conecte-se conosco



Cuiabá

Ministro da Saúde participa da inauguração do novo Pronto Socorro

Publicado

em

Cuiabá recebe, nesta sexta-feira (28.12), os ministros Carlos Marun (da Secretaria da Presidência da República) e Valter Casimiro (dos Transportes) para inauguração de duas obras que fazem parte do programa “Chave de Ouro” do governo federal, que priorizou 18 obras no Brasil para conclusão ainda em 2018: a duplicação do trecho da BR-163/364 entre Cuiabá e Jaciara e o novo Pronto Socorro da capital.

A informação é do senador Wellington Fagundes, que viabilizou recursos para a conclusão das duas obras: R$ 67 milhões para a rodovia e R$ 100 milhões para a unidade hospitalar. “Esses recursos foram viabilizados num trabalho conjunto com o ministro da Agricultura, Blairo Maggi, e foram fundamentais para garantir a entrega dessas obras”, disse ele.

A partir de sexta-feira, quem trafega pela BR-163/364 vai contar com uma rodovia duplicada, com pista em concreto, no trecho entre Cuiabá e Jaciara, num total de 130 km, incluindo o da Serra de São Vicente, onde a duplicação foi concluída em 2015. “A adoção da pista em concreto representa maior durabilidade, mais segurança e menor custo de manutenção”, explica o senador.

Fagundes acredita que, até o final de 2019, estarão prontas as obras de duplicação de todo o trecho entre Cuiabá e Rondonópolis, num total de 191 km.

Já no caso do novo Pronto Socorro de Cuiabá, a obra vai contar com 315 leitos, sendo 40 para Unidades de Terapia Intensiva (UTI), um Centro de Diagnósticos, um Centro Ambulatorial e terá um total de 21 mil metros quadrados de área construída.

“Trata-se de uma das mais importantes obras de saúde pública de Mato Grosso e que vai contribuir para melhorar o atendimento de toda a população do Estado e até de estados vizinhos”, avalia o parlamentar.

A programação prevê a inauguração da rodovia na sexta-feira, às 09h30, na localidade conhecida como Olho D´Água (23 m de Cuiabá), e do novo Pronto Socorro a partir das 10 horas.

Fonte: Redação

Cuiabá

Pinheiro suspende aumento na tarifa de água e esgoto e proíbe corte no abastecimento

Publicado

em

O prefeito Emanuel Pinheiro assinou nesta sexta-feira (22) o Decreto nº 8.313 suspendendo, pelo prazo de 90 dias, o reajuste anual das tarifas de água e esgoto em Cuiabá, referente ao exercício 2021/2022. A medida também foi adotada pelo chefe do Executivo municipal em 2020, em decorrência dos impactos financeiros ocasionados pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Além disso, pelo mesmo período, a concessionária Águas Cuiabá continua proibida de realizar o corte no abastecimento de água para consumidores inadimplentes, mesmo daqueles que já receberam o aviso prévio do procedimento.

O documento deve circular na edição da Gazeta Municipal da próxima segunda-feira (25) e entra em vigor a partir de sua publicação, com efeitos retroativos a 1º de janeiro de 2021. No decreto, o prefeito justifica que a adoção das medidas leva em consideração o cenário de pandemia do novo coronavírus (Covd-19) ainda enfrentado na Capital, no qual o fornecimento de água é considerado primordial para a higienização e combate ao contágio do vírus.

Em caso de descumprimento, a concessionária tem o prazo de 24 horas para reestabelecer o fornecimento de água ao consumidor inadimplente. Caberá a Agência Municipal de Regulação dos Serviços Públicos Delegados de Cuiabá (Arsec) realizar os estudos necessários para a recomposição do equilíbrio econômico-financeiro do contrato, caso se mostre necessário e mediante pedido fundamentado da Concessionária.

O ato tem como base legal as leis nº 9.987/95 e nº 11.445/07, que autorizam a adoção de medidas pelo Poder Concedente que repactuem condições do contrato de concessão, a bem do interesse público. “Desde março de 2020 estamos suspensão do reajuste e também a proibição do corte. A água é um bem essência nesse momento e vamos continuar adotando essas medidas enquanto for necessário”, pontua o prefeito.

Da Redação

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana