conecte-se conosco



Cuiabá

Justiça soluciona 140 processos contra a MRV

Publicado

em

Cerca de 140 processos foram encerrados no mutirão de conciliação da Construtora da MRV realizado por meio do Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc) do Fórum de Cuiabá, realizado nos dias 10 e 11 de outubro.
As audiências agendadas referem-se à rescisão contratual e demora na entrega dos imóveis. Conforme a coordenadora da Central de Conciliação da Capital, juíza Adair Julieta da Silva, a iniciativa teve o objetivo de resolver os conflitos de forma mais célere e consensual. A redução do estoque processual, segundo a magistrada, é a meta principal deste tipo de mutirão.
A esteticista Alice Ribeiro da Silva proprietária de um imóvel da MRV destaca a importância do mutirão. “Se não houvesse o mutirão do Cejusc provavelmente eu ainda teria que esperar por um longo tempo para que meu processo tivesse andamento. É meu primeiro mutirão e fiquei satisfeita, e aliviada por ter sido solucionado”.
A advogada da Construtora MRV, Adriele Coutinho, explica que a política da empresa é tentar resolver os processos. “Nós analisamos todos os casos, e os processos que estão eventualmente na comarca, e assim, a construtora verifica se realmente o cliente tem razão, aí entramos em contato com o cliente para uma tentativa de acordo e fazemos uma proposta. Resolver através do acordo é a forma mais benéfica para as duas partes” ressalta a advogada.
Veja o calendário dos mutirões que seguem até dezembro:
Fatec/ Senai
Pré-processual
Data: 5 a 9 de novembro
Horário: 8h às 17h
Local: Sede da Fatec/Senai
Uniorka
Pré-processual
Data: 5 a 9 de novembro
Horário: 8h às 17h
Local: Auditório do Fórum da Capital
 
Sicoob Integração
Pré-processual
Data: 22 e 23 de novembro
Horário: 8h às 17h
Local: Auditório do Fórum da Capital
Unimed
Pré-processual
Data: 3 a 8 de dezembro
Horário: 8h às 17h
Local: Auditório da Unimed

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Cuiabá

Repórter do Cadeia Neles registra BO contra colega após ameaça

Publicado

em

O repórter Franciel Almeida da TV Vila Real e o colega Giovane Júnior do SBT, se desentenderam durante uma pauta, na noite desta quinta-feira (04).

Profissionais de emissoras renomadas na capital, se desentenderam e um boletim de ocorrência foi registrado.
Franciel acusa Giovane de ameaça, injúria e difamação. Repórter da Vila Real, ele diz ter sido ameaçado e agredido pelo colega de profissão.
Ambos foram conduzidos para Central de Flagrantes após se desentenderem.
A confusão começou quando Giovane, chegou para uma reportagem e não gostou da forma como Franciel olhava e apontava para o veículo da TV.

Em seguida as ameaças verbais e palavrões foram desferidos, tudo foi testemunhado pelo Tenente Marcos de Melo.

 

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana