conecte-se conosco



Várzea Grande

Líder comunitário lança pré-candidatura a vereador em 2020

Publicado

em

Conhecido pela classe política, assessor parlamentar do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (DEM), Joacir Rodrigues, assessor do ex-vereador Marcos Boró, revelou que tentará uma vaga no legislativo municipal em 2020.

Morador do bairro Santa Maria, Rodrigues conhece de perto a realidade da periferia da cidade e os anseios da população. O servidor da AL, possui um extenso currículo como liderança comunitária. Atuou diretamente em várias campanhas eleitorais.
Joacir explicou, que a decisão foi tomada durante festa em comemoração ao seu aniversário, no último sábado. Cobrado por parentes e amigos que conhecem seu potencial, ele recebeu o pedido e declarou que vai entrar na disputa.

“Quero trabalhar para uma Várzea Grande melhor, estar presente nos bairros, pois a principal insatisfação e reclamação da sociedade é que os vereadores depois que ganham desaparecem. O parlamentar tem que estar sempre nos bairros buscando saber as necessidades da comunidade, cobrar mais do Executivo para melhorar o atendimento público de Saúde, esta inclusive será uma das minhas principais bandeiras”, explicou.

Filiado ao PV, Rodrigues garantiu que só definirá o caminho que será percorrido, após conversar com o deputado Eduardo Botelho.

“Estamos estudando e vamos discutir esta possibilidade, conversar com o deputado , se houver a probabilidade, estarei colocando o meu nome à disposição, para atender o anseio dos amigos e da minha família. Ainda tem muita água para passar por debaixo da ponte, vamos com cautela e muita conversa. Se for a vontade de Deus e do povo porque não avaliar todas as chances reais?, questionou.

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Várzea Grande

Dakar pede vista de projeto para discutir novos prazos e parcelamento de débitos com alvará e IPTU em VG

Publicado

em

O vereador por Várzea Grande, Rogério de França Martins – Rogerinho da Dakar (PSDB), pediu vista do Projeto de Lei 110/2020, que dispõe sobre lançamento de imposto predial e territorial urbano, IPTU, taxa de limpeza urbana e da taxa de licença para localização de estabelecimentos de produção, comércio, indústria e prestação de serviços, alvará, referente ao exercicio de 2021, fixando o prazo de vencimento, forma de pagamento. além de manter o programa de recuperação fiscal.
Dakar alegou que pretende discutir com o Poder Executivo o aumento de desconto e novos prazos, para que empresários e comerciantes possam quitar os débitos vencidos e a vencer.
Para o parlamentar, a crise provocada pela pandemia do covid-19 em 2020, impactou todos os setores que foram afetados, com a diminuição de receita. Conforme o tucano, o fechamento de grandes e pequenos comércios, o endividamento do empresário, fugiu do controle e isto precisa ser avaliado minuciosamente pela prefeitura em conjunto com a Câmara Municipal.
“Temos que avaliar, a arrecadação destes empresários caiu muito, este ano passamos por um período complicado, não só para quem paga a vista, mas para quem paga parcelado, eu vejo que temos que fazer políticas públicas, para a população várzea-grandense”, concluiu.

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana