conecte-se conosco



Cuiabá

Mais de 13 mil candidatos farão prova objetiva no próximo domingo, 1º de dezembro

Publicado

em

No próximo domingo (1º), serão realizadas as provas do Processo Seletivo Simplificado para contratação temporária da Secretaria de Educação para o ano letivo 2020. Na quarta-feira (27), o Instituto Selecon liberou o acesso dos candidatos ao Cartão Confirmação de Inscrição (CCI), no site selecon.org.br.

No documento, os candidatos têm acesso às informações sobre locais e horários das provas. Para os candidatos às funções de nível superior, o exame terá início às 9h. Já para os inscritos as funções de nível médio e médio técnico, o início da prova será às 15 horas.

O candidato deverá comparecer ao local da prova, com uma hora de antecedência, levando caneta esferográfica azul ou preta, de material transparente, documento oficial de identificação, com fotografia e assinatura atualizadas, e o Cartão de Confirmação de Inscrição (CCI).

“Aconselho aos candidatos dormirem cedo no dia anterior à prova, para evitarem indisposições e estresse. No dia do exame, o ideal é sair cedo de casa para fugir dos transtornos do trânsito. É importante conhecer o local de prova com antecedência para evitar atrasos no dia”, orienta Marcus São Thiago, diretor de Concursos e Processos Seletivos do Instituto Selecon.

Segundo informações do organizador, todas as etapas do processo seletivo são monitoradas por uma equipe de segurança especializada para garantir a segurança e a isonomia do certame. “A cada etapa, novas medidas são adotadas de acordo com a necessidade”, explica Marcus São Thiago.

Prova

Ao todo, 13.334 candidatos estão aptos a realizar a prova, que será composta por 20 questões de múltipla escolha e terá caráter eliminatório e classificatório. Para não ser eliminado é preciso que o candidato obtenha  no mínimo, 50 pontos, dos 100 possíveis. Os gabaritos serão divulgados a partir das 19 horas do domingo, 1º de dezembro, no site do Selecon, e o prazo para recursos é dia 2 de dezembro.

O resultado preliminar desta etapa está previsto para o dia 10 de dezembro e resultado final da prova objetiva para o dia 12 de dezembro, quando sairá também a convocação para entrega de títulos. O resultado final do processo seletivo está previsto para o dia 8 de janeiro.

O processo seletivo visa preencher 2.231 vagas temporárias e formar cadastro de reserva em diversas funções de níveis médio, médio técnico e superior, com vencimentos que variam de R$ 1.198,96 a R$ 3.567,59.

O secretário de Educação de Cuiabá, Alex Vieira Passos, explicou que as contratações deverão ter início logo após a divulgação do resultado final do processo seletivo. “A convocação dos candidatos classificados está prevista para logo após o dia 8 de janeiro de 2020. É importante que os candidatos classificados acompanhem a divulgação dos editais de convocação, no site da Prefeitura de Cuiabá. Essas convocações ocorrem durante todo o prazo de  validade do certame, sendo possível que sejam convocados candidatos listados no cadastro de reserva, caso haja a necessidade por parte do poder público e já tenham se esgotado as convocações anteriores”, explicou ele.

Serviço:

Processo Seletivo – Secretaria Municipal de Educação de Cuiabá

Vagas: 2.231 imediatas e Cadastro de Reserva

Escolaridade: Médio, Médio Técnico e Superior

Prova objetiva: 1º de dezembro. Provas para as funções de nível superior, o exame terá início às 9h e para os inscritos as funções de nível médio e médio técnico, às 15 horas.

Informações: www.selecon.org.br

Posto de Informações – SELECON: Avenida Historiador Rubens de Mendonça, 1856, sala 403, Jardim Aclimação, Cuiabá-MT, somente em dias úteis, das 9h às 17h.

Serviço de Atendimento ao Candidato (SAC): 0800 799 9905 – (65) 3653 0131 – (21) 25329638, (21) 2215-2131, somente em dias úteis, das 9h às 17h

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Cuiabá

Câmara de Cuiabá aprova quatro projetos de leis durante sessão desta quinta, dia 04

Publicado

em

A Câmara Municipal de Cuiabá aprovou quatro projetos de leis de autoria de vereadores durante a sessão ordinária desta quinta-feira, dia 04. Uma mensagem do Executivo Municipal também estava na pauta de votação, mas não foi apreciado devido a um pedido de vistas do vereador Abílio Junior (Podemos).
A matéria refere-se sobre a retirada dos fios e cabos inutilizados nos postes localizados nas vias públicas da Capital.
O parlamentar ainda pediu vistas de um projeto de lei de autoria do vereador Juca do Guaraná (MDB), que trata sobre a padronização das placas indicativas de nomes de ruas e logradouros públicos.
Abílio afirma que está analisando ambas as matérias, e que irá apresentar emendas aditivas aos projetos em questão.
Já entre os projetos aprovados está o de autoria do vereador Marcelo Bussiki (DEM) que dispões sobre a disponibilização de informação através da intranet, aos proprietários de veículos apreendidos e removidos para os pátios do município.
A proposta foi aprovada por unanimidade em primeira votação. O mesmo ocorreu com o projeto do vereador Adevair Cabral (PSDB) que trata sobre o atendimento prioritário as pessoas com fibromialgia em estabelecimentos públicos e privados, em como assegurar aos portadores desta doença vagas de estacionamento especial.
Também foi aprovada em primeira votação a matéria que institui a campanha Dezembro Verde. De autoria do vereador Dilemário Alencar (PROS), a medida visa destinar o último mês do ano a conscientização do abandono e maus tratos de animais.
Por fim, os vereadores da Capital ainda apreciaram um projeto de lei de autoria do vereador Ricardo Saad (PSDB), o qual foi incluído na pauta de votação a pedido do próprio parlamentar tucano.
A matéria refere-se sobre a regulamentação da chama “prova de laço”. Desta forma, institui normas e critérios para a realização e fiscalização das atividades esportivas e cultuais com a participação de espécies bovinas e quinas. A medida, segundo o vereador, visa garantir o bem-estar dos animais.
Este projeto foi aprovado em segunda votação e segue para sanção do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB).

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana