conecte-se conosco



Política MT

Max Russi pede estrutura para agricultura familiar de São José do Povo

Publicado

em

Duas indicações apresentadas pelo deputado Max Russi (PSB), na Assembleia Legislativa, pedem mais estrutura para os pequenos produtores de São José do Povo. As demandas foram repassadas ao parlamentar pelo Nilson Tavares.

A primeira delas aponta a necessidade da viabilização de um veículo para a Secretaria Municipal de Agricultura. O vereador alega dificuldades na prestação de serviços às comunidades. “Um veículo seria essencial para que os servidores possam atender as demandas solicitadas pelos moradores”, argumentou.

Já a segunda pede a disponibilização de kit de irrigação por gotejamento. Esse equipamento teria papel fundamental na rega do plantio, assim como na economia de água, em até 60%, se comparado aos métodos tradicionais.

“As pessoas que trabalham diretamente na produção rural precisam muito do apoio do governo, pois a estrutura é limitada e os recursos são poucos. Já houve um projeto que distribuiu equipamentos de irrigação para algumas cidades, mas nós não fomos beneficiados e essa aquisição trará muitas melhorias para a comunidade que produz”, explica Tavares.

O deputado Max Russi acredita que a assistência é uma forma de ajuda vital para os pequenos produtores, principalmente por ajudar na economia local. Ele defende ainda que o fortalecimento da agricultura familiar, sobre tudo, ajuda em uma melhor distribuição alimentar que beneficia a população.

“Precisamos atender a esse pedido. Os pequenos e médios produtores precisam do nosso auxílio para aumentar e melhorar a produtividade do seu serviço. Através desse trabalho é gerado emprego, além de impulsionar a economia local e de diversas famílias vivem e dependem desse oficio”, analisa.

Por Assessoria

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Política MT

Federação repudia às declarações do governador Mauro Mendes

Publicado

em

A Federação das CDL´s de Mato Grosso(FCDL/MT), entidade do sistema CNDL atuante há quase 37 anos com o objetivo de defender os interesses da classe empresarial, estimular o desenvolvimento e articular políticas de incentivo as 58 CDLs espalhadas pelo Estado e seus associados, manifesta repúdio à declaração proferida recentemente pelo Governador Mauro Mendes, na qual incentiva os consumidores locais a comprarem pela internet e em outros Estados, a partir do aumento do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) com a regulamentação da Lei Complementar nº 631/209, e por consequência o aumento dos produtos.

Com essa afirmação, o governador afrontou não só os empresários da região que são os grandes responsáveis por gerar emprego e renda no Estado como os trabalhadores e suas famílias que dependem e precisam estar inseridos no mercado para sobreviver.

A FCDL/MT lamenta esta atitude de desestímulo e desconsideração do atual governo pois equivocada e incoerente com as promessas feitas durante sua campanha. Essa afirmação do ilustre governador também anula a promessa de redução de imposto e enxugamento da máquina pública.

A Federação pede respeito aos empresários que lutam dia a dia contra a situação de penúria a qual se encontra a economia do país e incentivam o fortalecimento do comércio local.

O atual governo está indo justamente na contramão e pode inviabilizar o Estado incentivando compras em outros estados que não tem a mesma carga tributária absurda que ele está impondo ao contribuinte de MT.

Ao proferir essa declaração, o Chefe do Poder Executivo coloca em risco todo o setor produtivo e a vida de milhares de trabalhadores e famílias que vivem aqui e abre ainda mais a concorrência de estados vizinhos e do comércio eletrônico. É um retrocesso para todo o setor produtivo estadual.

Federação das CDLs de Mato Grosso
(FCDL/MT)

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana