conecte-se conosco



Política MT

Leitão ironiza aliança de DEM com MDB

Publicado

em

O pré-candidato ao Senado e deputado federal, Nilson Leitão (PSDB) ironizou a aliança entre DEM e MDB, feita pelo candidato ao Governo do Estado, Mauro Mendes (DEM), durante entrevista para a Rádio Vila Real. Relembrou que na última vez que se reuniram, para apoiar a candidatura de Júlio Campos perderam as eleições.

 

‘’Minha avaliação é que era desnecessário. Foram antagônicos o tempo todo. Não caminharam juntos todos esses anos. A última vez que se juntaram foi com Júlio Campos lá atrás e deu errado. Vejo como partidos antagônicos’’.

 

O tucano diz que é preciso cuidado para este tipo de aliança, pois podem gerar eventuais desgastes e desconfianças por parte do eleitor, que está mais exigente, segundo ele.

 

‘’Alguns tem a visão de que se juntar todo mundo, facilita. Eu já acho que quando você junta todo mundo, você tem somas e tem desgaste. Mas, a decisão é do grupo de lá, prefiro não me meter. Uma coisa é que é preciso tomar cuidado. O eleitor está muito exigente”.

 

Leitão criticou a união entre Otaviano Pivetta e o ex-vice-governador, pré-candidato ao Senado, Carlos Fávaro (DEM), adversários políticos nas eleições passadas.

 

‘’Nestas eleições, adversários históricos estão se juntando. Veja que em 2016, meu amigo e irmão Fávaro era inimigo do Pivetta. Hoje estão lá juntos.’’

 

Em 2016, o ex-prefeito de Lucas do Rio Verde, Otaviano Pivetta, do PDT, naquela ocasião, disputou à reeleição no Município e foi derrotado por Luiz Binotti (PSD), que tinha apoio do então vice-governador Carlos Fávaro, na época do PSD.

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Política MT

PL institui a política de prevenção e enfrentamento da violência doméstica e familiar contra a mulher

Publicado

em

O projeto de lei institui a política de prevenção e o enfrentamento da violência doméstica e familiar contra a mulher no estado por meio da atuação das equipes de saúde da família, foi apresentado pelo deputado Dr. Eugênio (PSB), na sessão desta quarta-feira (2), durante sessão parlamentar.

De acordo com o PL serão realizadas as seguintes atividades, fomento à divulgação de informações sobre o funcionamento da rede de atendimento à mulher, capacitação permanente dos profissionais da equipe de saúde, promoção da orientação e do acolhimento humanizado,  fomento à produção, à sistematização e à divulgação de dados e informações sobre a violência com a cooperação da polícia judiciária civil visando o aperfeiçoamento das políticas públicas de prevenção e enfrentamento desse tipo de violência, orientação das famílias, nas visitas domiciliares realizadas pelas equipes de saúde da família, proteção integral de crianças e adolescentes que residem junto a mulher em situação de violência doméstica e familiar.

Em justificativa o deputado fala as taxas de feminicídio no Brasil, “Sabemos ainda que a violência contra a mulher é um mal que assola praticamente todos os estados de nosso país e infelizmente na maioria das vezes o agressor é o próprio convivente da vítima. Aliás, Mato Grosso é um dos estados com maior taxa de feminicídio no Brasil. Em 2019, foram 39 mulheres mortas apenas por serem mulheres. Isso significa a taxa de 2,3 para cada 100 mil”.

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana