conecte-se conosco



Política MT

Max Russi se reelege com expressiva votação e leva mais um do PSB à AL/M

Publicado

em

O deputado estadual Maxi Russi(PSB) ainda comemora o sucesso nas urnas no pleito deste domingo(7). Reeleito com mais de 35 mil votos, o parlamentar ajudou a eleger mais um um de seu partido, o doutor Eugênio. O deputado foi o terceiro mais votado no Estado, consolidando sua liderança política e ampliando sua base eleitoral para outras regiões do Estado, como por exemplo o Araguaia, onde teve significativa votação.
Enquanto muitos parlamentares reduziram drasticamente seu contingente eleitoral – e muitos não conseguiram se reeleger – Max Russi foi na linha inversa deste cenário. Eleito em 2014 com pouco mais de 20 mil votos, ele saltou para mais de 35 mil, sendo o deputado que mais cresceu eleitoralmente, quase dobrando  a votação da eleição anterior.
Ao comentar a votação, ele diz que sente feliz pela reeleição e reafirmou que vai continuar trabalhando muito para em favor das causas do MT nos próximos quatro anos. Ele destacou também que vai continuar priorizando ações sociais que promovam o desenvolvimento humano, bandeira que ele defende como essencial na sua atividade parlamentar.
Em pronunciamento nas redes sociais,  ele agradece com humildade os votos recebidos, bem como o engajamento das pessoas em torno de sua campanha à reeleição. “Fizemos uma campanha do bem, pregando a continuação da boa política, voltada a atender primeiro as pessoas”, comentou o deputado. Ele aproveita para convocar seu eleitorado e demais pessoas interessadas para participar de seu segundo mandato. “Vou continuar com as portas de meu gabinete abertas para receber as sugestões, críticas e contribuições para fortalecer um mandato cada vez mais popular e participativo”, afirmou.
Por Assessoria

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Política MT

PF prende em Portugal suspeito de invasão hacker ao TSE

Publicado

em

Operação coordenada pela Polícia Federal (PF) em parceria com a Polícia Judiciária Portuguesa prendeu neste sábado (28), em Portugal, um suspeito de envolvimento no ataque hacker ao sistema Tribunal Superior Eleitoral do (TSE), que divulgou dados do tribunal no dia do primeiro turno das eleições municipais.

Segundo a PF, o inquérito policial aponta que um grupo de hackers brasileiros e portugueses, liderados por um cidadão português, foi responsável pelos ataques criminosos aos sistemas do TSE no primeiro turno das Eleições de 2020.

Estão sendo cumpridos, no Brasil, três mandados de busca e apreensão e três medidas cautelares de proibição de contato entre investigados nos estados de SP e MG. Além da prisão, em Portugal, é cumprido um mandado de busca e apreensão. As ações se desenvolvem com por meio da Operação Exploit.

Os mandados cumpridos no Brasil foram expedidos pelo Juízo da 1ª Zona Eleitoral do Distrito Federal, após representação efetuada pela Polícia Federal e manifestação favorável da 1ª Promotoria de Justiça Eleitoral.

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana