza cantados na música, se faz necessária, e oportuna, a reflexão. Que o sentido do “não existe nada igual do que viver entre Chapada e Pantanal” recupere sua beleza e esperança num futuro próspero, onde a natureza se veja pulsante e regenerada em verde, calor e vida”, reitera Detoni.

 

O vídeo contou com a participação especial como solistas dos ex-coralistas do Coral UFMT, Marcela Mangabeira, que hoje tem sua carreira na cidade do Rio de Janeiro, e Maurício Detoni, que também acompanhou a canção ao violão, além da  participação do músico e tecladista, Rodrigo Cavalcante.

 

O lançamento do vídeo “Pra Terra” faz parte das comemorações dos 40 anos do Coral UFMT e da agenda cultural da Pró-Reitoria de Cultura, Extensão e Vivência (Procev) em celebração aos 50 anos da UFMT.

 

Serviço

O que: Lançamento do vídeo “Pra Terra”

Quando: 28 de novembro de 2020 (sábado)

Horário: 17h

Onde: https://www.youtube.com/coralufmtoficial

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana